CONGRESSO INDUSTRIALL
Com o tema “Unidos por um futuro justo”, a IndustriALL, entidade que representa mais de 50 milhões de trabalhadores dos setores químico, têxtil, mineração, energia e metalúrgico em 140 países, está realizando o Congresso de forma virtual, com a participação de cerca de 3 mil pessoas de mais de cem países do mundo.
 

Neste primeiro dia de plenária, foi realizado o processo eleitoral que escolheu a nova gestão da IndustriALL, vice-presidências para cada região, auditores internos e membros titulares e suplentes do Comitê Executivo.

Em seu pronunciamento, o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, parabenizou a nova direção da IndustriALL e lembrou que no último Congresso da Entidade, realizado no Rio de Janeiro em 2016, o Brasil bem o mal avançava em políticas sociais, ampliando direitos sobretudo a proteção e a seguridade social.

miguel torres no congresso industial

O sindicalista destacou que o País naquele momento era mencionado como exemplo, pois vinha derrubando a pobreza absoluta desde 2004, elevando o salário mínimo, garantindo emprego formal aos brasileiros e brasileiras entre outras medidas.

Miguel mencionou a reforma trabalhista, ocorrida durante os governos Temer e Bolsonaro que desmontaram boa parte do sistema de proteção social, acabaram com a política de valorização do salário mínimo e com parte do movimento sindical.

Ele citou que, no último dia 7 de setembro, Bolsonaro saiu mais uma vez para o movimento para o golpe do golpe e nenhuma medida foi tomada para barra-lo até o momento. “Estamos flertando perigosamente com um desfecho que pode mergulhar o país novamente nas trevas com consequências nefastas para nosso povo e precisamos do apoio de todos especialmente dos 50 milhões de trabalhadores dos 140 países que IndustriALL representa em defesa da democracia”, alerta Torres.

Confira a íntegra do pronunciamento do presidente da Força Sindical, Miguel Torres, no congresso da IndustriALL

Delegação dos Químicos da Força

Uma delegação dos Químicos da Força, representada por lideranças da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados, participou do primeiro dia do 3º Congresso Mundial da IndustriALL Global Union.

Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru, foi reeleito para o Comitê Executivo da IndustriALL, órgão que conta com representantes de todos os continentes.
 
Para Bicalho, a democracia deve continuar norteando as ações da IndustriALL, fortalecendo a legitimidade da organização mundial, construindo um plano de ações para um futuro justo para avançar em conquistas para a classe trabalhadora.
 
Atle Høie foi eleito o novo secretário geral da IndustriALL Global Union.
 
O presidente da IndustriALL, Jörg Hofmann, agradeceu o companheiro Valter Sanches por sua atuação à frente da secretaria geral da entidade no período de 2016 a 2021.
 
O presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Sergio Luiz Leite, Serginho, parabenizou a IndustriALL pelo trabalho ao redor do mundo e reforçou a importância do apoio, junto à unidade das Centrais Sindicais brasileiras em Defesa da Vida, Empregos, Diretos e Democracia”, afirma Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical.''
 
com informações da Fequimfar
CONGRESSO INDUSTRIALL
Com o tema “Unidos por um futuro justo”, a IndustriALL, entidade que representa mais de 50 milhões de trabalhadores dos setores químico, têxtil, mineração, energia e metalúrgico em 140 países, está realizando o Congresso de forma virtual, com a participação de cerca de 3 mil pessoas de mais de cem países do mundo.
 

Neste primeiro dia de plenária, foi realizado o processo eleitoral que escolheu a nova gestão da IndustriALL, vice-presidências para cada região, auditores internos e membros titulares e suplentes do Comitê Executivo.

Em seu pronunciamento, o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, parabenizou a nova direção da IndustriALL e lembrou que no último Congresso da Entidade, realizado no Rio de Janeiro em 2016, o Brasil bem o mal avançava em políticas sociais, ampliando direitos sobretudo a proteção e a seguridade social.

miguel torres no congresso industial

O sindicalista destacou que o País naquele momento era mencionado como exemplo, pois vinha derrubando a pobreza absoluta desde 2004, elevando o salário mínimo, garantindo emprego formal aos brasileiros e brasileiras entre outras medidas.

Miguel mencionou a reforma trabalhista, ocorrida durante os governos Temer e Bolsonaro que desmontaram boa parte do sistema de proteção social, acabaram com a política de valorização do salário mínimo e com parte do movimento sindical.

Ele citou que, no último dia 7 de setembro, Bolsonaro saiu mais uma vez para o movimento para o golpe do golpe e nenhuma medida foi tomada para barra-lo até o momento. “Estamos flertando perigosamente com um desfecho que pode mergulhar o país novamente nas trevas com consequências nefastas para nosso povo e precisamos do apoio de todos especialmente dos 50 milhões de trabalhadores dos 140 países que IndustriALL representa em defesa da democracia”, alerta Torres.

Confira a íntegra do pronunciamento do presidente da Força Sindical, Miguel Torres, no congresso da IndustriALL

Delegação dos Químicos da Força

Uma delegação dos Químicos da Força, representada por lideranças da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados, participou do primeiro dia do 3º Congresso Mundial da IndustriALL Global Union.

Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru, foi reeleito para o Comitê Executivo da IndustriALL, órgão que conta com representantes de todos os continentes.
 
Para Bicalho, a democracia deve continuar norteando as ações da IndustriALL, fortalecendo a legitimidade da organização mundial, construindo um plano de ações para um futuro justo para avançar em conquistas para a classe trabalhadora.
 
Atle Høie foi eleito o novo secretário geral da IndustriALL Global Union.
 
O presidente da IndustriALL, Jörg Hofmann, agradeceu o companheiro Valter Sanches por sua atuação à frente da secretaria geral da entidade no período de 2016 a 2021.
 
O presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Sergio Luiz Leite, Serginho, parabenizou a IndustriALL pelo trabalho ao redor do mundo e reforçou a importância do apoio, junto à unidade das Centrais Sindicais brasileiras em Defesa da Vida, Empregos, Diretos e Democracia”, afirma Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical.''
 
com informações da Fequimfar