Márcio Ferreira
Márcio Ferreira

Companheiros e Companheiras, como há muito tempo não se via, hoje o mundo inteiro está unindo forças para combater e aniquilar a pandemia do Novo Coronavírus.

Cada cidadão seja no Brasil, nos Estados Unidos, na América Latina, na África, na Europa, na Ásia ou na Oceania, tem dado a sua contribuição no sentido de evitar contágio e a proliferação da doença.

Da nossa parte, estamos tomando medidas para evitar a concentração de pessoas da nossa categoria em eventos institucionais, inclusive, com o fechamento por tempo indeterminado das nossas sub-sedes e o adiamento do Baile das Mulheres  em nossa Colônia.

Porém, mesmo dentro desse cenário de solidariedade, existem pessoas que não tem uma visão social dentro dessa questão que a princípio está inserida no âmbito da saúde pública e pensam apenas nos seus interesses individuais em detrimento das necessidades coletivas.

Por isso, alertamos aos nossos trabalhadores que fiquem atentos a qualquer tipo de proposta patronal que precarize os seus direitos. A nossa Convenção Coletiva garante mesmo em tempos como o que estamos vivenciando agora, o poder de compra dos nossos salários e  outros benefícios trabalhistas conquistados com o suor da nossa luta.

Portanto, estamos à disposição dos(as) companheiros(as) para o que der e vier. É só ligar na nossa Sede Central no tel.: (11) 3292-6100, que estaremos apostos para atendê-los(as).

Márcio Ferreira
Presidente do Sintrabor

                                                                                               

Companheiros e Companheiras, como há muito tempo não se via, hoje o mundo inteiro está unindo forças para combater e aniquilar a pandemia do Novo Coronavírus.

Cada cidadão seja no Brasil, nos Estados Unidos, na América Latina, na África, na Europa, na Ásia ou na Oceania, tem dado a sua contribuição no sentido de evitar contágio e a proliferação da doença.

Da nossa parte, estamos tomando medidas para evitar a concentração de pessoas da nossa categoria em eventos institucionais, inclusive, com o fechamento por tempo indeterminado das nossas sub-sedes e o adiamento do Baile das Mulheres  em nossa Colônia.

Porém, mesmo dentro desse cenário de solidariedade, existem pessoas que não tem uma visão social dentro dessa questão que a princípio está inserida no âmbito da saúde pública e pensam apenas nos seus interesses individuais em detrimento das necessidades coletivas.

Por isso, alertamos aos nossos trabalhadores que fiquem atentos a qualquer tipo de proposta patronal que precarize os seus direitos. A nossa Convenção Coletiva garante mesmo em tempos como o que estamos vivenciando agora, o poder de compra dos nossos salários e  outros benefícios trabalhistas conquistados com o suor da nossa luta.

Portanto, estamos à disposição dos(as) companheiros(as) para o que der e vier. É só ligar na nossa Sede Central no tel.: (11) 3292-6100, que estaremos apostos para atendê-los(as).

Márcio Ferreira
Presidente do Sintrabor