Uma indústria de biocombustíveis e produtos químicos explodiu em Charqueada (SP) na manhã de terça-feira (9). O acidente fez quatro vítimas, sendo três delas fatais.
BiocapitalCrédito: Divulgação

Segundo o corpo de bombeiros de São Pedro, que atende a região, houve explosão de um um tanque de solvente. No local, ainda há um pequeno foco de incêndio que está sendo controlado pela equipe.

A indústria Biocapital, onde se deu a explosão, está localizada na avenida Industrial, próxima à rodovia Herminio Peltrim. A ocorrência foi recebida pelas autoridades por volta das 8h40.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) foi acionada para verificar o risco de vazamento químico e enviou uma equipe ao local, mas ainda não possui informações.
SANTOS

Na segunda-feira (8), outro acidente mobilizou os bombeiros e a Cetesb. Um incêndio em uma marcenaria localizada na região portuária de Santos, no litoral sul de São Paulo, gerou a emissão de gases tóxicos.

Como era desconhecida a existência de produtos químicos no local e devido ao risco de intoxicação que eles podem causar, todos os profissionais que atuaram no combate ao fogo foram encaminhados ao hospital.

De acordo com o capitão Marcos Palumbo, 23 bombeiros, oito policiais militares e cinco guardas portuários seguiram para o Hospital de Clínicas de São Paulo para exames preventivos. Segundo ele, o grupamento decidiu trazer os profissionais para a capital paulista para evitar problemas no atendimento de hospitais da baixada santista, que também precisaram oferecer atendimento a cerca de 60 moradores.

Segundo a Cetesb, tratava-se de fosfina —uma fumaça tóxica gerada a partir da reação química da água em contato com fosfeto de alumínio. Durante a ocorrência em Santos a reação foi causada quando a água usada para apagar o incêndio atingiu o produto armazenado de forma irregular na marcenaria. ​

 

BiocapitalCrédito: Divulgação

Segundo o corpo de bombeiros de São Pedro, que atende a região, houve explosão de um um tanque de solvente. No local, ainda há um pequeno foco de incêndio que está sendo controlado pela equipe.

A indústria Biocapital, onde se deu a explosão, está localizada na avenida Industrial, próxima à rodovia Herminio Peltrim. A ocorrência foi recebida pelas autoridades por volta das 8h40.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) foi acionada para verificar o risco de vazamento químico e enviou uma equipe ao local, mas ainda não possui informações.
SANTOS

Na segunda-feira (8), outro acidente mobilizou os bombeiros e a Cetesb. Um incêndio em uma marcenaria localizada na região portuária de Santos, no litoral sul de São Paulo, gerou a emissão de gases tóxicos.

Como era desconhecida a existência de produtos químicos no local e devido ao risco de intoxicação que eles podem causar, todos os profissionais que atuaram no combate ao fogo foram encaminhados ao hospital.

De acordo com o capitão Marcos Palumbo, 23 bombeiros, oito policiais militares e cinco guardas portuários seguiram para o Hospital de Clínicas de São Paulo para exames preventivos. Segundo ele, o grupamento decidiu trazer os profissionais para a capital paulista para evitar problemas no atendimento de hospitais da baixada santista, que também precisaram oferecer atendimento a cerca de 60 moradores.

Segundo a Cetesb, tratava-se de fosfina —uma fumaça tóxica gerada a partir da reação química da água em contato com fosfeto de alumínio. Durante a ocorrência em Santos a reação foi causada quando a água usada para apagar o incêndio atingiu o produto armazenado de forma irregular na marcenaria. ​