Convocada pela Casa Civil da Presidência da República, hoje, a partir das 16h, representantes das centrais sindicais e das confederações patronais estarão juntos para discutir questões referentes ao ponto eletrônico.

Anteriormente marcado para o dia 1º de setembro, o início da obrigatoriedade do uso do novo sistema de registro eletrônico de ponto foi prorrogado mais uma vez.

Carlos Cavalcanti Lacerda, secretário de Relações Institucionais da Força Sindical, estará na reunião e declara: “esses sucessivos adiamentos no prazo de adaptação das empresas aos novos equipamentos de registro de ponto inibem a negociação entre sindicato dos trabalhadores e empregadores.

O sindicalista  lembra que a portaria nº 373, publicada no DOU, já prevê a negociação para adoção de sistemas alternativos de controle da jornada de trabalho, desde que aprovados em convenção ou acordo coletivo de trabalho”.

A reunião acontece hoje, 14, às 16h, no 4º andar do Palácio do Planalto.

Convocada pela Casa Civil da Presidência da República, hoje, a partir das 16h, representantes das centrais sindicais e das confederações patronais estarão juntos para discutir questões referentes ao ponto eletrônico.

Anteriormente marcado para o dia 1º de setembro, o início da obrigatoriedade do uso do novo sistema de registro eletrônico de ponto foi prorrogado mais uma vez.

Carlos Cavalcanti Lacerda, secretário de Relações Institucionais da Força Sindical, estará na reunião e declara: “esses sucessivos adiamentos no prazo de adaptação das empresas aos novos equipamentos de registro de ponto inibem a negociação entre sindicato dos trabalhadores e empregadores.

O sindicalista  lembra que a portaria nº 373, publicada no DOU, já prevê a negociação para adoção de sistemas alternativos de controle da jornada de trabalho, desde que aprovados em convenção ou acordo coletivo de trabalho”.

A reunião acontece hoje, 14, às 16h, no 4º andar do Palácio do Planalto.