Miguel falou nesta terça (1) sobre as medidas econômicas que serão anunciadas pelo governo, entre elas, a prorrogação do Auxilio Emergencial, de apenas R$ 300, o que na visão do sindicalista fará com que as pessoas que precisam do auxílio vão passar por sérias dificuldades. Alertou sobre o salário mínimo previsto para o orçamento de 2021, sem aumento real pelo segundo ano consecutivo. "O salário mínimo precisa ter aumento real, pois é uma importante fonte de inclusão social". CONFIRA!