Frentistas do Município do RJ lançam campanha salarial de 2023
“O frentista é a riqueza do país, porque faz a roda girar e abastece de combustível os veículos que transportam o progresso pelas rodovias do Brasil”. Com essa fala, o presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto, convocou os trabalhadores para a assembleia de aprovação de pauta da Convenção Coletiva 2023/2025, que será realizada na próxima quinta-feira (8), às 15h, na sede do sindicato, em Vila Isabel. Ele destacou que o trabalhador mostra a sua insatisfação para o patrão e fortalece a luta por melhores salários, quando comparece à assembleia.  
 
Os diretores do sindicato visitaram, nesta segunda-feira (5), vários postos no Centro e na Zona Sul da cidade. Até o dia da assembleia, eles vão visitar os postos e convidar a categoria para participar do processo negocial. 
 
Eusébio Neto lembrou que os benefícios como: plano ambulatorial; vale-alimentação; PLR e seguro de vida, foram conquistados com muita luta pelo sindicato. Ele disse que os frentistas resistiram aos tempos sombrios e conseguiram garantir os direitos da Convenção Coletiva. Eusébio afirmou, no entanto, que para ganhar aumento real no salário e avançar nas cláusulas sociais, a categoria precisa estar unida.
 
Ele falou do projeto de regulamentação da profissão de frentista, que avança no Congresso. Com a regulamentação da profissão os postos só poderão contratar profissionais qualificados. O presidente do sindicato também citou a luta dos dirigentes da categoria para barrar, em Brasília, os projetos que visam revogar a Lei 9.956, que proíbe a instalação de bombas de autosserviço nos postos de combustíveis de todo país.  
 
Eusébio Neto frisou que o sindicato não é partidário, mas que os frentistas ganham muito com a eleição de um presidente preocupado com a classe operária e as minorias sociais. “A Federação Nacional dos Frentistas participa da construção do novo governo para garantir que os direitos da categoria sejam respeitados”, completou ele.
 
O presidente do SINPOSPETRO-RJ acrescentou que a convenção é construída na assembleia, por isso a importância da participação dos trabalhadores. Eusébio Neto disse que pretende encaminhar as propostas dos trabalhadores ao sindicato patronal, o mais rápido possível, já que a data-base da categoria é 1º de março, quando expira a atual convenção. “Vamos construir uma Convenção Coletiva Cidadã com mais direitos e qualidade de vida para todos”.
 
ASSEMBLEIA
Não esqueça! A assembleia será realizada no dia 8 de dezembro (quinta-feira), com a primeira chamada às 15h, e a segunda às 16h, na sede da entidade, na Avenida Professor Manoel de Abreu, nº 850, em Vila Isabel.
Frentistas do Município do RJ lançam campanha salarial de 2023
“O frentista é a riqueza do país, porque faz a roda girar e abastece de combustível os veículos que transportam o progresso pelas rodovias do Brasil”. Com essa fala, o presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto, convocou os trabalhadores para a assembleia de aprovação de pauta da Convenção Coletiva 2023/2025, que será realizada na próxima quinta-feira (8), às 15h, na sede do sindicato, em Vila Isabel. Ele destacou que o trabalhador mostra a sua insatisfação para o patrão e fortalece a luta por melhores salários, quando comparece à assembleia.  
 
Os diretores do sindicato visitaram, nesta segunda-feira (5), vários postos no Centro e na Zona Sul da cidade. Até o dia da assembleia, eles vão visitar os postos e convidar a categoria para participar do processo negocial. 
 
Eusébio Neto lembrou que os benefícios como: plano ambulatorial; vale-alimentação; PLR e seguro de vida, foram conquistados com muita luta pelo sindicato. Ele disse que os frentistas resistiram aos tempos sombrios e conseguiram garantir os direitos da Convenção Coletiva. Eusébio afirmou, no entanto, que para ganhar aumento real no salário e avançar nas cláusulas sociais, a categoria precisa estar unida.
 
Ele falou do projeto de regulamentação da profissão de frentista, que avança no Congresso. Com a regulamentação da profissão os postos só poderão contratar profissionais qualificados. O presidente do sindicato também citou a luta dos dirigentes da categoria para barrar, em Brasília, os projetos que visam revogar a Lei 9.956, que proíbe a instalação de bombas de autosserviço nos postos de combustíveis de todo país.  
 
Eusébio Neto frisou que o sindicato não é partidário, mas que os frentistas ganham muito com a eleição de um presidente preocupado com a classe operária e as minorias sociais. “A Federação Nacional dos Frentistas participa da construção do novo governo para garantir que os direitos da categoria sejam respeitados”, completou ele.
 
O presidente do SINPOSPETRO-RJ acrescentou que a convenção é construída na assembleia, por isso a importância da participação dos trabalhadores. Eusébio Neto disse que pretende encaminhar as propostas dos trabalhadores ao sindicato patronal, o mais rápido possível, já que a data-base da categoria é 1º de março, quando expira a atual convenção. “Vamos construir uma Convenção Coletiva Cidadã com mais direitos e qualidade de vida para todos”.
 
ASSEMBLEIA
Não esqueça! A assembleia será realizada no dia 8 de dezembro (quinta-feira), com a primeira chamada às 15h, e a segunda às 16h, na sede da entidade, na Avenida Professor Manoel de Abreu, nº 850, em Vila Isabel.