Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
14 JUN 2024

Imagem do dia

Secretário-geral da Força participa de homenagem aos 24 anos do Sindnapi Sindnapi completa 24 anos e comemora com sessão solene para homenagear fundadores e líderes políticos e sindicais Secretário-geral da Força participa de homenagem aos 24 anos do Sindnapi

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Imprensa

Domésticas: Informalidade aumentou após pandemia

segunda-feira, 29 de abril de 2024

Imprensa

Domésticas: Informalidade aumentou após pandemia

Descubra os desafios e a realidade das trabalhadoras domésticas no Brasil. Conheça a história de Clemilda Alves e entenda as dificuldades

Domésticas tem aumento de informalidade/Foto: Carol Melo/Fenatrad

Domésticas tem aumento de informalidade/Foto: Carol Melo/Fenatrad

Depois que engravidou, em 2018, a empregada doméstica piauiense Clemilda Alves chegou a temer o futuro.

Ela trabalhava em uma residência na região administrativa do Guará, no Distrito Federal, e ficou trabalhando nos nove meses de gestação.

Ao voltar da licença maternidade, resolveu se dedicar à filha. Mas como mãe solo, precisava voltar a trabalhar o quanto antes. Durante a pandemia, trabalhou como diarista.

Hoje, aos 47 anos, ela trabalha em outra residência com carteira assinada e os direitos garantidos. Mas a história dela é uma raridade.

“Converso com muitas colegas que não tiveram a mesma sorte. Eu gosto muito do meu trabalho”, disse.

De acordo com o presidente do Instituto Doméstica Legal, Mário Avelino, esse tipo de emprego foi, de fato, o “mais afetado” pela pandemia da covid-19.

“Hoje, o número de trabalhadores informais, de empregados domésticos informais, aumentou. Até 2019, a formalidade do emprego doméstico estava em 27,5%. Hoje, está em 23,5%”, lamentou.

Neste sábado (27), é Dia Nacional das Trabalhadoras Domésticas, uma data que deveria motivar mais reflexões e luta, conforme avalia a entidade.

Avelino destaca que, de acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do (Pnad), do IBGE, no último trimestre de 2023, foram contabilizados 6,3 milhões de trabalhadores domésticos.

“Destes, 1,4 milhão têm carteira assinada. É importante destacar que desses mais de seis milhões, metade são diaristas”.

Diaristas não têm carteira assinada.

“Se ela trabalhar até dois dias na semana, quem a contrata não está na ilegal. Metade dos seis milhões deveriam ter carteira assinada e somente 25% têm e a outra metade é diarista”, afirma.

Estímulos

Para aumentar a formalidade do emprego doméstico, o presidente do instituto defende que é necessário criar estímulos tanto para o empregado como para o empregador.

“A PEC das domésticas igualou os direitos. Só que, nesse momento, a doméstica ainda não tem um direito básico, que é o abono do PIS”.

Ele alerta que todo trabalhador que, no ano anterior, recebeu até dois salários mínimos de rendimento passa a ter direito, no aniversário dele, a um salário mínimo de abono.

Para haver receita, o projeto de lei do abono do PIS, sugerido pelo Instituto Doméstica Legal, cria a contribuição do empregador doméstico. A proposta é que aumente em 0,65% sobre o salário pago.

“A gente busca na Câmara dos Deputados, para que, ainda neste ano, essa pauta seja aprovada e sancionada. Temos a certeza de que, com isso, irá aumentar o interesse pela formalidade”. Avelino aponta que mais de 90% das pessoas em emprego doméstico são mulheres e há trabalhadoras que optam por não ter a carteira assinada para não perder o benefício do Bolsa Família. Mas isso gera insegurança na empregada e no patrão, que pode ter problemas judiciais no futuro. Na avaliação do instituto, desde a pandemia, a categoria ainda falta recuperar 350 mil postos para igualar os números antes da crise.

Pesquisa

Para entender mais sobre o perfil das empregadas domésticas no Brasil, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) vai iniciar um levantamento sobre o tema. Um ponto de partida é que dois terços são negras e cerca de 10% têm mais de 60 anos. Mesmo com a lei da empregada doméstica, aprovada em 2015, ainda não foi o suficiente para garantir os direitos desses trabalhadores.‌

De acordo com o IBGE, as trabalhadoras domésticas enfrentam altas taxas de precarização: 64,8% não contribuem para a Seguridade Social e 54,2% ganham menos de um salário mínimo. O questionário do Ipea pode ser preenchido pelos profissionais até 13 de junho e acessado por um link específico.

Fiscalização

A respeito dos direitos das empregadas domésticas, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) reconhece que a atividade foi uma das mais prejudicadas pela pandemia e aponta que a Coordenação Nacional de Fiscalização do Trabalho Doméstico e de Cuidados (Conadom), subordinada ao MTE, foi criada para realizar ações de fiscalização a fim de apurar eventuais violações em residências, condomínios e clubes, “com vistas a verificar o fiel cumprimento dos direitos trabalhistas da categoria”.

Fonte: Agência Brasil

Leia também: Fortalecimento das negociações coletivas ajuda a diminuir judicialização

Últimas de Imprensa

Todas de Imprensa
SAEMAC Paraná filia-se à Força Sindical
Força 21 JUN 2024

SAEMAC Paraná filia-se à Força Sindical

SINPOSPETRO-RJ iniciou negociação salarial dos frentistas do RJ
Força 21 JUN 2024

SINPOSPETRO-RJ iniciou negociação salarial dos frentistas do RJ

Comissão da Câmara dos Deputados discute PEC do Trabalho infantil
Imprensa 20 JUN 2024

Comissão da Câmara dos Deputados discute PEC do Trabalho infantil

Troféu Jose Martinez será entregue no Dia da Luta Operária
Força 20 JUN 2024

Troféu Jose Martinez será entregue no Dia da Luta Operária

Metalúrgicos de Guarulhos negociam e mais 400 recebem PLR
Força 20 JUN 2024

Metalúrgicos de Guarulhos negociam e mais 400 recebem PLR

Socióloga Adriana Marcolino assume diretoria técnica do Dieese
Imprensa 20 JUN 2024

Socióloga Adriana Marcolino assume diretoria técnica do Dieese

Dia Nacional dos Químicos é celebrado na Câmara dos Deputados
Força 20 JUN 2024

Dia Nacional dos Químicos é celebrado na Câmara dos Deputados

SINPOSPETRO-RJ reduz irregularidades em postos no interior do RJ
Força 20 JUN 2024

SINPOSPETRO-RJ reduz irregularidades em postos no interior do RJ

Banco Central joga contra o Brasil!
Força 20 JUN 2024

Banco Central joga contra o Brasil!

Nota – Decisão desastrosa do Copom inibe crescimento do País
Força 19 JUN 2024

Nota – Decisão desastrosa do Copom inibe crescimento do País

IndustriALL promove debate sobre redes sindicais e multinacionais
Força 19 JUN 2024

IndustriALL promove debate sobre redes sindicais e multinacionais

Sindicalistas debatem fortalecimento das negociações coletivas
Força 19 JUN 2024

Sindicalistas debatem fortalecimento das negociações coletivas

Mulheres das centrais repudiam PL do aborto
Força 19 JUN 2024

Mulheres das centrais repudiam PL do aborto

Metalúrgicos da Renault/Horse aprovam acordo salarial com R$ 25 mil de PLR
Força 19 JUN 2024

Metalúrgicos da Renault/Horse aprovam acordo salarial com R$ 25 mil de PLR

A luta faz a lei: Metalúrgicos da Renault Curitiba garante acordo salarial com R$ 25 mil de PLR
Força 19 JUN 2024

A luta faz a lei: Metalúrgicos da Renault Curitiba garante acordo salarial com R$ 25 mil de PLR

Dilemas da aposentadoria
Artigos 19 JUN 2024

Dilemas da aposentadoria

Mobilização dos Metalúrgicos da Brafer garante PLR de R$ 12 mil
Força 19 JUN 2024

Mobilização dos Metalúrgicos da Brafer garante PLR de R$ 12 mil

Centrais sindicais e OIT debatem impactos da calamidade no RS
Força 19 JUN 2024

Centrais sindicais e OIT debatem impactos da calamidade no RS

Auxílio-doença deve ser solicitado durante tratamento
Força 19 JUN 2024

Auxílio-doença deve ser solicitado durante tratamento

Por Juros baixos para o desenvolvimento com justiça social
Força 18 JUN 2024

Por Juros baixos para o desenvolvimento com justiça social

Centrais sindicais exigem redução dos juros em ato unitário
Força 18 JUN 2024

Centrais sindicais exigem redução dos juros em ato unitário

Vídeos 18 JUN 2024

Taxa de juros precisa cair para país gerar empregos!

Negociação salarial dos frentistas do RJ começa na quinta(20)
Força 18 JUN 2024

Negociação salarial dos frentistas do RJ começa na quinta(20)

Sindnapi 24 anos: homenagem e Carta de Lula marcam celebração
Força 17 JUN 2024

Sindnapi 24 anos: homenagem e Carta de Lula marcam celebração

Guilherme Boulos abre Ciclo Nacional de Debates do Sindnapi
Força 17 JUN 2024

Guilherme Boulos abre Ciclo Nacional de Debates do Sindnapi

Servidores intensificam debate sobre contribuição assistencial
Força 17 JUN 2024

Servidores intensificam debate sobre contribuição assistencial

Projeto da Fetercesp recebe Prêmio Sindimais 2024
Força 17 JUN 2024

Projeto da Fetercesp recebe Prêmio Sindimais 2024

Sindnapi realiza ações no “Mês de Conscientização da Violência Contra os Idosos”
Força 17 JUN 2024

Sindnapi realiza ações no “Mês de Conscientização da Violência Contra os Idosos”

Centrais Sindicais farão ato contra juros altos nesta terça (18)
Força 17 JUN 2024

Centrais Sindicais farão ato contra juros altos nesta terça (18)

Fenepospetro abre colônia de férias para a categoria do Rio
Força 14 JUN 2024

Fenepospetro abre colônia de férias para a categoria do Rio

Aguarde! Carregando mais artigos...