O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região possui Clube de Campo com sete alqueires, no Parque Primavera. A região já é densamente povoada. Dentro do Clube, há quatro alqueires de Mata Atlântica, com árvores típicas, onde vivem diversas espécies de animais e pássaros. No meio da Mata, há trilhas, para caminhadas e observação da natureza.
mata atlantica releaseCrédito: Arquivo

Além da reserva florestal, o Sindicato preserva nascentes. Três delas brotam no Clube. Um outro curso d’água chega ao Clube de Campo já contaminado por dejetos de esgotos. O Sindicato trata, limpa a água e a despeja num córrego lateral ao Clube.

Vida - O presidente José Pereira dos Santos afirma: “O Sindicato investe pra preservar plantas, água, bichos e aves. É nossa contribuição pra preservar a natureza e as formas de vida que constituem o ecossistema local. Destruir a natureza é crime”.
 

mata atlantica release 2

A preservação da Mata Atlântica, além de beneficiar os frequentadores do Clube, influi no microclima da região. O vice-presidente Josinaldo José de Barros (Cabeça) comenta: “A Mata do nosso Clube ajuda na qualidade de vida no entorno. Além do que valoriza os bairros próximos. A gente sabe da cobiça que move a especulação imobiliária. Mas o Sindicato resiste e preserva”.

Pesqueiro - O Clube de Campo dos Metalúrgicos também possui pesqueiro, que pode ser frequentado por sócios e não-associados. Os peixes mais comuns são pacu, tilápia, pintado e dourado, a preços em conta.

Bichos - Os frequentadores podem ver e fotografar várias espécies, como tatu, cotia, capivara e sagui, além de garças, tucanos e outras aves.

História - Inaugurado em maio de 1992, o Clube de Campo possui ginásio poliesportivo, campo de futebol com gramado sintético, 200 churrasqueiras em meio ao verde, prainha, cachoeiras, quadra de futebol soçaite, pista de skate e lagos com carpas ornamentais. Um grande atrativo é o Parque Aquático, inclusive com piscina aquecida.

mata atlantica releaseCrédito: Arquivo

Além da reserva florestal, o Sindicato preserva nascentes. Três delas brotam no Clube. Um outro curso d’água chega ao Clube de Campo já contaminado por dejetos de esgotos. O Sindicato trata, limpa a água e a despeja num córrego lateral ao Clube.

Vida - O presidente José Pereira dos Santos afirma: “O Sindicato investe pra preservar plantas, água, bichos e aves. É nossa contribuição pra preservar a natureza e as formas de vida que constituem o ecossistema local. Destruir a natureza é crime”.
 

mata atlantica release 2

A preservação da Mata Atlântica, além de beneficiar os frequentadores do Clube, influi no microclima da região. O vice-presidente Josinaldo José de Barros (Cabeça) comenta: “A Mata do nosso Clube ajuda na qualidade de vida no entorno. Além do que valoriza os bairros próximos. A gente sabe da cobiça que move a especulação imobiliária. Mas o Sindicato resiste e preserva”.

Pesqueiro - O Clube de Campo dos Metalúrgicos também possui pesqueiro, que pode ser frequentado por sócios e não-associados. Os peixes mais comuns são pacu, tilápia, pintado e dourado, a preços em conta.

Bichos - Os frequentadores podem ver e fotografar várias espécies, como tatu, cotia, capivara e sagui, além de garças, tucanos e outras aves.

História - Inaugurado em maio de 1992, o Clube de Campo possui ginásio poliesportivo, campo de futebol com gramado sintético, 200 churrasqueiras em meio ao verde, prainha, cachoeiras, quadra de futebol soçaite, pista de skate e lagos com carpas ornamentais. Um grande atrativo é o Parque Aquático, inclusive com piscina aquecida.