Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário Na manhã desta terça-feira (16) dezenas de lideranças sindicais fizeram uma panfletagem para iniciar a divulgação da celebração do Dia do Trabalhador – 1º de Maio Unificado das Centrais Sindicais foi realizado, no Largo da Concórdia (Estação de Trem do Brás), em São Paulo SP. O evento, este ano, será realizado no Estacionamento da NeoQuímica Arena (Itaquerão – estádio do Corinthians), na Zona Leste da capital paulista, a partir das 10 horas. O 1º de Maio Unitário é organizado pelas centrais sindicais:

  • Central Única dos Trabalhadores (CUT);
  • Força Sindical;
  • União Geral dos Trabalhadores (UGT);
  • Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST);
  • Central de Sindicatos do Brasil (CSB);
  • Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e
  • Pública – Central do Servidor
Este ano, o lema do 1º de Maio Unificado será “Por um Brasil mais Justo” e vai destacar emprego decente; correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público.

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Força

Movimento sindical do Norte vai a Brasília pressionar pela BR-319

terça-feira, 31 de outubro de 2023

Força

Movimento sindical do Norte vai a Brasília pressionar pela BR-319

Movimento sindical do Norte vai a Brasília pressionar pela BR-319
Sindicalistas do Amazonas, Roraima e Rondônia estão puxando um movimento popular em defesa da BR-319, rodovia federal de 885 quilômetros construída nos anos 1960/70 que liga Manaus/AM a Porto Velho/RO. Entre outras ações, sairão em comitiva de Manaus dia 1 de novembro, rumo a Brasília, onde pretendem falar com a ministra Marina Silva (Meio Ambiente), o ministro Renan Filho (Transportes) e até com o presidente Lula, se possível. Será a “Caravana pela reconstrução da BR-319 já!”
 
“É uma via absolutamente vital para a nossa conexão terrestre com o restante do País, mas que há décadas se encontra em péssima situação principalmente no chamado “trecho do meio”, uma extensão de aproximadamente 250 quilômetros entre o km 200 e o km 450, que atravessa os territórios dos municípios de Borba, Beruri, Manicoré, Tapauá, Canutama e Humaitá, todos no Amazonas”, argumenta Carlos Lacerda, um dos líderes do movimento e coordenador do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos (Sindnapi) na região Norte.
 
Independente das possíveis audiências nos ministérios, a Caravana já tem encontro marcado com a Frente Parlamentar pela BR-319, que envolve 192 deputados federais de todos os estados brasileiros e é coordenada pelo amazonense Fausto Júnior (União). “Nessa audiência, que será às 15h do dia 8, na Câmara Federal, pretendemos discutir acertar uma agenda prática e objetiva com os deputados junto ao Palácio do Planalto e aos ministérios e órgãos ligados diretamente a essa questão, do licenciamento ambiental aos prazos de execução das obras”, explica Vicente Filizola, presidente da Força Sindical Amazonas.
 
A ministra Marina Silva, segundo os sindicalistas, já é vista no Amazonas como uma inimiga declarada da BR-319 porque ela tem uma posição abertamente contrária ao licenciamento das obras no trecho do meio da BR-319 e não faz a menor questão de esconder isso, sob o argumento de que uma vez recuperada a rodovia sujeitará aquela área florestal ao desmatamento, o que é uma falácia.
 
“Por isso queremos deixar claro que o argumento quanto aos possíveis danos ambientais que adviriam da rodovia trafegável são fantasiosos e não têm o menor cabimento. A BR-319 já existe há 5 décadas e se causou algum impacto ambiental, isso ficou em um passado muito distante”, afirma Lacerda.
 
Para ele, o impacto negativo que essa rodovia causa é agora pois, nas condições em que está, penaliza nada menos que 4 milhões de brasileiros habitantes de Roraima, do Amazonas e de Rondônia diretamente, e transversalmente de todos os demais estados nortistas.
 
Os sindicalistas lembram que dois eventos terrivelmente danosos e dolorosos para os amazonenses confirmam o quanto esta rodovia é necessária: a crise do oxigênio em Manaus, no auge da segunda onda da pandemia da Covid-19 (janeiro/fevereiro de 2021), quando centenas de pessoas morreram literalmente por falta de ar, e agora, nessa seca recorde que atinge o nosso Estado, trazendo com ela uma crise geral de abastecimento porque os rios estão praticamente intrafegáveis e a rodovia encontra-se imprestável para o transporte de cargas, levando fábricas do Polo Industrial a paralisarem atividades por falta de insumos para suas linhas de produção, comércios a baixarem as portas por não ter mercadorias e milhares de famílias a passarem fome porque não têm alimentos para levar às mesas.
 
Interesses ocultos
Nas manifestações que têm feito vias redes sociais, em audiências públicas e encontros com segmentos classistas os participantes desse movimento sindical pró-BR-319 batem sempre na tecla de que em nenhum lugar do mundo uma rodovia trafegável é sinônimo de ameaça ao meio ambiente. Ao contrário, estradas trafegáveis propiciam a montagem de estruturas de fiscalização eficientes e fortes.
 
“A BR-319, como está, só interessa aos criminosos: grileiros, exploradores de madeira ilegal, garimpeiros, narcotraficantes e daí por diante. Então, permitir que a rodovia continuem nessas péssimas condições e se deteriorando cada vez mais é o mesmo que incentivar todo tipo de atividade ilegal no trecho do meio, livre de fiscalização e da presença do poder público”, Dispara Deive Couto, sindicalista da área de hotelaria e hospitalidade.
 
Diálogos produtivos
Na audiência com a ministra Marina Silva o movimento espera um diálogo franco que, lhes dê a oportunidade de expor os fatos por uma outra ótica além da puramente ambiental: a humanitária, porque a BR-319 tem, como afirmam, uma função social extremamente relevante e a plena condição de trafegabilidade dessa via é uma questão de direito constitucional dos amazonenses e roraimenses, em particular, e dos nortistas, de modo geral.
 
Já no encontro com o ministro Renan Filho, querem agradecer pelas demonstrações públicas de boa vontade em relação à necessária recuperação da BR-319 e pedir agilidade nos procedimentos legais que envolvem as obras no trecho do meio, o chamado meião.
 
“E na audiência com o presidente Lula, queremos demonstrar o quanto esperamos dele na condução do País e especificamente na questão da BR-319, porque ele tem uma visão humanista e humanitária, e compreende o que significa para nós viver sem a cidadania plena”, finaliza Carlos Lacerda.

Últimas de Força

Todas de Força
86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre
Força 19 ABR 2024

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre

Vídeos 19 ABR 2024

Presidente da Força intensifica luta para fortalecer movimento sindical

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional
Força 19 ABR 2024

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC
Força 19 ABR 2024

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos
Força 19 ABR 2024

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor
Força 19 ABR 2024

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem
Força 19 ABR 2024

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%
Força 18 ABR 2024

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Servidores públicos debatem financiamento sindical
Força 18 ABR 2024

Servidores públicos debatem financiamento sindical

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)
Força 18 ABR 2024

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho
Força 18 ABR 2024

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva
Força 18 ABR 2024

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024
Saúde e Segurança 18 ABR 2024

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais
Força 18 ABR 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília
Força 18 ABR 2024

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal
Força 17 ABR 2024

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico
Força 17 ABR 2024

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU
Força 17 ABR 2024

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza
Força 17 ABR 2024

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM
Força 17 ABR 2024

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate
Força 16 ABR 2024

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical
Força 16 ABR 2024

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação
Força 16 ABR 2024

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário
Imagem do dia 16 ABR 2024

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)
Força 16 ABR 2024

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical
Força 16 ABR 2024

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 16 ABR 2024

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China

Aguarde! Carregando mais artigos...