Sindicalistas da Força Sindical ligados a IndustriALL realizaram, nesta quinta-feira (5), na sede da Força Sindical, em São Paulo, uma reunião para ampliar parcerias e ações sindicais unitárias.
Sindicalistas se reúnem para discutir organização estrutura unitária para Industriall no BrasilCrédito: Arquivo

Os sindicalistas acreditam que é preciso organizar os ramos industriais Químicos, Metalúrgicos, Têxteis e Vestuários, de todo Brasil, para fazer frente aos ataques aos direitos trabalhistas, sindicais e previdenciários.

De acordo com os sindicalistas, a exemplo da IndustriAll Global Union, fundada em 2012 com a fusão de federações internacionais de trabalhadores metalúrgicos, químicos e têxteis/vestuário/couro, as confederações brasileiras também planejam usar estratégia semelhante para enfrentar no Brasil os atuais desafios do mundo do trabalho e os ataques ao movimento sindical e aos direitos da classe trabalhadora.

Esta foi a primeira reunião com a presença de Miguel Torres e Monica Veloso, presidente e vice-presidente  da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos), Eunice Cabral, presidente da CONACCOVEST (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias do Setor Têxtil, Vestuário, Couro e Calçado) e  Sergio Luiz Leite e Edson Bicalho, presidente e secretário geral  da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo).

Sindicalistas se reúnem para discutir organização estrutura unitária para Industriall no BrasilCrédito: Arquivo

Os sindicalistas acreditam que é preciso organizar os ramos industriais Químicos, Metalúrgicos, Têxteis e Vestuários, de todo Brasil, para fazer frente aos ataques aos direitos trabalhistas, sindicais e previdenciários.

De acordo com os sindicalistas, a exemplo da IndustriAll Global Union, fundada em 2012 com a fusão de federações internacionais de trabalhadores metalúrgicos, químicos e têxteis/vestuário/couro, as confederações brasileiras também planejam usar estratégia semelhante para enfrentar no Brasil os atuais desafios do mundo do trabalho e os ataques ao movimento sindical e aos direitos da classe trabalhadora.

Esta foi a primeira reunião com a presença de Miguel Torres e Monica Veloso, presidente e vice-presidente  da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos), Eunice Cabral, presidente da CONACCOVEST (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias do Setor Têxtil, Vestuário, Couro e Calçado) e  Sergio Luiz Leite e Edson Bicalho, presidente e secretário geral  da FEQUIMFAR (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo).