Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí participa de encontro com a Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores   Com o intuito de manter o terceiro turno de trabalho na GM, pensando na manutenção dos empregos dos trabalhadores da empresa automotiva, o SinCrédito: Arquivo Sindicato

Mobilização prevê greve geral para o fim do mês de setembro

Vanguarda na defesa dos direitos dos trabalhadores, o Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (Sinmgra) integra a relação de entidades do país que estão desenvolvendo ações em defesa dos direitos sociais e previdenciários da categoria metalúrgica e de toda a classe trabalhadora.

- Iniciamos este movimento com o setor metalúrgico, mas queremos ampliar para todos os segmentos da sociedade. No Rio Grande do Sul, até o momento, somente nós estamos envolvidos. Nosso objetivo é evitar o desmonte da estrutura pública e defender os direitos dos trabalhadores - comenta o presidente do Sinmgra, Valcir Ascari.

Na última semana, Ascari participou de uma reunião no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, junto com representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Conluta e Intersindical.

Entre os encaminhamentos destaca-se uma greve geral nacional prevista para o dia 29 de setembro.

As pautas pelas quais os sindicalistas atuarão são a defesa da aposentadoria; evitar a reforma previdenciária; defender os direitos trabalhistas; combater o desemprego e, evitar a terceirização e o desmonte da Justiça do Trabalho. Além disso, o movimento exige investimentos na saúde, educação, moradia e melhores condições de transporte.


 

Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí participa de encontro com a Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores   Com o intuito de manter o terceiro turno de trabalho na GM, pensando na manutenção dos empregos dos trabalhadores da empresa automotiva, o SinCrédito: Arquivo Sindicato

Mobilização prevê greve geral para o fim do mês de setembro

Vanguarda na defesa dos direitos dos trabalhadores, o Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (Sinmgra) integra a relação de entidades do país que estão desenvolvendo ações em defesa dos direitos sociais e previdenciários da categoria metalúrgica e de toda a classe trabalhadora.

- Iniciamos este movimento com o setor metalúrgico, mas queremos ampliar para todos os segmentos da sociedade. No Rio Grande do Sul, até o momento, somente nós estamos envolvidos. Nosso objetivo é evitar o desmonte da estrutura pública e defender os direitos dos trabalhadores - comenta o presidente do Sinmgra, Valcir Ascari.

Na última semana, Ascari participou de uma reunião no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, junto com representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Conluta e Intersindical.

Entre os encaminhamentos destaca-se uma greve geral nacional prevista para o dia 29 de setembro.

As pautas pelas quais os sindicalistas atuarão são a defesa da aposentadoria; evitar a reforma previdenciária; defender os direitos trabalhistas; combater o desemprego e, evitar a terceirização e o desmonte da Justiça do Trabalho. Além disso, o movimento exige investimentos na saúde, educação, moradia e melhores condições de transporte.