Setor de Refeições Coletivas comemora o resultado das negociações salariais
O setor de Refeições Coletivas do Estado de São Paulo está comemorando o resultado das negociações salariais de Refeições Industriais. 
 
Depois de muitas rodadas e inúmeros entraves, as negociações salariais foram concluídas ontem, 30 de junho. A data-base da Categoria é 1º de junho. 
 
Representando o laboral, a FETERCESP - Federação dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas, Cozinhas Industriais e Afins do Estado de São Paulo defendeu a todo custo  um reajuste adequado e principalmente a manutenção de todos os benefícios conquistados ao longo dos últimos anos.
 
O sindicato patronal, por sua vez, pouco cedia, o que tornou as negociações deste ano uma das mais difíceis de todos os tempos, especialmente neste momento de crise pós-pandemia e do cenário atual de perda de direitos trabalhistas e de inúmeras investidas do governo federal contra a classe trabalhadora. 
 
Mas a FETERCESP não recuou e conquistou um acordo muito positivo para a Categoria de Refeições Coletivas.
 
Foram mantidos os principais benefícios normativos e houve a reposição da inflação acumulada, isto é, 11,9 %, sendo 8,5% retroativos a 1º de junho/2022 e mais 3,13% em 1° de janeiro/2023 para quem ganha até 2,5 pisos da categoria profissional. 
 
Para quem ganha acima de 2,5 pisos, o reajuste será no valor fixo de R$ 306,08 em 1º de junho/2022 e mais R$ 122,19 em 1° de janeiro/2023.
 
“As negociações deste ano foram, sem dúvidas, as mais difíceis de todos os tempos. Os obstáculos foram inúmeros, desde a crise pós-pandemia, o governo atual favorecendo as empresas e a legislação trabalhista totalmente vulnerável, até as próprias empresas pouco dispostas a ceder, mas depois de longas e intensas reuniões, chegamos a um acordo muito bom para o nosso trabalhador. Além da reposição da inflação a partir de janeiro/2023, conseguimos manter todos os benefícios, que foi a principal conquista. O resultado das negociações deste ano foi uma importante vitória”, afirmou o presidente da FETERCESP, Paulo Ritz. 
 
Mais informações sobre o resultado das negociações podem ser conferidas no link //www.fetercesp.org.br/noticia/refeicoes-industriais-negociacoes-concluidas
Setor de Refeições Coletivas comemora o resultado das negociações salariais
O setor de Refeições Coletivas do Estado de São Paulo está comemorando o resultado das negociações salariais de Refeições Industriais. 
 
Depois de muitas rodadas e inúmeros entraves, as negociações salariais foram concluídas ontem, 30 de junho. A data-base da Categoria é 1º de junho. 
 
Representando o laboral, a FETERCESP - Federação dos Trabalhadores em Empresas de Refeições Coletivas, Cozinhas Industriais e Afins do Estado de São Paulo defendeu a todo custo  um reajuste adequado e principalmente a manutenção de todos os benefícios conquistados ao longo dos últimos anos.
 
O sindicato patronal, por sua vez, pouco cedia, o que tornou as negociações deste ano uma das mais difíceis de todos os tempos, especialmente neste momento de crise pós-pandemia e do cenário atual de perda de direitos trabalhistas e de inúmeras investidas do governo federal contra a classe trabalhadora. 
 
Mas a FETERCESP não recuou e conquistou um acordo muito positivo para a Categoria de Refeições Coletivas.
 
Foram mantidos os principais benefícios normativos e houve a reposição da inflação acumulada, isto é, 11,9 %, sendo 8,5% retroativos a 1º de junho/2022 e mais 3,13% em 1° de janeiro/2023 para quem ganha até 2,5 pisos da categoria profissional. 
 
Para quem ganha acima de 2,5 pisos, o reajuste será no valor fixo de R$ 306,08 em 1º de junho/2022 e mais R$ 122,19 em 1° de janeiro/2023.
 
“As negociações deste ano foram, sem dúvidas, as mais difíceis de todos os tempos. Os obstáculos foram inúmeros, desde a crise pós-pandemia, o governo atual favorecendo as empresas e a legislação trabalhista totalmente vulnerável, até as próprias empresas pouco dispostas a ceder, mas depois de longas e intensas reuniões, chegamos a um acordo muito bom para o nosso trabalhador. Além da reposição da inflação a partir de janeiro/2023, conseguimos manter todos os benefícios, que foi a principal conquista. O resultado das negociações deste ano foi uma importante vitória”, afirmou o presidente da FETERCESP, Paulo Ritz. 
 
Mais informações sobre o resultado das negociações podem ser conferidas no link //www.fetercesp.org.br/noticia/refeicoes-industriais-negociacoes-concluidas