Devido as fortes chuvas que atingem Salvador a Assembleia Geral de Lançamento da Campanha Salarial 2020 e sobre as Perspectivas de emprego na construção que seria realizado pelo Sintepav BA nesta sexta-feira (24), foi adiada para o dia 31 de janeiro de 2020, às 07h, na Praça do Campo da Pólvora em Nazaré.
assembleia

O ato reunirá na próxima semana, centenas de desempregados do setor da construção e trabalhadores das obras do BRT de Salvador, 29 de Março, Consórcio Transoceânico, obras de terraplanagem, entre outras. Após concentração na Praça do Campo da Pólvora, localizada em Nazaré, os trabalhadores sairão em caminhada em direção a Câmara de Vereadores de Salvador.

A Campanha Salarial 2020 com data base em 1º de março, tem o mote Resistir pelos Direitos, Salários e Democracia. Na Bahia, são 11 mil trabalhadores, distribuídos em 112 obras e 182 empresas, responsáveis pela construção de parques eólicos, parque solar, terraplanagem, pavimentação, saneamento básico, estradas e rodagens, linhas de transmissão, portos, Ferrovia de Integração Oeste Leste (FIOL), rodovias, barragens, entre outras.

No momento em que o país precisa fortalecer a sua economia e gerar novos empregos, as obras da construção pesada, como o como o Veículo Leve de Transporte (VLT) com investimentos de R$ 2 bilhões; o Tramo 3 do Metrô com investimento de R$ 500,00 milhões; a realização de mais uma etapa da Linha Azul e a construção da nova rodoviária de Salvador no valor de R$ 120,00 milhões; a consolidação de novas matrizes enérgicas com a construção de parques eólicos, usinas de energia solar e linhas de transmissão são fundamentais para o desenvolvimento do Brasil e da Bahia. Assim, desejamos chegar a uma negociação que preserve a vida e amplie os direitos dos trabalhadores conquistados historicamente.

Confira as principais reivindicações:

Reajuste salarial 6%;
Cesta básica R$ 500,00;
Horas extras 100% aos sábados, domingos e feriados; Saúde e segurança no trabalho; Manutenção do aviso prévio indenizado; Manutenção do contrato de experiência de 30 dias; PLR; Assistência médica


 

assembleia

O ato reunirá na próxima semana, centenas de desempregados do setor da construção e trabalhadores das obras do BRT de Salvador, 29 de Março, Consórcio Transoceânico, obras de terraplanagem, entre outras. Após concentração na Praça do Campo da Pólvora, localizada em Nazaré, os trabalhadores sairão em caminhada em direção a Câmara de Vereadores de Salvador.

A Campanha Salarial 2020 com data base em 1º de março, tem o mote Resistir pelos Direitos, Salários e Democracia. Na Bahia, são 11 mil trabalhadores, distribuídos em 112 obras e 182 empresas, responsáveis pela construção de parques eólicos, parque solar, terraplanagem, pavimentação, saneamento básico, estradas e rodagens, linhas de transmissão, portos, Ferrovia de Integração Oeste Leste (FIOL), rodovias, barragens, entre outras.

No momento em que o país precisa fortalecer a sua economia e gerar novos empregos, as obras da construção pesada, como o como o Veículo Leve de Transporte (VLT) com investimentos de R$ 2 bilhões; o Tramo 3 do Metrô com investimento de R$ 500,00 milhões; a realização de mais uma etapa da Linha Azul e a construção da nova rodoviária de Salvador no valor de R$ 120,00 milhões; a consolidação de novas matrizes enérgicas com a construção de parques eólicos, usinas de energia solar e linhas de transmissão são fundamentais para o desenvolvimento do Brasil e da Bahia. Assim, desejamos chegar a uma negociação que preserve a vida e amplie os direitos dos trabalhadores conquistados historicamente.

Confira as principais reivindicações:

Reajuste salarial 6%;
Cesta básica R$ 500,00;
Horas extras 100% aos sábados, domingos e feriados; Saúde e segurança no trabalho; Manutenção do aviso prévio indenizado; Manutenção do contrato de experiência de 30 dias; PLR; Assistência médica