Eliseu Silva Costa
Eliseu Silva Costa

No próximo dia 14 de junho, as organizações sindicais de todo país, além de diversas entidades estudantis, estão preparando mais uma manifestação por emprego, contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo e Contra a retirada de Direitos conquistados pelos trabalhadores durante décadas de luta.

Não podemos mais aceitar que aconteçam retrocessos no que diz respeito a qualidade de vida da classe trabalhadora. A difícil situação econômica pela qual passa o país, definitivamente não é culpa daqueles que trabalham e produzem nossas riquezas. Não vamos nos deixar enganar que a Reforma da Previdência que pretende acabar com a Seguridade Pública no Brasil, será a solução mágica para todos os nossos problemas. A questão é bem mais ampla e exige, antes de mais nada, credibilidade e segurança jurídica para que o país volte a crescer, coisa que infelizmente esse governo não possui.

Os frequentes ataques aos direitos dos trabalhadores e aos seus sindicatos, os cortes de verbas públicas em setores vitais como a educação e a tudo que atenda aos interesses da sociedade civil, deixa claro a quem este governo serve, ou seja, apenas aos patrões e, mais particularmente, aos bancos e banqueiros.

Portanto, dia 14 vamos nos manifestar por um país melhor para todos. Vamos fazer nossa parte mostrando que sabemos o que queremos e queremos, sobretudo, resgatar a dignidade de milhões de desempregados e garantir os direitos conquistados pela sociedade brasileira por um país que ofereça qualidade de vida a todos seus habitantes.


Eliseu Silva Costa
Presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo

No próximo dia 14 de junho, as organizações sindicais de todo país, além de diversas entidades estudantis, estão preparando mais uma manifestação por emprego, contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo e Contra a retirada de Direitos conquistados pelos trabalhadores durante décadas de luta.

Não podemos mais aceitar que aconteçam retrocessos no que diz respeito a qualidade de vida da classe trabalhadora. A difícil situação econômica pela qual passa o país, definitivamente não é culpa daqueles que trabalham e produzem nossas riquezas. Não vamos nos deixar enganar que a Reforma da Previdência que pretende acabar com a Seguridade Pública no Brasil, será a solução mágica para todos os nossos problemas. A questão é bem mais ampla e exige, antes de mais nada, credibilidade e segurança jurídica para que o país volte a crescer, coisa que infelizmente esse governo não possui.

Os frequentes ataques aos direitos dos trabalhadores e aos seus sindicatos, os cortes de verbas públicas em setores vitais como a educação e a tudo que atenda aos interesses da sociedade civil, deixa claro a quem este governo serve, ou seja, apenas aos patrões e, mais particularmente, aos bancos e banqueiros.

Portanto, dia 14 vamos nos manifestar por um país melhor para todos. Vamos fazer nossa parte mostrando que sabemos o que queremos e queremos, sobretudo, resgatar a dignidade de milhões de desempregados e garantir os direitos conquistados pela sociedade brasileira por um país que ofereça qualidade de vida a todos seus habitantes.


Eliseu Silva Costa
Presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo