Na próxima segunda-feira a pauta será entregue à empresa
IPCrédito: 7 even Comunicação e Marketing

Ontem (16) o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose – SITITREL esteve em frente a International Paper realizando assembleia para acordo de banco de horas. A pauta de reivindicação ficará aberta até a próxima sexta-feira (18), caso algum trabalhador sugira novos termos. A ideia é renovar o atual acordo até 2020.

“No acordo atual, 24 horas extras vão para o banco de horas, o excedente é indenizado, de forma monetária, ao trabalhador”, explicou o presidente do sindicato, Almir Morgão. O banco é zerado a cada 6 meses, e o pagamento é realizado para aqueles que atingirem mais de 24 horas extras.

O sindicato protocolará a pauta de reivindicação na próxima segunda-feira (21) na sede da empresa.


 

IPCrédito: 7 even Comunicação e Marketing

Ontem (16) o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose – SITITREL esteve em frente a International Paper realizando assembleia para acordo de banco de horas. A pauta de reivindicação ficará aberta até a próxima sexta-feira (18), caso algum trabalhador sugira novos termos. A ideia é renovar o atual acordo até 2020.

“No acordo atual, 24 horas extras vão para o banco de horas, o excedente é indenizado, de forma monetária, ao trabalhador”, explicou o presidente do sindicato, Almir Morgão. O banco é zerado a cada 6 meses, e o pagamento é realizado para aqueles que atingirem mais de 24 horas extras.

O sindicato protocolará a pauta de reivindicação na próxima segunda-feira (21) na sede da empresa.