Em alusão ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho (28 de Abril), na manhã de hoje, lideranças da FEQUIMFAR, junto ao Sindicato dos Químicos de Lorena e com o apoio da CNTQ, Regional Vale do Paraíba da Força SP e Sindicato dos Químicos de Juíz de Fora MG, realizaram uma caminhada na cidade de Piquete, interior de SP.
piquete_ato 28 de abril_26 04 2018 (8)Crédito: Fequimfar

A concentração do grupo foi em frente ao Cemitério Municipal e cerca de 200 pessoas estiveram presentes, entre elas, estudantes de escolas locais.

“Pela primeira vez, fizemos um manifesto do 28 de Abril de forma institucional, envolvendo o movimento sindical e também alunos de escolas. Nosso objetivo é informar as futuras gerações sobre a atual situação do país e do mundo no que se trata de saúde e segurança do trabalho e gerar interesse para que possam dar continuidade às ações de prevenção.”
João Scaboli,Diretor do Departamento de Saúde do Trabalhador da FEQUIMFAR e Membro do Conselho Nacional de Saúde pela Força Sindical

A caminhada seguiu para a Matriz Velha e foi encerrada na Praça da Bendeira.
“Devemos essa luta em memória de todos aqueles que são lembrados e homenageados neste 28 de Abril! Temos que buscar meios de evitar que mais trabalhadores (as) tenham sua saúde – física, mental e emocional – prejudicada.”
Jeferson Ferreira, Jefinho, presidente do Sindicato dos Químicos de Lorena e Região

“O Brasil ainda tem altos índices de acidentes no ambiente de trabalho, causando prejuízos para todos – trabalhador, empregador e Governo. Há perdas de vidas, perdas para as famílias e para a economia! Temos que mudar essa realidade, discutindo mais formas de reduzir os riscos de acidentes do trabalho. A prevenção é a solução.”
Jurandir Pedro de Souza,Tesoureiro geral da FEQUIMFAR e Presidente do Sindicato dos Químicos de Itapetininga

“Acreditamos, com a reforma trabalhista, a realidade da saúde e segurança no trabalho pode ser ainda mais prejudicada, por isso, trabalhadores e trabalhadoras precisam estar unidos para fortalecer a luta sindical em prol de melhorias para toda a categoria.”
Sebastião de Mello Neto,Presidente do Sindicato dos Químicos de Pindamonhangaba e Coordenador da Regional Vale do Paraíba da Força SP

piquete_ato 28 de abril_26 04 2018 (8)Crédito: Fequimfar

A concentração do grupo foi em frente ao Cemitério Municipal e cerca de 200 pessoas estiveram presentes, entre elas, estudantes de escolas locais.

“Pela primeira vez, fizemos um manifesto do 28 de Abril de forma institucional, envolvendo o movimento sindical e também alunos de escolas. Nosso objetivo é informar as futuras gerações sobre a atual situação do país e do mundo no que se trata de saúde e segurança do trabalho e gerar interesse para que possam dar continuidade às ações de prevenção.”
João Scaboli,Diretor do Departamento de Saúde do Trabalhador da FEQUIMFAR e Membro do Conselho Nacional de Saúde pela Força Sindical

A caminhada seguiu para a Matriz Velha e foi encerrada na Praça da Bendeira.
“Devemos essa luta em memória de todos aqueles que são lembrados e homenageados neste 28 de Abril! Temos que buscar meios de evitar que mais trabalhadores (as) tenham sua saúde – física, mental e emocional – prejudicada.”
Jeferson Ferreira, Jefinho, presidente do Sindicato dos Químicos de Lorena e Região

“O Brasil ainda tem altos índices de acidentes no ambiente de trabalho, causando prejuízos para todos – trabalhador, empregador e Governo. Há perdas de vidas, perdas para as famílias e para a economia! Temos que mudar essa realidade, discutindo mais formas de reduzir os riscos de acidentes do trabalho. A prevenção é a solução.”
Jurandir Pedro de Souza,Tesoureiro geral da FEQUIMFAR e Presidente do Sindicato dos Químicos de Itapetininga

“Acreditamos, com a reforma trabalhista, a realidade da saúde e segurança no trabalho pode ser ainda mais prejudicada, por isso, trabalhadores e trabalhadoras precisam estar unidos para fortalecer a luta sindical em prol de melhorias para toda a categoria.”
Sebastião de Mello Neto,Presidente do Sindicato dos Químicos de Pindamonhangaba e Coordenador da Regional Vale do Paraíba da Força SP