Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário Na manhã desta terça-feira (16) dezenas de lideranças sindicais fizeram uma panfletagem para iniciar a divulgação da celebração do Dia do Trabalhador – 1º de Maio Unificado das Centrais Sindicais foi realizado, no Largo da Concórdia (Estação de Trem do Brás), em São Paulo SP. O evento, este ano, será realizado no Estacionamento da NeoQuímica Arena (Itaquerão – estádio do Corinthians), na Zona Leste da capital paulista, a partir das 10 horas. O 1º de Maio Unitário é organizado pelas centrais sindicais:

  • Central Única dos Trabalhadores (CUT);
  • Força Sindical;
  • União Geral dos Trabalhadores (UGT);
  • Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST);
  • Central de Sindicatos do Brasil (CSB);
  • Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e
  • Pública – Central do Servidor
Este ano, o lema do 1º de Maio Unificado será “Por um Brasil mais Justo” e vai destacar emprego decente; correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público.

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Força

Santo André (SP): Sindicalista Philadelpho Braz morre aos 83 anos

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Força

Santo André (SP): Sindicalista Philadelpho Braz morre aos 83 anos

Foto: ArquivoMilitante do Partido Comunista e ex-sindicalista, Philadelpho Braz, morreu na manhã desta terça-feira(dia 17), aos 83 anos, decorrente de problema de saúde. O velório será realizado no Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá, na rua Gertrudes de Lima, 202, Centro Santo André, a partir das 18 horas.
Philadelpho chegou em Santo André no ano de 1939, onde constitui família e participou com intensidade da vida da cidade. Foi secretário geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá; membro do Conselho Municipal da Previdência Social – INSS – Santo André; entre outros movimentos.

Depois que se aposentou, Philadelpho Braz dedicava parte de seu tempo à transmissão de seus conhecimentos a pesquisadores, estudantes memorialistas e interessados na experiência trabalhista e sindical.

Confira o relato da história de Philadelpho Braz:

Philadelpho Braz morreu aos 83 anos de idade. Destes, 64 anos foram vividos em Santo André, onde cresceu, se tornou cidadão, constituiu família e participou com intensidade da vida da cidade, constituiu família e participou com intensidade da vida da cidade. Desde a sua chegada, em julho de 1939, a família buscou adaptar-se ao cotidiano de uma cidade fabril, muito diferente do universo de Sales Oliveira, distante 450 km da capital. Philadelpho Braz, com menos de 14 anos, trabalhou durante cerca de um ano em casas de família abastadas de Santo André, onde realizava vários serviços. No dia 22 de Setembro de 1940, com 14 anos, Philadelpho Braz começou a trabalhar na Avenida Industrial, em Santo André. Eram tempos difíceis de guerra e de grande agitação política. Antes de completar 19 anos, Philadelpho Braz ingressou no Sindicato dos Metalúrgico de Santo André que já era, naquele momento, uma refência na cidade por suas campanhas em prol dos trabalhadores. Na fábrica Fichet convivia com muitos trabalhadores. De várias etnias, e estes se articulavam em defesa de melhores condições de trabalho e de salários. Os conflitos eram intensos e, não raramente, havia intervenção policial. Em meados da década de 1940, qualquer movimentação de trabalhadores era vista como "agita comunista". Em 1946, quando o Congresso Nacional discutia a Constituinte, a área sindical sofreu um duro golpe: os sindicatos mais combativos, inclusive o Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, sofreram intervenção. Esta perdurou por nove anos. Mas, mesmo na clandestinidade, as atividades sindicais continuaram. Philadelpho Braz participava de reuniões clandestinas com lideranças do Partido Comunista e na fábrica continuava com sua tarefa de orientar os trabalhadores sobre seus direitos, baseados na CLT – Consolidação das Leis do Trabalho. Em 1952 foi convidado a integrar uma chapa para as eleições no Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André. Embora ainda sob o comando dos interventores nomeados em 1946, havia uma orientação política para "afrouxar" um poço a situação, pois o presidente Getúlio Vargas Havia sido eleito um 1951 com forte apoio dos operários. Nessa época Philadelpho Braz iniciou sua vida sindical e política. O suicídio de Getúlio Vargas em 1954, manteve uma grande pressão sobre o Sindicato. Esta apenas se desanuviou com a eleição de Juscelino Kubitschek em 1955 quando as lideranças sindicais que viviam na clandestinidade participaram novamente do movimento operário. Em julho de 1956 voltaram a comandar o Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André. Na nova gestão, Philadelpho Braz exerceu o cargo de secretário geral. Ocupouse até 1964, quando foi deposto pelo golpe militar. Após a turbulência política dos primeiros meses, retornou ao trabalho por mais 5 anos. Hoje muitas conquistas sociais consagradas aos trabalhadores têm suas raízes fincadas naquela época. Desde então, continuou militando sempre, embora sob constante vigilância da polícia política que muitas vezes ia buscá-lo na fábrica para averiguações. Em 1967 foi incentivado por companheiros metalúrgicos a participar de nova eleição. Concorreu e foi eleito novamente para o cargo de secretário geral. No entanto, agentes da ditadura militar impediram sua posse. Aposentou-se em 1971, mas não se afastou totalmente do Sindicato e dos interesses operários. Ocupou cargos do diretor da Associação dos Metalúrgicos Aposentados de 1982 a 1985 e de 1991 a 1996, finalizando aí sua atuação sindical. Além de seu papel junto ao movimento operário, sempre esteve envolvido em ações sociais que visaram a melhoria da qualidade de vida da cidade.

Seguem algumas de suas ações:

  • Foi conselheiro fiscal do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, de 1952 a 1954;
  • Foi secretário da Sociedade Amigos do bairro de Vila Guiomar de 1962 a 1965, de onde foi afastado por pressão da polícia política;
  • Foi membro do Conselho Municipal da Previdência Social – INSS – Santo André de 1995 a 1997;
  • Participou como palestrante ou ouvinte dos Congressos de História do Grande ABC;
  • Foi organizador da coleção "A Cultura e os Trabalhadores", tendo sido lançados três livros pelo Fundo de Cultura da Prefeitura de Santo André, em 1999.
  • Foi membro do Grupo Independente dos Pesquisadores da Memória – GIPEM
  • Foi conselheiro do COMDEPHAAPASA – Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico – Urbanístico e Paisagístico de Santo André, desde 1992;
  • Dedicava parte de seu tempo à transmissão de seus conhecimentos a pesquisadores, estudantes memorialistas e interessados na experiência trabalhista e sindical. O resultado desta atuação é citada em várias publicações, tanto nacionais como internacionais.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Últimas de Força

Todas de Força
86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre
Força 19 ABR 2024

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre

Vídeos 19 ABR 2024

Presidente da Força intensifica luta para fortalecer movimento sindical

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional
Força 19 ABR 2024

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC
Força 19 ABR 2024

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos
Força 19 ABR 2024

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor
Força 19 ABR 2024

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem
Força 19 ABR 2024

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%
Força 18 ABR 2024

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Servidores públicos debatem financiamento sindical
Força 18 ABR 2024

Servidores públicos debatem financiamento sindical

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)
Força 18 ABR 2024

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho
Força 18 ABR 2024

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva
Força 18 ABR 2024

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024
Saúde e Segurança 18 ABR 2024

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais
Força 18 ABR 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília
Força 18 ABR 2024

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal
Força 17 ABR 2024

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico
Força 17 ABR 2024

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU
Força 17 ABR 2024

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza
Força 17 ABR 2024

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM
Força 17 ABR 2024

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate
Força 16 ABR 2024

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical
Força 16 ABR 2024

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação
Força 16 ABR 2024

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário
Imagem do dia 16 ABR 2024

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)
Força 16 ABR 2024

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical
Força 16 ABR 2024

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 16 ABR 2024

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China

Aguarde! Carregando mais artigos...