Pesquisa analisa inclusão de pessoas com deficiência em metalúrgicasCrédito: Divulgação

O comportamento das contratações das pessoas com deficiências, diante da crise econômica é analisado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região na 10ª edição da pesquisa “Lei de Cotas: Trabalhadores com Deficiência no Setor Metalúrgico de Osasco e Região”, que será divulgada no próximo dia 18, na sede do Sindicato, em Osasco (SP), a partir das 9h.

A pesquisa tem como base questionários respondidos pelas empresas que em dezembro tinham cem ou mais trabalhadores em seus quadros, ou seja, aquelas que são obrigadas a cumprir a Lei de Cotas.

O estudo é um parâmetro para identificar o compromisso das empresas da região com a inclusão e um comparativo com a realidade nacional. Em 2014, o índice de cumprimento da lei alcançou os 98,9%. Em 2002, as contratações correspondiam a 59,9%.

A pesquisa é uma realização do Sindicato, com o apoio da Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Osasco.