Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
11 ABR 2024

Imagem do dia

[caption id="attachment_60940" align="aligncenter" width="700"]Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora Foto: Jaélcio Santana[/caption]

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Relações Internacionais

Miguel Torres defende o fortalecimento da unidade e protagonismo dos trabalhadores no Brics

terça-feira, 26 de setembro de 2023

Relações Internacionais

Miguel Torres defende o fortalecimento da unidade e protagonismo dos trabalhadores no Brics

Presidente da Força Sindical, Miguel Torres, participa do BricsCrédito: Arquivo
Nesta terça-feira (26), o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, fez um importante discurso na abertura do primeiro dia de debate do 12º Fórum Sindical dos BRICS, na cidade de Durban, África do Sul.
 
Com o lema: “Cooperação para um Desenvolvimento Justo e Inclusivo para todos os Povos do Mundo, Promovendo a Justiça Social, a Paz e a Dignidade".
 
No seu discurso, o presidente Miguel Torres, fez uma esplanação sobre o contexto e cojuntura no Brasil, e a nível internacional, destacando a importância do fortalecimento da unidade e protagonismo dos trabalhadores para o enfrentamento das desigualdades sociais e os desafios do mundo do trabalho.
 
“É muito importante trabalhar juntos na construção da Cualizão pela justiça social, o fortalecimento da organização sindical e s negociação coletiva, e combate à pobreza e desigualdades” disse, Presidente Miguel.
 
Confira a seguir a íntegra do discurso
 
12 FÓRUM SINDICAL DO BRICS, 26 E 27 DE SETEMBRO DE 2023, DURBAN, AFRICA DO SUL
 
Gostaria de cumprimentar e agradecer aos companheiros e irmãos anfitriões da África do Sul, COSATO, FEDUSA, NACTU e SAFTU, pela convocatória e organização do 12 Fórum Sindical dos BRICS aqui na África do Sul.
 
Saudamos todos os amigos, companheiros e companheiras das delegações do Brasil, Rússia, Índia e China, presentes neste importante encontro da classe trabalhadora dos países dos BRICS. Igualmente gostaria de saudar todas as autoridades e convidados neste importante evento internacional.
 
Companheiros e companheiras, é com muita satisfação, compromisso e esperança que estamos aqui participando presencialmente deste 12 Fórum Sindical do BRICS, depois de uns dos períodos mais difíceis da humanidade que tanto sofreu com a crise humanitária da Pandemia de COVID 19, e que no caso do Brasil juntou-se ao um dos períodos mais obscuros e perigosos da historia politica, econômica , social e democrática  do nosso pais.
 
O desastroso desgoverno do Bolsonaro, aprofundo as desigualdades sociais, atacou frontalmente a organização sindical, os direitos dos trabalhadores, fragilizou as instituições e feriu de morte a nossa democracia, cuja investida final foi a tentativa de golpe deflagrada no 8 de janeiro de 2023, com ataques violentos contra a Sedes dos três poderes em Brasilia.
 
Afortunadamente, esse período trágico da nossa historia politica foi interrompido a traves do processo eleitoral de 2023, que elegeu de forma contundente, legitima, transparente o nosso companheiro LULA presidente da Republica, devolvendo aos trabalhadores e ao povo brasileiro sinais de estabilidade politica, econômica e social, e a esperança de dias melhores para todos e todas.
 
A interrupção desse período triste da nossa historia só foi possível graças ao trabalho e compromisso das Centrais Sindicais brasileiras que não tem medido esforços na resistência e trabalho conjunto na unidade de ação para o  fortalecimento da luta dos trabalhadores e o fortalecimento da democracia.
 
Gostaria de destacar o importante papel e contribuição da Força Sindical na luta e na construção da frente ampla que elegeu LULA presidente da Republica em 2022, e continuamos comprometidos e empenhados conjuntamente com as demais centrais sindicais no trabalho e ações sindicais para a superação da herança maldita do Governo anterior.
 
O movimento sindical foi duramente afetado pelas politicas antissindicais do Governo anterior, e seus impactos continuam afetando as ações dos sindicatos, principalmente no que diz respeito ao sistema de financiamento das entidades sindicais, Nesse sentido, as Centrais apresentaram um projeto de lei de fortalecimento da negociação coletiva e atualização sindical, o qual deverá ser debatido no Congresso Nacional, e será uma das prioridades do trabalho e das ações das centrais sindicais  para buscar garantir sua aprovação, apesar de termos um parlamento pouco simpático as causas dos trabalhadores e dos sindicatos.
 
Em geral, estes primeiros meses de inicio do Governo LULA tem sido positivo para os trabalhadores e a maioria da população. O dialogo social e a implementação de algumas politicas publicas e projetos sociais, entre os quais podemos citar, a politica de valorização e aumento do salario mínimo, igualdade salarial entre homens e mulheres, o bolsa família, o Plano de Aceleração  do Crescimento – PAC, combate a pobreza e a desigualdade social, grupo de trabalho para regulamentar a convenção 101,151 da OIT, e defendemos o marco regulatório dos trabalhadores do serviço publico (Proposta do companheiro, João domingos), e o Brasil de volta ao cenário e protagonismo internacional. O presidente LULA tem contato com o apoio e contribuição da Força Sindical e demais Centrais sindicais brasileiras.
 
Companheiros e companheiras, os temas da pauta deste 12 Fórum Sindical dos BRICS, são muito importantes, oportuno e fundamentais para os trabalhadores, trabalhadoras e a população de todos os países, principalmente no atual difícil e conturbado contexto e conjuntura global.
 
No contexto de grave crises do modelo econômico e do sistema de Governança internacional, consideramos importante e fundamental o fortalecimento do multilateralismo, o dialogo social , a negociação coletiva, os cuidados com meio ambiente, o desenvolvimento sustentável e trabalho decente para todos e todas.
 
Devemos trabalhar firme e conjuntamente na construção da Coalizão Global pela Justiça Social, proposta lançada pelo diretor geral da OIT, sr. Gilbert Houngbo, na 111 Conferencia Internacional do Trabalho 2023, contou com apoio dos trabalhadores, dos empregadores e dos Governos, e busca enfrentar os desafios que atualmente afetam ao mundo do trabalho, e o combate as graves desigualdades sociais na maioria dos países do mundo.
 
Nesse sentido, como sindicalismo brasileiro, Destacamos o importante encontro que tivemos com o Presidente da China, companheiro, Xi Jinping, e os lideres da Federação Nacional dos sindicatos da China, ACFTU, companheiros, Wang Dongming, vice presidente, e Xu Liuping, Primeiro Secretario, por ocasião da visita oficial do presidente LULA a china em abril de 2023. 
 
Igualmente registramos a nossa participação conjunta das centrais sindicais brasileira na abertura da 78 assembleia geral das Nações Unidas em nova York, na qual participamos como convidados na delegação oficial do presidente LULA, e mativemos encontros com o movimento sindical americano, e autoridades importantes, entre as quais o sr. Diretor Geral da OIT.
 
Entendemos que a nossa luta,  ações e experiências como essas, reforçam nosso trabalho e protagonismo na defesa dos direito dos trabalhadores, da Paz, o desenvolvimento sustentável , a justiça social, e a luta contra a pobreza, as desigualdades sociais e a discriminação no Brasil e no mundo.
 
 Por ultimo, consideramos importante a ampliação do bloco dos BRICS, e temos nossa expectativa positiva sobre a importância da integração dos povos, o intercambio, debate amplo, respeito mutuo, e compartilhamento de experiências com nossos companheiros e irmãos dos sindicatos dos BRICS, e representantes dos trabalhadores da Argentina, Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes, Etiópia e o Irã, países que farão parte dos BRICS a partir de janeiro de 2024, sejam todos muito bem vindos.
 
Um grande abraço fraterno e solidário para todos e todas. A LUTA FAZ A LEI!!!
 
Miguel Torres,
Presidente da Força Sindical

Últimas de Relações Internacionais

Todas de Relações Internacionais
Diretoria do Sindicato dos Rodorivários SP toma posse
Força 12 ABR 2024

Diretoria do Sindicato dos Rodorivários SP toma posse

Rescisão de trabalhador com estabilidade só pode ser validada no sindicato
Força 12 ABR 2024

Rescisão de trabalhador com estabilidade só pode ser validada no sindicato

Mínimo RS: Centrais repudiam reajuste de apenas 2,2% proposto por entidades patronais
Força 12 ABR 2024

Mínimo RS: Centrais repudiam reajuste de apenas 2,2% proposto por entidades patronais

Presidentes das centrais farão coletiva, segunda (15), sobre 1º de Maio Unificado
Força 12 ABR 2024

Presidentes das centrais farão coletiva, segunda (15), sobre 1º de Maio Unificado

Força Sindical filia-se ao DIESAT
Força 12 ABR 2024

Força Sindical filia-se ao DIESAT

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical
Força 12 ABR 2024

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical

Presidente da Força participa de Seminário promovido pela FETRAMICO
Força 11 ABR 2024

Presidente da Força participa de Seminário promovido pela FETRAMICO

SMC realiza atividade sobre aplicação da Lei de Igualdade Salarial
Força 11 ABR 2024

SMC realiza atividade sobre aplicação da Lei de Igualdade Salarial

Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora
Imagem do dia 11 ABR 2024

Diálogo Sindical em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

O esquenta do 1º de Maio
Artigos 11 ABR 2024

O esquenta do 1º de Maio

SINPOSPETRO-RJ rejeita proposta patronal e luta pela equiparação salarial no Rio
Força 11 ABR 2024

SINPOSPETRO-RJ rejeita proposta patronal e luta pela equiparação salarial no Rio

Negociação salarial dos frentistas do Rio será retomada hoje (10)
Força 10 ABR 2024

Negociação salarial dos frentistas do Rio será retomada hoje (10)

Sindicatos indianos lutam pelos direitos dos trabalhadores
Imprensa 10 ABR 2024

Sindicatos indianos lutam pelos direitos dos trabalhadores

Vídeos 10 ABR 2024

Resumo das atividades de terça-feira em Brasília; confira!

Centrais reúnem-se com Paim para debater projeto antissindical
Força 10 ABR 2024

Centrais reúnem-se com Paim para debater projeto antissindical

Sindicalistas se reúnem com Secretário Geral da Presidência da República
Força 9 ABR 2024

Sindicalistas se reúnem com Secretário Geral da Presidência da República

Sindnapi inaugura subsede em Campo Grande
Força 9 ABR 2024

Sindnapi inaugura subsede em Campo Grande

1º de Maio unitário das Centrais Sindicais será no Itaquerão
Força 9 ABR 2024

1º de Maio unitário das Centrais Sindicais será no Itaquerão

Sindicalistas se reúnem com ministro do TST
Força 9 ABR 2024

Sindicalistas se reúnem com ministro do TST

Mulheres da Central fazem avaliação do Março Mulher
Mulher 9 ABR 2024

Mulheres da Central fazem avaliação do Março Mulher

Abril Verde $ Abril Azul
Força 9 ABR 2024

Abril Verde $ Abril Azul

SINPOSPETRO-RJ busca novas parcerias em cursos para qualificação dos frentistas
Força 9 ABR 2024

SINPOSPETRO-RJ busca novas parcerias em cursos para qualificação dos frentistas

STF dá ganho de causa ao Sindserv contra prefeitura do Guarujá
Força 9 ABR 2024

STF dá ganho de causa ao Sindserv contra prefeitura do Guarujá

Sindicalistas levam reivindicações dos portuários ao governo
Força 9 ABR 2024

Sindicalistas levam reivindicações dos portuários ao governo

Um inovador primeiro passo
Artigos 8 ABR 2024

Um inovador primeiro passo

Nota: Apoiamos o Ministro Alexandre de Moraes contra as ameaças de Musk
Força 8 ABR 2024

Nota: Apoiamos o Ministro Alexandre de Moraes contra as ameaças de Musk

Força e Sindicato dos Metalúrgicos SP sediam encontro de Saúde do Trabalhador
Força 8 ABR 2024

Força e Sindicato dos Metalúrgicos SP sediam encontro de Saúde do Trabalhador

Seguridade Social uma questão de humanidade
Artigos 8 ABR 2024

Seguridade Social uma questão de humanidade

Agenda em Brasília: destaque para encontros com Ministros do Trabalho e da Previdência
Força 8 ABR 2024

Agenda em Brasília: destaque para encontros com Ministros do Trabalho e da Previdência

Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, esclarece a regulação de motoristas de apps
Força 6 ABR 2024

Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, esclarece a regulação de motoristas de apps

Aguarde! Carregando mais artigos...