No último dia 23 de setembro de 2011, o SINTEPAV-CE realizou um sonho antigo. Em parceria com a ENESA qualificou 19 trabalhadores na escolinha de formação profissional do sindicato.

Estiveram presentes para a entrega dos certificados várias autoridades do mundo do trabalho para prestigiar a iniciativa da entidade. O Procurador Regional do Trabalho, Dr. Gérson Marques de Lima. “Esta função deveria ser do estado, por isso eu parabenizo ao SINTEPAV-CE pela inciativa. Desta forma, está sendo dado um novo rumo à vida profissional desses trabalhadores”, afirmou Dr. Gérson Marques.

Também esteve na entidade o Superintendente Regional do Trabalho e Emprego Dr. Júlio Brizzi, Secretária Geral da Força Sindical CE, Ana Maria Silva Carneiro; a presidenta do SINPOCI-CE, Inês Romero; o presidente do SINDIMOTOS-CE Glauberto Barbosa (Betão); o supervisor técnico do DIEESE no Ceará, Sr. Reginaldo Aguiar; os diretores do SINTEPAV-CE Sra. Marta Ioneide; Damião Bento Alexandrino; Expedito Rodrigues e convidados amigos do SINTEPAV-CE.

Para Raimundo Nonato Gomes, presidente do sindicato, o momento é de muita alegria e realização. “Entregar esses certificados, marca a história do SINTEPAV-CE, pois há muito tempo estávamos sonhando com o espaço para formação de mão de obra. Qualificar gera renda e garante a permanência desses trabalhadores no Estado. Dar oportunidades para essas pessoas terem uma profissão é fundamental para a entidade”, afirmou o presidente durante seu discurso.

Depois da inauguração da nova sede, o sindicato trabalhou intensamente na construção do prédio anexo com o objetivo de qualificar mão de obra para o mercado escasso de trabalho nos dias de hoje. Visando um grande volume de obras para os próximos anos, tendo em vista a construção da siderúrgica, obras para a Copa 2014, entre outras já em andamento em nosso Estado.

A Escolinha de Qualificação entrou em atividade em maio deste ano quando abriu o I Curso de Soldagem Eletrodo Revestido, inicialmente com 09 alunos (ajudantes da ENESA), posteriormente uma segunda turma com 10 alunos, formando assim os primeiros 19 soldadores que após a certificação, foram qualificados dentro da empresa. Aumentando assim, as possibilidades para o mercado.

Em andamento, estamos com uma turma mista. Alunos da ENESA e alunos selecionados pelo sindicato. São pessoas da comunidade que se inscreveram e estão tendo a oportunidade de se qualificar gratuitamente, garantindo assim a possiblidade de conseguirem um emprego na UTE logo que terminem o curso.
“Nosso objetivo é continuar investindo na qualificação. Hoje, temos o curso de soldagem e estamos trabalhando em projetos para outros cursos e tentar qualificar um maior número de profissionais”. Raimundo Nonato Gomes - presidente