Grana é paga em dias específicos; confira quando irá receber de junho a dezembro

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) recebem o benefício em dias específicos de cada mês. O calendário de pagamentos da Previdência é feito por técnicos no ano anterior e respeita algumas regras internas.

A divulgação ocorre sempre no mês de dezembro. Quem se aposentou neste ano, por exemplo, deve ficar atento aos dias em que os valores caem na conta.

O segurado pode ter acesso ao calendário no site inss.gov.br. O Agora publica hoje todas as datas de pagamentos de aposentadorias e pensões até o fim do ano.

A grana cai na conta conforme o valor do benefício e o final do cartão, sem o dígito. Quem recebe até um salário mínimo, de R$ 998 neste ano, tem o dinheiro antes. Depois, são pagas aposentadorias e pensões de quem ganha mais do que o piso previdenciário.

Os benefícios referentes a este mês de junho, por exemplo, começarão a ser pagos na segunda-feira (24), no caso de quem ganha o mínimo. Já quem recebe valor maior terá a grana a partir de 1º de julho.

Especialistas indicam aos segurados que façam sempre a conferência dos valores. Quem recebe em débito em conta deve conferir o extrato bancário mensalmente. Já o segurado que vai até o banco sacar também tem o direito de ter um documento que comprove a retirada dos valores mensais.

Outro caminho que o beneficiário pode usar para conferir se a grana recebida está correta é no site do meu.inss.gov.br, onde há o serviço de “Extrato de Pagamento de Benefício”.

Para ter acesso, é preciso criar uma senha. Depois, com a senha, o segurado consegue ver os valores que serão pagos e os que já caíram na conta.

Essa checagem é muito importante para evitar que sejam feitos descontos indevidos no valor pago mensalmente pelo INSS, como o desconto de um crédito consignado que não tenha sido autorizado pelo aposentado ou pensionista, por exemplo.

Grana na conta | Dia do pagamento
Os segurados do INSS devem ficar ligados à data em que vão receber a renda mensal
Os depósitos seguem um calendário próprio, determinado pelo governo, que tem como base o valor do benefício e o final do cartão, sem o dígito

Veja o calendário até o final do ano

15609098305d099806bdd6e_1560909830_3x2_lgCrédito: Arte Agora SP


Como são definidas as datas
Os depósitos seguem, ano a ano, uma sistemática de pagamento definida pela Previdência Social
Os segurados que ganham até o piso previdenciário, de um salário mínimo, hoje em R$ 998, começam a receber nos últimos cinco dias úteis do mês
Nos primeiros cinco dias úteis do mês seguinte, tem início o pagamento para quem recebe acima do piso
Quando a data cai em feriados ou fins de semana, o depósito do benefício é transferido para o dia útil posterior

Mês de referência
O pagamento do mês de referência começa a ser feito no final daquele mês para quem recebe o mínimo
Para quem ganha mais, a grana cai na conta no mês seguinte

Exemplo:
Mês de junho


Quem ganha o salário mínimo recebe, em geral, nos últimos dias úteis de junho
Quem ganha mais vai receber no início de julho
Para conferir os valores
Os segurados devem ficar muito atentos aos valores que estão sendo pagos
A primeira dica dos especialistas é conferir, no extrato bancário, quanto foi depositado pelo INSS
Depois, é preciso cruzar os dados com o que está no extrato mensal do benefício previdenciário, que pode ser obtido no site Meu INSS
É importante ficar ligado para não ser vítima de golpes, como o desconto de renda de crédito consignado que não foi pedido

Imposto de Renda
Também é recomendável conferir se há ou não desconto do Imposto de Renda
Neste ano, paga IR quem tem menos de 65 anos e recebe a partir de R$ 1.903,98
Quem tem mais de 65 anos só paga IR a partir de R$ 3.807,96 de benefício mensal
A isenção do IR começa a contar a partir do mês em que o segurado completa os 65 anos

Como conseguir o extrato de pagamento no INSS
1 - Acesse o site meu.inss.gov.br
2 - Se já tiver senha, clique em entrar, no lado direito superior da tela

Quem não tem senha terá que criar uma

3 - Depois, do lado esquerdo, vá em “Extrato de Pagamento de Benefício”
4 - É possível ver os valores já pagos e os que estão para cair na conta; clique no sinal de mais que aparece na frente

com informações do INSS (Instituto Nacional do Seguros Social), Secretaria de Previdência e reportagem

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) recebem o benefício em dias específicos de cada mês. O calendário de pagamentos da Previdência é feito por técnicos no ano anterior e respeita algumas regras internas.

A divulgação ocorre sempre no mês de dezembro. Quem se aposentou neste ano, por exemplo, deve ficar atento aos dias em que os valores caem na conta.

O segurado pode ter acesso ao calendário no site inss.gov.br. O Agora publica hoje todas as datas de pagamentos de aposentadorias e pensões até o fim do ano.

A grana cai na conta conforme o valor do benefício e o final do cartão, sem o dígito. Quem recebe até um salário mínimo, de R$ 998 neste ano, tem o dinheiro antes. Depois, são pagas aposentadorias e pensões de quem ganha mais do que o piso previdenciário.

Os benefícios referentes a este mês de junho, por exemplo, começarão a ser pagos na segunda-feira (24), no caso de quem ganha o mínimo. Já quem recebe valor maior terá a grana a partir de 1º de julho.

Especialistas indicam aos segurados que façam sempre a conferência dos valores. Quem recebe em débito em conta deve conferir o extrato bancário mensalmente. Já o segurado que vai até o banco sacar também tem o direito de ter um documento que comprove a retirada dos valores mensais.

Outro caminho que o beneficiário pode usar para conferir se a grana recebida está correta é no site do meu.inss.gov.br, onde há o serviço de “Extrato de Pagamento de Benefício”.

Para ter acesso, é preciso criar uma senha. Depois, com a senha, o segurado consegue ver os valores que serão pagos e os que já caíram na conta.

Essa checagem é muito importante para evitar que sejam feitos descontos indevidos no valor pago mensalmente pelo INSS, como o desconto de um crédito consignado que não tenha sido autorizado pelo aposentado ou pensionista, por exemplo.

Grana na conta | Dia do pagamento
Os segurados do INSS devem ficar ligados à data em que vão receber a renda mensal
Os depósitos seguem um calendário próprio, determinado pelo governo, que tem como base o valor do benefício e o final do cartão, sem o dígito

Veja o calendário até o final do ano

15609098305d099806bdd6e_1560909830_3x2_lgCrédito: Arte Agora SP


Como são definidas as datas
Os depósitos seguem, ano a ano, uma sistemática de pagamento definida pela Previdência Social
Os segurados que ganham até o piso previdenciário, de um salário mínimo, hoje em R$ 998, começam a receber nos últimos cinco dias úteis do mês
Nos primeiros cinco dias úteis do mês seguinte, tem início o pagamento para quem recebe acima do piso
Quando a data cai em feriados ou fins de semana, o depósito do benefício é transferido para o dia útil posterior

Mês de referência
O pagamento do mês de referência começa a ser feito no final daquele mês para quem recebe o mínimo
Para quem ganha mais, a grana cai na conta no mês seguinte

Exemplo:
Mês de junho


Quem ganha o salário mínimo recebe, em geral, nos últimos dias úteis de junho
Quem ganha mais vai receber no início de julho
Para conferir os valores
Os segurados devem ficar muito atentos aos valores que estão sendo pagos
A primeira dica dos especialistas é conferir, no extrato bancário, quanto foi depositado pelo INSS
Depois, é preciso cruzar os dados com o que está no extrato mensal do benefício previdenciário, que pode ser obtido no site Meu INSS
É importante ficar ligado para não ser vítima de golpes, como o desconto de renda de crédito consignado que não foi pedido

Imposto de Renda
Também é recomendável conferir se há ou não desconto do Imposto de Renda
Neste ano, paga IR quem tem menos de 65 anos e recebe a partir de R$ 1.903,98
Quem tem mais de 65 anos só paga IR a partir de R$ 3.807,96 de benefício mensal
A isenção do IR começa a contar a partir do mês em que o segurado completa os 65 anos

Como conseguir o extrato de pagamento no INSS
1 - Acesse o site meu.inss.gov.br
2 - Se já tiver senha, clique em entrar, no lado direito superior da tela

Quem não tem senha terá que criar uma

3 - Depois, do lado esquerdo, vá em “Extrato de Pagamento de Benefício”
4 - É possível ver os valores já pagos e os que estão para cair na conta; clique no sinal de mais que aparece na frente

com informações do INSS (Instituto Nacional do Seguros Social), Secretaria de Previdência e reportagem