A nova proposta só reajustava ticket alimentação e abono salarial
Funcionários da International Paper em Três Lagoas-MSCrédito: 7even Comunicação e Marketing

Nos últimos dias trabalhadores da International Paper votaram sobre a nova proposta oferecida pela empresa. A fábrica não reajustou o aumento salarial (2,08%), subindo apenas o ticket alimentação para R$ 412,00 (R$ 2,00 de aumento) e abono salarial para R$ 1.161,00 (R$ 31,00 de crescimento). A votação chegou ao fim hoje, 05, tendo 82% de rejeição.
 
“Tínhamos certeza que essa proposta não iria passar, os trabalhadores querem reajuste digno no salário. Sem contar que R$ 2,00 de aumento no ticket alimentação, por exemplo, não muda a vida de ninguém. Iremos continuar lutando por um reconhecimento melhor para os funcionários”, explicou o presidente do sindicato, Almir Morgão.
 
Ao todo 182 trabalhadores participaram da votação, sendo que 150 não aceitaram (82%) e 32 (18%) concordaram com a proposta. O sindicato aguarda um posicionamento da empresa para uma nova conversa.
 

Funcionários da International Paper em Três Lagoas-MSCrédito: 7even Comunicação e Marketing

Nos últimos dias trabalhadores da International Paper votaram sobre a nova proposta oferecida pela empresa. A fábrica não reajustou o aumento salarial (2,08%), subindo apenas o ticket alimentação para R$ 412,00 (R$ 2,00 de aumento) e abono salarial para R$ 1.161,00 (R$ 31,00 de crescimento). A votação chegou ao fim hoje, 05, tendo 82% de rejeição.
 
“Tínhamos certeza que essa proposta não iria passar, os trabalhadores querem reajuste digno no salário. Sem contar que R$ 2,00 de aumento no ticket alimentação, por exemplo, não muda a vida de ninguém. Iremos continuar lutando por um reconhecimento melhor para os funcionários”, explicou o presidente do sindicato, Almir Morgão.
 
Ao todo 182 trabalhadores participaram da votação, sendo que 150 não aceitaram (82%) e 32 (18%) concordaram com a proposta. O sindicato aguarda um posicionamento da empresa para uma nova conversa.