A redução da taxa Selic anunciada pelo Copom (Comitê de Política Monetária) é muito tímida. Esta política econômica está estrangulando a produção  e a geração de postos de trabalho. Infelizmente, hoje temos cerca de 13 milhões de desempregados no País.

Vale ressaltar que esta política de juros derruba a atividade econômica,  diminui a capacidade de consumo e compromete a capacidade de crescimento econômico.

Juros altos, em patamares proibitivos,  significam menos emprego e renda para os trabalhadores, menos vendas para o comércio e empresas do setor produtivo e, por outro lado, aumentam os lucros dos banqueiros e especuladores. Essa política equivocada e nefasta concentra a renda cada vez mais nas mãos de poucos.

É importante destacar que a prioridade do governo tem de ser o crescimento econômico, a geração de emprego e renda e ampliação da inclusão social. Defendemos a imediata redução da taxa de juros e a implementação  de uma política que priorize a retomada do investimento.

Miguel Torres
Presidente da Força Sindical

A redução da taxa Selic anunciada pelo Copom (Comitê de Política Monetária) é muito tímida. Esta política econômica está estrangulando a produção  e a geração de postos de trabalho. Infelizmente, hoje temos cerca de 13 milhões de desempregados no País.

Vale ressaltar que esta política de juros derruba a atividade econômica,  diminui a capacidade de consumo e compromete a capacidade de crescimento econômico.

Juros altos, em patamares proibitivos,  significam menos emprego e renda para os trabalhadores, menos vendas para o comércio e empresas do setor produtivo e, por outro lado, aumentam os lucros dos banqueiros e especuladores. Essa política equivocada e nefasta concentra a renda cada vez mais nas mãos de poucos.

É importante destacar que a prioridade do governo tem de ser o crescimento econômico, a geração de emprego e renda e ampliação da inclusão social. Defendemos a imediata redução da taxa de juros e a implementação  de uma política que priorize a retomada do investimento.

Miguel Torres
Presidente da Força Sindical