Mesmo em meio à pandemia o novo coronavírus, os companheiros da Engematex, em Carapicuíba, conquistaram PLR (Participação nos Lucros e Resultados). A proposta foi aprovada em assembleia nesta terça-feira, 30, e é resultado da organização dos trabalhadores e das negociações conduzidas pelo Sindicato.
Negociação e organização garantem PLR na EngematexCrédito: Arquivo

“Essa é uma conquista importante, principalmente neste momento que estamos passando. Agora, mais do que antes, o valor da PLR será fundamental para o trabalhador superar esta crise”, avalia o diretor Alex da Força.

A conquista ocorre após intensas negociações do Sindicato com a empresa a qual contou com a participação da Comissão de Trabalhadores. “A persistência dos trabalhadores junto com o Sindicato foi fundamental. A empresa estava resistente, mas, graças à organização e negociação, conquistamos a manutenção da PLR”, explica o diretor João Batista.

O resultado positivo serve de referência para toda categoria. “Em um momento de crise e ataques aos direitos dos trabalhadores, agravado pela pandemia, a mobilização, a confiança no Sindicato mostram que é possível manter direitos. A categoria tem que ter um esforço grande para a manutenção de seus direitos”, enfatiza o diretor João.

Esforço que a diretoria do Sindicato tem tido diariamente nas portas das fábricas, sempre articulando os trabalhadores em pela preservação da saúde, do emprego e da renda.

Negociação e organização garantem PLR na EngematexCrédito: Arquivo

“Essa é uma conquista importante, principalmente neste momento que estamos passando. Agora, mais do que antes, o valor da PLR será fundamental para o trabalhador superar esta crise”, avalia o diretor Alex da Força.

A conquista ocorre após intensas negociações do Sindicato com a empresa a qual contou com a participação da Comissão de Trabalhadores. “A persistência dos trabalhadores junto com o Sindicato foi fundamental. A empresa estava resistente, mas, graças à organização e negociação, conquistamos a manutenção da PLR”, explica o diretor João Batista.

O resultado positivo serve de referência para toda categoria. “Em um momento de crise e ataques aos direitos dos trabalhadores, agravado pela pandemia, a mobilização, a confiança no Sindicato mostram que é possível manter direitos. A categoria tem que ter um esforço grande para a manutenção de seus direitos”, enfatiza o diretor João.

Esforço que a diretoria do Sindicato tem tido diariamente nas portas das fábricas, sempre articulando os trabalhadores em pela preservação da saúde, do emprego e da renda.