Nesta segunda, 2 de setembro, teremos em São Paulo dois eventos importantes para o movimento sindical e a classe trabalhadora:
57155491_693879831014569_267519429670076416_n-768x757

1  – Palestra sobre Sindicalismo X Tecnologia, com o professor, doutor e procurador Gérson Marques, às 14h, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Rua Galvão Bueno, 782, Liberdade.

Gérson Marques defende uma maior utilização das ferramentas da Internet e das mais diversas tecnologias para o movimento sindical ampliar as possibilidades de comunicação e enfrentar os desafios atuais das relações de trabalho.

2 – Lançamento do movimento Direitos Já! Fórum pela Democracia às 19h, no Tuca (Teatro da Universidade Católica PUC/SP), Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes.

Uma ação da sociedade civil em defesa dos valores fundamentais expressos na Constituição Cidadã.

“Apoiamos estas iniciativas, pois buscam fomentar debates democráticos e fortalecer a resistência contra a crise e contra os ataques à democracia e aos direitos da classe trabalhadora e da sociedade em geral”, diz Miguel Torres, presidente do Sindicato, da CNTM e da Força Sindical.

57155491_693879831014569_267519429670076416_n-768x757

1  – Palestra sobre Sindicalismo X Tecnologia, com o professor, doutor e procurador Gérson Marques, às 14h, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Rua Galvão Bueno, 782, Liberdade.

Gérson Marques defende uma maior utilização das ferramentas da Internet e das mais diversas tecnologias para o movimento sindical ampliar as possibilidades de comunicação e enfrentar os desafios atuais das relações de trabalho.

2 – Lançamento do movimento Direitos Já! Fórum pela Democracia às 19h, no Tuca (Teatro da Universidade Católica PUC/SP), Rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes.

Uma ação da sociedade civil em defesa dos valores fundamentais expressos na Constituição Cidadã.

“Apoiamos estas iniciativas, pois buscam fomentar debates democráticos e fortalecer a resistência contra a crise e contra os ataques à democracia e aos direitos da classe trabalhadora e da sociedade em geral”, diz Miguel Torres, presidente do Sindicato, da CNTM e da Força Sindical.