Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Juventude

Diário do Nordeste: Fortaleza lidera taxa de ocupação jovem no NE

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Juventude

Diário do Nordeste: Fortaleza lidera taxa de ocupação jovem no NE

Avanços em educação, emprego e renda elevam confiança do jovem brasileiro, que se revela o mais otimista do mundo

Embora não seja uma das capitais mais jovens do País, Fortaleza registra alguns avanços em relação à educação e, principalmente, trabalho. É Capital nordestina com maior índice de ocupação (63,15%) no mercado, considerando a população de 22 a 29 anos. No País, a posição de Fortaleza neste ranking é a 14ª. O desemprego nessa faixa etária(13,98%) é o menor verificado na região Nordeste. As constatações fazem parte da pesquisa do Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getúlio Vargas), divulgada ontem.

Outra revelação do estudo sobre o Mercado de Trabalho dos Jovens no Brasil é que o índice trabalhista entre a população de 15 a 29 anos de Fortaleza é 0,17. Isso coloca a Capital cearense na 13ª posição, entre as 27 capitais pesquisadas, e na quarta posição regional, atrás de Natal (RN), Recife (PE) e Aracaju (SE). O ranking é liderado por Vitória (ES), com um índice de 0,47. Esse dado é um dos que compõem o Ijet (Índice de Juventude, Educação e Trabalho), um dos três eixos das decomposições trabalhistas analisados na pesquisa.

Conforme o estudo, trata-se de ´uma espécie de metodologia Lego — o brinquedo de montar — explicando os pedaços das mudanças de renda do jovem brasileiro´. Segundo microdados do Censo, do IBGE, a Capital cearense não é uma das cidades mais jovens do País: ocupa o 17º lugar entre as 27 pesquisadas em proporção de jovens, cerca de 29,72%. A liderança é de Palmas (TO), onde as pessoas de 15 a 29 anos de idade representam 34,91% da população. Apenas Natal (TO) e Recife (PE) ficam atrás de Fortaleza em proporção de jovens, se considerada a região Nordeste, com 29,41% e 28,87%, respectivamente.

Jovem é confiante

São essas melhorias nos níveis gerais de educação, emprego e renda que elevaram a confiança do jovem brasileiro, explica Marcelo Neri, economista-chefe do Centro de Políticas Sociais do Ibre. O ponto de partida é o Índice de Felicidade Futura, calculado a partir de uma pesquisa realizada pelo Instituto Gallup, com 150 mil entrevistados em 132 países. Resultado: em uma escala de 0 a 10, os brasileiros com idade entre 15 e 29 anos deram nota 9,29 em relação à esperança de felicidade em cinco anos. Ou seja, não há no mundo inteiro, jovem mais otimista do que o brasileiro. ´Não é resultado apenas de um componente cultural, mas também de fatores reais´, diz Neri. Ele cita os investimentos em educação e melhorias nos níveis de emprego e renda. Em 15 anos, a média educacional de jovens com até 21 anos anos subiu 3,1 anos. Entre 2004 e 2008, o salário médio da população de 15 a 29 anos aumentou, em média, 10,5% por ano.

Passaporte

´O importante é mostrar a influência da educação no trabalho jovem´. ´A educação está rendendo mais no mercado de trabalho, servindo como passaporte para a carteira assinada. Após um período de estagnação entre 1992 e 2003, a renda aumentou 22,9% nos três anos seguintes. Em 2007, dos 1,6 milhão de empregos gerados no País, 93% foram ocupados por jovens´, diz.

EMPREGABILIDADE JUVENIL
Capital possui 4º melhor índice do NE

De cada cem jovens de Fortaleza, 3,59 conseguiram emprego com carteira assinada nos últimos quatro anos. É o 14º melhor índice do País e o quarto entre os estados do Nordeste. O maior índice de empregabilidade jovem foi verificado em Vitória (ES), onde 11,20% da população nessa faixa etária se empregou entre os anos de 2004 e 2008.

A renda dos jovens também melhorou no Ceará: passou da faixa de R$ 150 a R$ 250, em 1992, para R$ 250 a R$ 350, em 2006. Mas ainda é baixa, como todo o Nordeste, em relação a estados do Sul e Sudeste, onde a renda, com exceção de Minas Gerais e Santa Catarina, é de R$ 450 a R$ 533.

Na população entre 15 e 29 anos, a renda de todas as fontes chega, em média, a R$ 186,79 (de acordo com dados de 2006), bem abaixo da média nacional, de R$ 324,74. Se considerada apenas a Região Metropolitana de Fortaleza, é maior: R$ 241,99. O Índice de Desenvolvimento Educacional também é baixo, mostrando, segundo Marcelo Neri, a estreita relação entre anos de estudo e rendimentos.

Embora tenha passado de 0,44 para 0,56, de 2005 para 2007 (uma variação de 26,92%, a 12ª maior), é o sétimo mais baixo do País. ´É baixo, acompanha os demais [estados] do Nordeste, mas tem melhorado´, diz Neri. Apenas São Luís (MA) e João Pessoa (PB) aparecem melhor posicionadas que Fortaleza.

Dos jovens entre 15 e 29 anos, 42,48% freqüentam a escola na capital cearense (17ª do levantamento). Os anos de estudo chegam a 7,82 — 20ª da lista, com 1,64 ano a menos do que a líder, Santa Catarina.

REVELAÇÕES – SITUAÇÃO DO EMPREGO JOVEM

13ª é a posição da Capital cearense entre as 27 capitais pesquisadas pela FGV
4ª é o lugar de Fortaleza no ranking nordestino do emprego jovem
0,17 é o índice trabalhista entre a população de 15 a 29 anos em Fortaleza
9,29 é o índice de otimismo do jovem brasileiro na escala de 0 a 10
93% dos empregos gerados em 2007, dentre 1,6 milhão, foram ocupados por jovens

Fonte: redação

Últimas de Juventude

Todas de Juventude
Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate
Força 16 ABR 2024

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical
Força 16 ABR 2024

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação
Força 16 ABR 2024

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário
Imagem do dia 16 ABR 2024

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)
Força 16 ABR 2024

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical
Força 16 ABR 2024

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 16 ABR 2024

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China

Medicamentos a prefeitura tem, mas não farmacêuticos suficientes
Força 16 ABR 2024

Medicamentos a prefeitura tem, mas não farmacêuticos suficientes

Reunião de sindicalistas chineses e da Força Sindical
Força 15 ABR 2024

Reunião de sindicalistas chineses e da Força Sindical

1º de Maio Unitário: presidentes das centrais falam à imprensa
Força 15 ABR 2024

1º de Maio Unitário: presidentes das centrais falam à imprensa

Sindnapi apoia mudanças no desconto de mensalidade associativa de aposentados
Força 15 ABR 2024

Sindnapi apoia mudanças no desconto de mensalidade associativa de aposentados

Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 15 ABR 2024

Intercâmbio Sindical Brasil e China

Centrais iniciam panfletagem do 1º de Maio Unitário nesta terça (16)
Força 15 ABR 2024

Centrais iniciam panfletagem do 1º de Maio Unitário nesta terça (16)

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão
Artigos 15 ABR 2024

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão

Diretoria do Sindicato dos Rodorivários SP toma posse
Força 12 ABR 2024

Diretoria do Sindicato dos Rodorivários SP toma posse

Rescisão de trabalhador com estabilidade só pode ser validada no sindicato
Força 12 ABR 2024

Rescisão de trabalhador com estabilidade só pode ser validada no sindicato

Mínimo RS: Centrais repudiam reajuste de apenas 2,2% proposto por entidades patronais
Força 12 ABR 2024

Mínimo RS: Centrais repudiam reajuste de apenas 2,2% proposto por entidades patronais

Força Sindical filia-se ao DIESAT
Força 12 ABR 2024

Força Sindical filia-se ao DIESAT

Presidentes das centrais farão coletiva, segunda (15), sobre 1º de Maio Unificado
Força 12 ABR 2024

Presidentes das centrais farão coletiva, segunda (15), sobre 1º de Maio Unificado

Presidente da Força participa de Seminário promovido pela FETRAMICO
Força 11 ABR 2024

Presidente da Força participa de Seminário promovido pela FETRAMICO

SMC realiza atividade sobre aplicação da Lei de Igualdade Salarial
Força 11 ABR 2024

SMC realiza atividade sobre aplicação da Lei de Igualdade Salarial

Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora
Imagem do dia 11 ABR 2024

Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

O esquenta do 1º de Maio
Artigos 11 ABR 2024

O esquenta do 1º de Maio

SINPOSPETRO-RJ rejeita proposta patronal e luta pela equiparação salarial no Rio
Força 11 ABR 2024

SINPOSPETRO-RJ rejeita proposta patronal e luta pela equiparação salarial no Rio

Negociação salarial dos frentistas do Rio será retomada hoje (10)
Força 10 ABR 2024

Negociação salarial dos frentistas do Rio será retomada hoje (10)

Sindicatos indianos lutam pelos direitos dos trabalhadores
Imprensa 10 ABR 2024

Sindicatos indianos lutam pelos direitos dos trabalhadores

Vídeos 10 ABR 2024

Resumo das atividades de terça-feira em Brasília; confira!

Aguarde! Carregando mais artigos...