Em audiência na Justiça do Trabalho, nesta terça (8), o Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos - Stap - garantiu o pagamento do Fundo de Garantia de 14 mil Servidores. O pagamento beneficia todos os Servidores que saíram do regime celetista para o Regime Próprio (Estatutário).
audiencia stap releaseCrédito: Arquivo

Valor - A estimativa é de que o valor total a ser sacado supere R$ 4 milhões. O saque, mediante Alvará da Justiça, não terá custo ao Servidor.

O presidente do Sindicato, Pedro Zanotti Filho, celebra a conquista. Ele diz: “Conseguimos um ótimo acordo. E evitamos a demanda judicial, que poderia levar anos e geraria custos pro Servidor”.

audiencia stap release 2

Jurídico - O advogado do Sindicato, Marcelo de Campos Mendes Pereira, reforça a importância do acordo com a Prefeitura, que evita demanda judicial. Ele diz: “Procuramos fazer algo seguro para o Servidor e menos trabalhoso à Justiça do Trabalho”.

Audiência - A audiência, na 11ª Vara do Trabalho, teve presença do presidente Pedro Zanotti Filho e do advogado Marcelo de Campos Mendes Pereira. A Prefeitura foi representada pelo secretário de Justiça, Airton Trevisan. Atuou na mediação a juíza Fernanda Galvão de Sousa.

audiencia stap releaseCrédito: Arquivo

Valor - A estimativa é de que o valor total a ser sacado supere R$ 4 milhões. O saque, mediante Alvará da Justiça, não terá custo ao Servidor.

O presidente do Sindicato, Pedro Zanotti Filho, celebra a conquista. Ele diz: “Conseguimos um ótimo acordo. E evitamos a demanda judicial, que poderia levar anos e geraria custos pro Servidor”.

audiencia stap release 2

Jurídico - O advogado do Sindicato, Marcelo de Campos Mendes Pereira, reforça a importância do acordo com a Prefeitura, que evita demanda judicial. Ele diz: “Procuramos fazer algo seguro para o Servidor e menos trabalhoso à Justiça do Trabalho”.

Audiência - A audiência, na 11ª Vara do Trabalho, teve presença do presidente Pedro Zanotti Filho e do advogado Marcelo de Campos Mendes Pereira. A Prefeitura foi representada pelo secretário de Justiça, Airton Trevisan. Atuou na mediação a juíza Fernanda Galvão de Sousa.