A empresa Translíder, que opera o transporte coletivo de passageiros em Cubatão, pagará, nesta terça-feira (8), o salário integral de dezembro, incluído o adiantamento atrasado desde o dia 20.
TranslíderCrédito: Arquivo
Assembleia na Translíder

A garantia foi dada pela direção da empresa ao vice-presidente do sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de Santos e região, ‘Betinho’ José Alberto Torres Simões, nesta segunda-feira (7).

O sindicalista tem cobrado da Translíder e da prefeitura o fim dos constantes atrasos salariais e de pagamento de benefícios. A empresa garantiu a ele que receberá os subsídios da prefeitura durante o dia.

A categoria já fez greves e paralisações em várias oportunidades, além de muitas assembleias diante da garagem da empresa, na Rua Tenente Coronel PM Geraldo Aparecido Corrêa, 60, Vila Elizabeth.
 

Litoral SulCrédito: Arquivo
Assembleia na Litoral Sul

Problemas em Itanhaém
Beto Simões tem pressionado também a empresa Litoral Sul e a prefeitura de Itanhaém pelos constantes atrasos de pagamento do vale-refeição.

A mais recente greve dos 120 empregados da empresa foi em outubro, quando paralisaram 36 ônibus entre as 4 e as 7 horas do dia 3 daquele mês.

“Os atrasos do vale-refeição viraram praxe”, reclama o sindicalista. “Os companheiros não querem prejudicar os usuários e nem a empresa, mas esse papelão está passando dos limites”.

TranslíderCrédito: Arquivo
Assembleia na Translíder

A garantia foi dada pela direção da empresa ao vice-presidente do sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de Santos e região, ‘Betinho’ José Alberto Torres Simões, nesta segunda-feira (7).

O sindicalista tem cobrado da Translíder e da prefeitura o fim dos constantes atrasos salariais e de pagamento de benefícios. A empresa garantiu a ele que receberá os subsídios da prefeitura durante o dia.

A categoria já fez greves e paralisações em várias oportunidades, além de muitas assembleias diante da garagem da empresa, na Rua Tenente Coronel PM Geraldo Aparecido Corrêa, 60, Vila Elizabeth.
 

Litoral SulCrédito: Arquivo
Assembleia na Litoral Sul

Problemas em Itanhaém
Beto Simões tem pressionado também a empresa Litoral Sul e a prefeitura de Itanhaém pelos constantes atrasos de pagamento do vale-refeição.

A mais recente greve dos 120 empregados da empresa foi em outubro, quando paralisaram 36 ônibus entre as 4 e as 7 horas do dia 3 daquele mês.

“Os atrasos do vale-refeição viraram praxe”, reclama o sindicalista. “Os companheiros não querem prejudicar os usuários e nem a empresa, mas esse papelão está passando dos limites”.