Trabalhadores do Estado do Rio, cujas profissões são contempladas pelo piso regional, começam a receber, a partir de hoje (1º), contracheques com novos rendimentos, reajustados em 14,13%. O aumento anual entrou em vigor em 1 de fevereiro, para ser pago este mês.

O vencimento das empregadas domésticas também aumentou: passou de R$ 639,26 para R$ 729,58. No estado, segundo dados do IBGE, há mais de 600 mil empregadas — com ou sem carteiras assinadas — e todas elas deverão ter os salários corrigidos pagos nos próximos dias.

Sete novas profissões foram incluídas na lei do piso e também terão direito ao aumento. Na faixa 3, entraram esteticistas, maquiadores e depiladores. A faixa 8 passou a abrigar taxistas e motoristas que trabalham para empresas de locação de veículos, e tradutores e intérpretes da Libras. Turismólogos entraram na faixa 9.