Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
4 JUL 2024

Imagem do dia

Posse da nova diretoria do Sindicato dos Químicos de S j do Rio Preto

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Força

Químicos celebram 2 anos da 1ª Convenção Coletiva para deficientes

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Força

Químicos celebram 2 anos da 1ª Convenção Coletiva para deficientes

Foi no ano de 2006 que representantes dos trabalhadores e patrões firmaram em Convenção Coletiva, o primeiro acordo trabalhista do país para inclusão de deficientes nas indústrias farmacêuticas, que beneficia milhares de trabalhadores, com aumento de empregos e inclusão social

Em 2006, a Fequimfar e seus sindicatos filiados e o Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo) assinaram uma Convenção Coletiva pioneira. A Convenção consiste em selecionar, contratar e qualificar trabalhadores deficientes para atuarem na indústria farmacêutica, fazendo assim, sua inclusão social.

Novos postos de trabalho e inclusão social

Passados dois anos, a Fequimfar está avaliando os resultados deste acordo, que já contratou cerca de mil PCDs (pessoas com deficiência). De acordo com dados do Sindusfarma, 44 empresas aderiram a Convenção, sendo que 12 delas já cumpriram a cota e contrataram 100% do estipulado. Entretanto, algumas indústrias ainda não contrataram nenhum trabalhador deficiente e 9 empresas contrataram menos que a metade estabelecida pela cota. Danilo Pereira da Silva, presidente da Fequimfar, diz que as empresas têm que ter a consciência da necessidade da contratação e integração desses empregados. "O primeiro passo é fazer uma avaliação dos cargos para verificar quais deles podem receber o deficiente", sugere Danilo.

Ajustes na Qualificação profissional

A Fequimfar verificou que a qualificação dos trabalhadores ainda não é a ideal. "Os trabalhadores já enfrentam muitos problemas no seu dia-a-dia, com dificuldades de acesso ao transporte público e pelas vias públicas, por exemplo", comenta Sergio. Por isso, para favorecer estes profissionais, ficou estabelecido um programa de qualificação profissional e preparação dos ambientes de trabalho, por meio de parcerias com entidades que vão qualificar esses trabalhadores. "A idéia era que as empresas fossem obrigadas a formar profissionais qualificados para atuarem tanto nas próprias indústrias, como também no mercado de trabalho como um todo", explica Antonio Silvan de Oliveira, presidente da CNTQ e do STI Guarulhos. Nestes casos, a empresa deveria promover treinamentos específicos numa parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). "Porém, esta questão da formação dos empregados não foi realizada de forma produtiva e transparente", comenta Silvan. Por isso, a Fequimfar, com a colaboração dos sindicatos filiados, vai fiscalizar as empresas e cobrar a intensificação do programa de formação para que os trabalhadores tenham as condições necessárias para serem inseridos no mercado de trabalho de forma justa e digna.

Dados

De acordo com dados da Delegacia Regional do Trabalho de São Paulo (DRT/SP), mais de 35.700 pessoas com deficiência estão inseridas no mercado de trabalho e 4.004 empresas cumprem a Lei de Cotas. No setor farmacêutico, já são 44 empresas que cumprem o acordo.

Seminário de Avaliação

A Fequimfar/Força Sindical e a Fetquim/CUT, estarão realizando um Seminário de avaliação sobre os resultados do 1º pacto coletivo de inclusão de pessoas com deficiência, no dia 12 de maio de 2008, das 08h00 às 17h00, na Câmara Municipal de SP, Plenário 1º de Maio – Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista – SP.

Histórico

O acordo, idealizado pela Fequimfar – Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo e pelo Sindusfarma (Entidade patronal que representa as industrias do setor farmacêutico no Estado), com o aval da SRTE-SP – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego SP (antiga DRTSP), consistiu em selecionar, contratar e qualificar profissionalmente, trabalhadores deficientes para atuarem em indústrias farmacêuticas, objetivando principalmente a inclusão social desta parcela significativa da classe trabalhadora.

Contratação de deficientes

No decorrer desse processo, a Fequimfar avalia como satisfatórios os resultados da Convenção, principalmente em relação ao inédito processo da contratação de pessoas com deficiência, para então, serem treinadas e, posteriormente, encaminhadas para os seus locais de suas novas funções, num objetivo maior de inclusão social, junto aos seus novos postos de trabalho.

Problemas e Dificuldades

Em relação ao treinamento destes trabalhadores, verificou-se que a qualificação dos trabalhadores, ainda está a desejar. Muitas empresas têm a obrigação de formarem profissionais qualificados para atuarem nas empresas farmacêuticas e também no mercado de trabalho como um todo, porém, a questão da formação dos empregados não foi realizada de forma produtiva e transparente. A Fequimfar reclama e cobra uma intensificação do programa de formação para que os trabalhadores tenham condições melhores e necessárias para serem inseridos no mercado de trabalho.

Cota exigida por Lei

Mais de 40 empresas já aderiram a Convenção, isso significa mais de 88% da cota total necessária para o cumprimento do acordo. Algumas empresas ainda não fizeram as contratações de deficientes e outras ainda não contrataram a quantidade exata referente à cota estabelecida pela Convenção. Lembramos que todas as empresas serão fiscalizadas e terão que cumprir a meta, contratando 100% da cota estabelecida.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Fequimfar

Últimas de Força

Todas de Força
Férias escolares mais divertidas nas colônias conveniadas ao SINPOSPETRO-RJ
Força 12 JUL 2024

Férias escolares mais divertidas nas colônias conveniadas ao SINPOSPETRO-RJ

Heróis da Saúde: SinSaúdeSP premia Airton Cano, do Sindicato dos Químicos do ABC
Força 12 JUL 2024

Heróis da Saúde: SinSaúdeSP premia Airton Cano, do Sindicato dos Químicos do ABC

Vídeos 12 JUL 2024

Sinttrar inaugura simulador em parceria com o Sest Senat

Borracheiros marcam presença no Dia da Luta Operária
Força 12 JUL 2024

Borracheiros marcam presença no Dia da Luta Operária

No 9 de Julho, Clemente e Maeno cobram ambientes de trabalho seguros
Força 12 JUL 2024

No 9 de Julho, Clemente e Maeno cobram ambientes de trabalho seguros

Com a Sabesp privatizada, você vai entrar pelo cano!
Artigos 12 JUL 2024

Com a Sabesp privatizada, você vai entrar pelo cano!

Luta pelo fim da violência contra o idoso continua
Artigos 12 JUL 2024

Luta pelo fim da violência contra o idoso continua

Metalúrgicos da Brovind aprovam PLR 2024 de R$ 1750,00
Força 10 JUL 2024

Metalúrgicos da Brovind aprovam PLR 2024 de R$ 1750,00

Frentistas do RJ retomam negociação salarial nesta quarta(10)
Força 10 JUL 2024

Frentistas do RJ retomam negociação salarial nesta quarta(10)

Conselho Nacional do Trabalho realiza reunião tripartite
Força 10 JUL 2024

Conselho Nacional do Trabalho realiza reunião tripartite

Vídeos 10 JUL 2024

Revisão da vida toda. Não para de chegar reforços!

Posse da diretoria dos Condutores de S J do Rio Preto
Força 10 JUL 2024

Posse da diretoria dos Condutores de S J do Rio Preto

Presidente da Força Sindical em Brasília!
Força 10 JUL 2024

Presidente da Força Sindical em Brasília!

Xangai canta: Matança; música
Força 5 JUL 2024

Xangai canta: Matança; música

Industriall debate fortalecimento sindical, negociação coletiva e reestruturação produtiva
Força 5 JUL 2024

Industriall debate fortalecimento sindical, negociação coletiva e reestruturação produtiva

Frentistas traçam estratégia de luta para a negociação no RJ
Força 5 JUL 2024

Frentistas traçam estratégia de luta para a negociação no RJ

Posse da nova diretoria do Sindicato dos Químicos de S j do Rio Preto
Imagem do dia 4 JUL 2024

Posse da nova diretoria do Sindicato dos Químicos de S j do Rio Preto

Mais de 87% dos reajustes negociados acima da inflação em maio
Imprensa 4 JUL 2024

Mais de 87% dos reajustes negociados acima da inflação em maio

Custo da cesta básica aumenta em 11 cidades
Imprensa 4 JUL 2024

Custo da cesta básica aumenta em 11 cidades

Produção industrial recua 0,9% em maio, segundo mês seguido de queda
Imprensa 4 JUL 2024

Produção industrial recua 0,9% em maio, segundo mês seguido de queda

Prazo para pagar 1ª parcela do abono do frentistas do RJ termina amanhã (5)
Força 4 JUL 2024

Prazo para pagar 1ª parcela do abono do frentistas do RJ termina amanhã (5)

Três indicadores
Artigos 4 JUL 2024

Três indicadores

Força participa da comemoração dos 248 anos da independência dos EUA
Força 3 JUL 2024

Força participa da comemoração dos 248 anos da independência dos EUA

Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco recebe VII SICED; participe!
Força 3 JUL 2024

Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco recebe VII SICED; participe!

Sindnapi inclui os idosos no debate sobre População e Desenvolvimento da AL e Caribe na Colômbia
Força 3 JUL 2024

Sindnapi inclui os idosos no debate sobre População e Desenvolvimento da AL e Caribe na Colômbia

Dieese realiza seminário sobre negociação coletiva dia 11 de julho
Força 3 JUL 2024

Dieese realiza seminário sobre negociação coletiva dia 11 de julho

Conscientização da saúde ocular em postos de combustíveis do RJ
Força 3 JUL 2024

Conscientização da saúde ocular em postos de combustíveis do RJ

Metal Mulheres da CNTM será no dia 27 de julho
Mulher 3 JUL 2024

Metal Mulheres da CNTM será no dia 27 de julho

Sindicato negocia e PLR na Mahle chega a R$ 4.150,00
Força 2 JUL 2024

Sindicato negocia e PLR na Mahle chega a R$ 4.150,00

Diretoria dos Químicos e Etanol de São José do Rio Preto toma posse
Força 2 JUL 2024

Diretoria dos Químicos e Etanol de São José do Rio Preto toma posse

Aguarde! Carregando mais artigos...