Os metalúrgicos da base de Votuporanga definem, entre os dias 1 e 2 de fevereiro, a nova diretoria do Sindicato para os próximos 5 anos.
A base é constituída por 3 mil trabalhadores das cidades de Votuporanga, Alvarez Florence, Américo de Campos, Cardoso, Cosmorama, Nhandeara, Parisi, Pontes Gestal e Valentim Gentil.

Os trabalhadores podem votar por meio de urnas itinerantes, que percorrerão as empresas e também na sede do Sindicato (Rua Acre, 3776, Votuporanga-SP). Para Edison Venâncio, secretário-geral da Federação e coordenador da eleição, "é importante que todo trabalhador participe das decisões do seu Sindicato".

De acordo com Airton Nascimento, que encabeça a Chapa 1, “a família metalúrgica de Votuporanga tem um papel importante na cidade assegurando os direitos dos trabalhadores e também influenciando a economia”.

Os metalúrgicos da base de Votuporanga definem, entre os dias 1 e 2 de fevereiro, a nova diretoria do Sindicato para os próximos 5 anos.
A base é constituída por 3 mil trabalhadores das cidades de Votuporanga, Alvarez Florence, Américo de Campos, Cardoso, Cosmorama, Nhandeara, Parisi, Pontes Gestal e Valentim Gentil.

Os trabalhadores podem votar por meio de urnas itinerantes, que percorrerão as empresas e também na sede do Sindicato (Rua Acre, 3776, Votuporanga-SP). Para Edison Venâncio, secretário-geral da Federação e coordenador da eleição, "é importante que todo trabalhador participe das decisões do seu Sindicato".

De acordo com Airton Nascimento, que encabeça a Chapa 1, “a família metalúrgica de Votuporanga tem um papel importante na cidade assegurando os direitos dos trabalhadores e também influenciando a economia”.