Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Força

Florianópolis (SC): Reunião da Força SC, PR e RS formata documento para discutir com a Nacional

terça-feira, 19 de março de 2013

Força

Florianópolis (SC): Reunião da Força SC, PR e RS formata documento para discutir com a Nacional

Arquivo: Força Sindical SC

Juntos novamente, os dirigentes sindicais dos três estados do Sul: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina estiveram reunidos em Florianópolis para discutir a Pauta do Congresso Nacional que será realizado nos dis 24, 25 e 26 de Julho em São Paulo (Praia Grande).

O Custeio Sindical e a divisão das contribuições foram uma das questões mais cobradas pelas três centrais do Sul.

‘Vamos cobrar da nacional que os nossos pleitos tenham evolução. A começar pelo Fator Previdenciário e a Redução da Jornada’, adiantou o presidente da Força SC, Osvaldo Mafra. ‘Precisamos cobrar sim da entidade da qual fazemos parte, linha dura em cima do Ministério do Trabalho, Ministério Público e uma legislação clara sobre Custeio Sindical, que regulamente a contribuição sindical’.
Na mesma linha, os outros dois presidentes, Claudio Janta (RS) e Sergio Buska (PR) também defenderam a mesma proposta e dessa reunião foram definidos – através de votação dos representantes dos três estados – um documento que será apreciado no congresso nacional.
 
Resoluções debatidas e votadas que serão defendidas no Congresso Nacional 2013
 
Florianópolis/SC: 15/03/2013 – A Força Sindical de SC foi a anfitriã da última reunião da Força Sul, entre os dirigentes sindicais da Força Sindical Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Na ocasião, foram levantadas diversas questões e definidas algumas posições da entidade que serão levadas para o Congresso da Força Sindical Nacional, que se realizará nos dias 24, 25 e 26 de Julho, na Praia Grande/SP.
Estudando a Pauta do Congresso foram definidas algumas resoluções, debatidas e votadas. Após, essas definições serão levadas aos congressos estaduais dos três estados (antes do Congresso Nacional).
Segue:

1.      No momento da redação do documento final das diretrizes do 7º congresso, a Força Sul, quer – ao menos – três relatores para a confecção do mesmo e que essa avaliação seja submetida a votação;
2.      Que as instituições estaduais recebam o repasse de no mínimo 60%, ao invés de 40%, para isso argumentam que:
2.1 O dinheiro das secretarias não foram repassados;
2.2 Ajudar os estados pequenos com mais freqüência cujos não cumpriram as metas estipuladas;
3. Incluir o Sistema de Custeio das entidades nas discussões, dando prioridade ao assunto;
3.1 Este documento já existe, por isso, é preciso cobrar da Força Nacional para que seja implementado;
4. Incluir a política de recuperação de perdas dos aposentados e pensionistas, que deve ser amplamente discutida separadamente;
5. Lutar por um novo pacto federativo e cobrar postura da central para que inclua nesta discussão a manutenção do Imposto Sindical;
6. Combater a proposta da presidente Dilma Roussef que engessa o movimento sindical, quando fala sobre a incidência da taxa de 1% para os sindicatos, pois trata-se de verba carimbada, destinada para a qualificação profissional e saúde do trabalhador;
7. Sobre o item 1.2 da Pauta do Congresso Nacional, substituir a palavra “reforma” por manutenção. E retirar “agenda do trabalho decente” e colocar como item especifico: Trabalho decente, com vida decente;
8. Criar uma comissão para discutir a saúde do trabalhador;
9. Criar secretarias de redes sociais e qualificação profissional;
9.2 Atentar para a nova Portaria do Ministério do Trabalho sobre a criação de novos sindicatos;
9.3 a.Fazer com que os sindicatos filiados passem a ser sindicatos cidadão, democrático, de diálogo e de lutas com envolvimento nas comunidades;
b. Que os sindicatos atentam para as doenças do século: que é o Crack;
9.4 Deixar claro que a nossa Central é e permaneça PLURIPARTIDÁRIA;
10.  “Que a Força Sindical Nacional através do seu presidente e sua diretoria deverá prevalecer sempre à pluralidade partidária, devendo também, quando tomar alguma decisão importante a mesma deverá consultar a diretoria executiva”. 
ESTATUTO: Não queremos que o mesmo seja alterado; Se for decidido mudar, a Força Sul exige ter representantes no grupo que fará a mudança, que discutirá o mesmo.

 

Fonte: Assessoria de imprensa da Força Sindical SC

Últimas de Força

Todas de Força
Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate
Força 16 ABR 2024

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical
Força 16 ABR 2024

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação
Força 16 ABR 2024

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário
Imagem do dia 16 ABR 2024

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)
Força 16 ABR 2024

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical
Força 16 ABR 2024

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 16 ABR 2024

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China

Medicamentos a prefeitura tem, mas não farmacêuticos suficientes
Força 16 ABR 2024

Medicamentos a prefeitura tem, mas não farmacêuticos suficientes

Reunião de sindicalistas chineses e da Força Sindical
Força 15 ABR 2024

Reunião de sindicalistas chineses e da Força Sindical

1º de Maio Unitário: presidentes das centrais falam à imprensa
Força 15 ABR 2024

1º de Maio Unitário: presidentes das centrais falam à imprensa

Sindnapi apoia mudanças no desconto de mensalidade associativa de aposentados
Força 15 ABR 2024

Sindnapi apoia mudanças no desconto de mensalidade associativa de aposentados

Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 15 ABR 2024

Intercâmbio Sindical Brasil e China

Centrais iniciam panfletagem do 1º de Maio Unitário nesta terça (16)
Força 15 ABR 2024

Centrais iniciam panfletagem do 1º de Maio Unitário nesta terça (16)

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão
Artigos 15 ABR 2024

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão

Diretoria do Sindicato dos Rodorivários SP toma posse
Força 12 ABR 2024

Diretoria do Sindicato dos Rodorivários SP toma posse

Rescisão de trabalhador com estabilidade só pode ser validada no sindicato
Força 12 ABR 2024

Rescisão de trabalhador com estabilidade só pode ser validada no sindicato

Mínimo RS: Centrais repudiam reajuste de apenas 2,2% proposto por entidades patronais
Força 12 ABR 2024

Mínimo RS: Centrais repudiam reajuste de apenas 2,2% proposto por entidades patronais

Força Sindical filia-se ao DIESAT
Força 12 ABR 2024

Força Sindical filia-se ao DIESAT

Presidentes das centrais farão coletiva, segunda (15), sobre 1º de Maio Unificado
Força 12 ABR 2024

Presidentes das centrais farão coletiva, segunda (15), sobre 1º de Maio Unificado

Presidente da Força participa de Seminário promovido pela FETRAMICO
Força 11 ABR 2024

Presidente da Força participa de Seminário promovido pela FETRAMICO

SMC realiza atividade sobre aplicação da Lei de Igualdade Salarial
Força 11 ABR 2024

SMC realiza atividade sobre aplicação da Lei de Igualdade Salarial

Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora
Imagem do dia 11 ABR 2024

Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

O esquenta do 1º de Maio
Artigos 11 ABR 2024

O esquenta do 1º de Maio

SINPOSPETRO-RJ rejeita proposta patronal e luta pela equiparação salarial no Rio
Força 11 ABR 2024

SINPOSPETRO-RJ rejeita proposta patronal e luta pela equiparação salarial no Rio

Negociação salarial dos frentistas do Rio será retomada hoje (10)
Força 10 ABR 2024

Negociação salarial dos frentistas do Rio será retomada hoje (10)

Sindicatos indianos lutam pelos direitos dos trabalhadores
Imprensa 10 ABR 2024

Sindicatos indianos lutam pelos direitos dos trabalhadores

Vídeos 10 ABR 2024

Resumo das atividades de terça-feira em Brasília; confira!

Centrais reúnem-se com Paim para debater projeto antissindical
Força 10 ABR 2024

Centrais reúnem-se com Paim para debater projeto antissindical

Aguarde! Carregando mais artigos...