Sindicatos representantes dos servidores estaduais debateram sobre o cadastramento dos remanescentes de Goiás, na tarde desta sexta-feira, 29. A reunião aconteceu no Sindifiscal em Palmas.

No momento o presidente do Sindifiscal, José Ronaldo dos Santos falou da importância do cadastro e andamento do cadastramento da dos Auditores Fiscais remanescentes. Também apresentou um modelo para a tabulação dos dados.

“Quase todos os auditores fiscais remanescentes, em atividade, já enviaram sua ficha cadastral. Agora vamos tabular os dados dessas fichas para enviar ao IGEPREV”.

Zé Ronaldo também pediu o empenho dos demais sindicatos para que agilizem o cadastro de seus servidores remanescentes. “Estamos correndo contra o tempo para levantar esses dados, pois já temos servidor com mais de 35 anos de contribuição.”

Na reunião o presidente falou sobre a visita que fez à presidente do IGEPREV, Lílian Aparecida de Melo nesta semana.

De acordo com Zé Ronaldo, a presidente se mostrou receptiva para resolver a situação dos remanescentes de Goiás. E parabenizou a iniciativa dos Sindicatos por estarem realizando o levantamento do número exato de servidores remanescentes de Goiás que trabalham para o Governo do Tocantins. 

O representante do Sintras, João Batista, que é Remanescente de Goiás falou que já tem mais de 35 anos de contribuição, mas não se aposentou porque certamente perderá muitos dos benefícios que tem direito.

“Deixei o Estado de Goiás para ficar no Tocantins e não tive meus direitos resguardados. Se eu me aposentar agora pelo INSS perco todos os benefícios que conquistamos, o Governo precisa resolver isso logo e nos incluir no IGEPREV”, afirmou Batista.