Foi realizada na quarta, 12 de setembro, a inauguração da sede oficial da Alternativa Democrática Sindical das Américas (ADS) em Bogotá, Colômbia.
ADS-  ColombiaCrédito: Sindicato

Constituída por 26 entidades, representando 25 milhões de trabalhadores latino-americanos e caribenhos, a ADS é presidida por Julio Gómez, da CGT Colômbia, e conta na secretaria-geral com o brasileiro Nilton Neco, secretário de relações internacionais da Força Sindical.

Miguel Torres, presidente do Sindicato, da CNTM e interino da Força Sindical, prestigiou a solenidade, que contou com as presenças dos delegados sindicais da ADS e dirigentes da Holanda, Bélgica, Turquia, Espanha e Portugal, e, nesta quinta, 13 de setembro, participaria de reunião da executiva da ADS.

ADS-  ColombiaCrédito: Sindicato

Constituída por 26 entidades, representando 25 milhões de trabalhadores latino-americanos e caribenhos, a ADS é presidida por Julio Gómez, da CGT Colômbia, e conta na secretaria-geral com o brasileiro Nilton Neco, secretário de relações internacionais da Força Sindical.

Miguel Torres, presidente do Sindicato, da CNTM e interino da Força Sindical, prestigiou a solenidade, que contou com as presenças dos delegados sindicais da ADS e dirigentes da Holanda, Bélgica, Turquia, Espanha e Portugal, e, nesta quinta, 13 de setembro, participaria de reunião da executiva da ADS.