Operacionais denunciam condições precárias e Stap aciona Prefeitura de Guarulhos
Ônibus aos pedaços, bancos rasgados, vidros quebrados, galão de gasolina dentro de veículos e muitos outros problemas. Esta é a situação a que os Operacionais da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (São João) estão expostos. 
 
O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal (Stap Guarulhos) esteve lá na manhã de quinta (20) e confirmou os problemas. Fez a denúncia e cobrou a presença de um responsável da Prefeitura. 
 
Os veículos danificados foram recolhidos e serão encaminhados ao Departamento de Transportes Internos para manutenção. O diretor Rogério de Oliveira diz: "Os trabalhadores só irão sair para as atividades se houver segurança. Não existe condição de se trabalhar dessa forma e colocar a vida em risco".
 
Operacionais denunciam condições precárias e Stap aciona Prefeitura de Guarulhos
Refeitório - No local, existe um espaço que a Prefeitura prometeu utilizar como refeitório. Mas não cumpriu. "É até um espaço bom, mas que está largado. Enquanto isso, os funcionários almoçam em local inadequado", critica Rogério.
 
Fiscalização - O Sindicato acompanhará o caso até que as condições adequadas sejam garantidas. 
Operacionais denunciam condições precárias e Stap aciona Prefeitura de Guarulhos
Ônibus aos pedaços, bancos rasgados, vidros quebrados, galão de gasolina dentro de veículos e muitos outros problemas. Esta é a situação a que os Operacionais da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (São João) estão expostos. 
 
O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal (Stap Guarulhos) esteve lá na manhã de quinta (20) e confirmou os problemas. Fez a denúncia e cobrou a presença de um responsável da Prefeitura. 
 
Os veículos danificados foram recolhidos e serão encaminhados ao Departamento de Transportes Internos para manutenção. O diretor Rogério de Oliveira diz: "Os trabalhadores só irão sair para as atividades se houver segurança. Não existe condição de se trabalhar dessa forma e colocar a vida em risco".
 
Operacionais denunciam condições precárias e Stap aciona Prefeitura de Guarulhos
Refeitório - No local, existe um espaço que a Prefeitura prometeu utilizar como refeitório. Mas não cumpriu. "É até um espaço bom, mas que está largado. Enquanto isso, os funcionários almoçam em local inadequado", critica Rogério.
 
Fiscalização - O Sindicato acompanhará o caso até que as condições adequadas sejam garantidas.