Na última segunda-feira (19), o vice-presidente do Sindicato dos Auditores-Fiscais de São Paulo (SINDAF-SP), Rafael Aguirrezábal, esteve em Brasília para atuar em diversas frentes, representando os servidores públicos de São Paulo.
Imagem - SINDAFSP participa de diversas ações em Brasília em defesa do Serviço PúblicoCrédito: Imer Comunicação

Durante três dias, Aguirrezábal participou de diversos eventos. O primeiro deles foi uma manifestação expressiva pelo encerramento das tentativas do Governo Federal de votar a Reforma da Previdência. Em frente ao Congresso, manifestantes fizeram um ato de “sepultamento” da PEC 287 promovendo o “enterro da Reforma da Previdência”, representado por um caixão.
 
O Sindaf-SP também esteve presente em reuniões em diversos gabinetes de senadores e deputados federais para discutir as novas pautas de prioridade do Governo Federal em tramitação e as próximas que virão. Além disso, participou do terceiro encontro do Movimento “Basta”, ocorrido na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI). O “Basta” é um Movimento Social Suprapartidário que reúne organizações associativas, sindicais e sociais visando contribuir para a reconstrução do cenário político eleitoral brasileiro. Ele fiscaliza a atuação dos parlamentares e candidatos e a sua postura perante as pautas dos trabalhadores públicos e privados, defendendo uma política com partidos parlamentares e governantes éticos e responsáveis, em comunhão com o exercício da cidadania.
 
O vice-presidente do Sindaf-SP destacou a importância de estar presente de maneira permanente na Capital Federal. “É quando os parlamentares sentem a nossa força de argumentação, olho no olho, bem como percebem o poder que emana da união entre as carreiras de servidores públicos”, completa Aguirrezábal que também é diretor da Federação das Associações Sindicais e Profissionais de Servidores da Prefeitura do Município de São Paulo (FASP) e diretor de Assuntos Tributários da Confederação Nacional das Carreiras Típicas de Estado (CONACATE).

 

Imagem - SINDAFSP participa de diversas ações em Brasília em defesa do Serviço PúblicoCrédito: Imer Comunicação

Durante três dias, Aguirrezábal participou de diversos eventos. O primeiro deles foi uma manifestação expressiva pelo encerramento das tentativas do Governo Federal de votar a Reforma da Previdência. Em frente ao Congresso, manifestantes fizeram um ato de “sepultamento” da PEC 287 promovendo o “enterro da Reforma da Previdência”, representado por um caixão.
 
O Sindaf-SP também esteve presente em reuniões em diversos gabinetes de senadores e deputados federais para discutir as novas pautas de prioridade do Governo Federal em tramitação e as próximas que virão. Além disso, participou do terceiro encontro do Movimento “Basta”, ocorrido na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI). O “Basta” é um Movimento Social Suprapartidário que reúne organizações associativas, sindicais e sociais visando contribuir para a reconstrução do cenário político eleitoral brasileiro. Ele fiscaliza a atuação dos parlamentares e candidatos e a sua postura perante as pautas dos trabalhadores públicos e privados, defendendo uma política com partidos parlamentares e governantes éticos e responsáveis, em comunhão com o exercício da cidadania.
 
O vice-presidente do Sindaf-SP destacou a importância de estar presente de maneira permanente na Capital Federal. “É quando os parlamentares sentem a nossa força de argumentação, olho no olho, bem como percebem o poder que emana da união entre as carreiras de servidores públicos”, completa Aguirrezábal que também é diretor da Federação das Associações Sindicais e Profissionais de Servidores da Prefeitura do Município de São Paulo (FASP) e diretor de Assuntos Tributários da Confederação Nacional das Carreiras Típicas de Estado (CONACATE).