Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário Na manhã desta terça-feira (16) dezenas de lideranças sindicais fizeram uma panfletagem para iniciar a divulgação da celebração do Dia do Trabalhador – 1º de Maio Unificado das Centrais Sindicais foi realizado, no Largo da Concórdia (Estação de Trem do Brás), em São Paulo SP. O evento, este ano, será realizado no Estacionamento da NeoQuímica Arena (Itaquerão – estádio do Corinthians), na Zona Leste da capital paulista, a partir das 10 horas. O 1º de Maio Unitário é organizado pelas centrais sindicais:

  • Central Única dos Trabalhadores (CUT);
  • Força Sindical;
  • União Geral dos Trabalhadores (UGT);
  • Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST);
  • Central de Sindicatos do Brasil (CSB);
  • Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e
  • Pública – Central do Servidor
Este ano, o lema do 1º de Maio Unificado será “Por um Brasil mais Justo” e vai destacar emprego decente; correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público.

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Artigos

Vale tudo na nova Usiminas

terça-feira, 2 de março de 2010

Artigos

Vale tudo na nova Usiminas

Por: Luiz Carlos Miranda

Em várias ocasiões, alertamos a comunidade do Vale do Aço sobre os riscos que a região corria com a implantação do ‘novo jeito de ser’ Usiminas. Até então, ninguém havia nos levado a sério, mesmo porque os novos dirigentes da empresa adotaram a tática da pressão econômica sobre entidades e instituições, inclusive públicas, veículos e profissionais de imprensa. Vale tudo para calar a boca de qualquer pessoa que discorde dos novos administradores da Usiminas em sua sanha demolidora.

Enquanto nas mais diferentes áreas internas e externas da Usiminas e suas coligadas, profissionais sérios, competentes, dedicados e pais de família exemplares eram demitidos a rodo, chegando a haver casos de gente que foi guindado a um novo posto num mês e defenestrado no outro, por não concordar com as canalhices que passou a ver acontecer debaixo de seus narizes, pouca gente se incomodou. Afinal, na visão deles, era só mais um a menos no velho esquema, e uma vaga a mais para os ‘chegados’ da política de terra arrasada praticada pela nova direção.

 

Assédio a peso de ouro

Aí, estourou nacionalmente o escândalo do ‘especialista’ contratado a peso de ouro pela Usiminas para treinar seus executivos. Até a revista Exame publicou o caso do sujeito que responde a dezenas de processos por assédio sexual pelo país afora, mas que recebia R$4.400,00 por hora para oferecer oficinas de ‘imersão’, nada mais do que uma técnica ao estilo nazista de lavagem cerebral para enquadrar os altos escalões da empresa a este famigerado novo jeito de ser.

Há algumas semanas, fizeram um verdadeiro carnaval com a informação de que a empresa havia assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho para abolir a famigerada Lista Negra (que nunca deveria ter existido). A verdade é que tudo não passou de mais propaganda enganosa, extinguiram para criar uma listagem ainda pior e mais rigorosa.

 

Direção vaselina

Preocupado com os rumos que as coisas estavam tomando, assediada pelas denúncias que pipocam por todo lado, a nova direção da Usiminas tentou fazer uma mídia com a comunidade local. Os dirigentes passaram a dar mais as caras na cidade, passaram a dar entrevistas e escrever artigos para jornais, criaram uma série de artifícios.

Nas últimas semanas, tentaram copiar empresas que forneciam material escolar ou davam ajuda aos funcionários com filhos em idade escolar. E distribuíram a alunos do Colégio São Francisco uma mochila ordinária que não agüenta duas semanas de batalha, dois cadernos, dois lápis, duas borrachas e, em alguns casos, uma caixa de lápis de cor. Ora, se era pra copiar os outros, que o fizessem direito, e não o trabalho porco que realizaram com essa medida, o mesmo que jogar farinha no ventilador.

Num discurso em evento na passarela da Usiminas, o presidente da empresa, Marco Antônio Castello Branco, comemorou o fim da Lista Negra da Usiminas e falou de fim do preconceito e quebra da intimidade das pessoas. Deu a impressão de que ele estava falando de um outro planeta, pois toda perversidade que existiu em outros tempos acontece em dobro nesta nova Usiminas.

O espião do Mossad

Agora, arrebenta outra escabrosa denúncia contra os novos dirigentes da Usiminas. Documentos de fonte segura, e em local seguro, comprovam que a empresa contratou, pelo preço de R$50 mil, e por oito dias de trabalho ao mês, num total de R$400 mil, um especialista em espionagem, o israelense Avner Shemesh (O.L. Security – Sistemas de Segurança), para grampear telefones e espionar dirigentes sindicais, autoridades, lideranças e funcionários da empresa em diferentes locais.

Avner é o mesmo araponga que, treinado pelo Mossad (Serviço Secreto Israelense), e plantado num escritório milionário no centro de São Paulo, esteve envolvido no escândalo do Banco Oportunity, do banqueiro Daniel Dantas (Operação Chacal). Também esteve envolvido em escândalos de espionagem que abalaram autoridades do porte do ex-governador paulista Orestes Quércia, do ex-ministro petista Luis Gushiken e do jornalista da TV Record Paulo Henrique Amorim.

Seguindo o velho ditado que afirma ‘diga-me com quem andas que eu te direi quem tu és’, é no mínimo vergonhoso que a nova direção da Usiminas tenha se cercado e se servido de pessoas desse histórico podre, na sua tentativa de firmar-se no poder a qualquer preço e promover a política de passar o trator sobre quem tenha a dignidade e a coragem de combatê-los.

Como diria o filósofo: ‘Pode-se enganar a todos durante algum tempo; pode-se enganar a alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos por todo o tempo’. E agora, que os podres da nova administração e desse novo jeito de ser Usiminas começaram a vir à tona, o mais provável é que mais e mais escândalos sejam escancarados.

Então, voltamos a perguntar às lideranças e autoridades do Vale do Aço: Na hora em que essa bomba estourar, de que lado vocês vão querer estar? A direção do Sindipa já escolheu o seu lado, o lado dos trabalhadores a quem defende da selvageria capitalista, e ao lado da comunidade que ajudou a construir a história da Usiminas, e que nos últimos meses tem assistido estarrecida os novos dirigentes da empresa atirá-la no lixo.

 

Luiz Carlos de Miranda, é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga – Sindipa e Secretário de Relações Públicas da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos – CNTM

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão
Eusébio Pinto Neto

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão

O esquenta do 1º de Maio
João Guilherme Vargas Netto

O esquenta do 1º de Maio

Um inovador primeiro passo
Clemente Ganz Lúcio

Um inovador primeiro passo

Pela manutenção da Democracia e sem anistia
Milton Cavalo

Pela manutenção da Democracia e sem anistia

“Combustível do Futuro” e o futuro do trabalho
Sérgio Luiz Leite, Serginho

“Combustível do Futuro” e o futuro do trabalho

Dia Internacional da Mulher: Desafios e compromissos pela igualdade
Maria Auxiliadora

Dia Internacional da Mulher: Desafios e compromissos pela igualdade

Uma questão de gênero
Aparecida Evaristo

Uma questão de gênero

Avanços reais
João Passos

Avanços reais

Dia dos trabalhadores em edifícios
Paulo Ferrari

Dia dos trabalhadores em edifícios

Comerciário sindicalizado só tem a ganhar
Milton de Araújo

Comerciário sindicalizado só tem a ganhar

Mensagem a Marinho
Josinaldo José de Barros (Cabeça)

Mensagem a Marinho

Apagão de responsabilidade
Nilton Souza da Silva, o Neco

Apagão de responsabilidade

Viva a república
Zoel Garcia Siqueira

Viva a república

19° CONGRESSO – ‘Democracia, sindicalismo e direitos trabalhistas’
Luiz Guedes da Conceição Aparecida

19° CONGRESSO – ‘Democracia, sindicalismo e direitos trabalhistas’

A contribuição assistencial e os oportunistas de plantão
César Augusto de Mello

A contribuição assistencial e os oportunistas de plantão

SinSaúdeSP lança convocação para Campanha Salarial 2024/2025
Força 23 ABR 2024

SinSaúdeSP lança convocação para Campanha Salarial 2024/2025

Sindicalistas debatem pautas trabalhistas
Força 23 ABR 2024

Sindicalistas debatem pautas trabalhistas

Vídeos 23 ABR 2024

1º de Maio Unitário – Por um Brasil mais justo!

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre
Força 19 ABR 2024

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre

Vídeos 19 ABR 2024

Presidente da Força intensifica luta para fortalecer movimento sindical

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional
Força 19 ABR 2024

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC
Força 19 ABR 2024

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos
Força 19 ABR 2024

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor
Força 19 ABR 2024

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem
Força 19 ABR 2024

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%
Força 18 ABR 2024

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Servidores públicos debatem financiamento sindical
Força 18 ABR 2024

Servidores públicos debatem financiamento sindical

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)
Força 18 ABR 2024

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho
Força 18 ABR 2024

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva
Força 18 ABR 2024

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024
Saúde e Segurança 18 ABR 2024

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais
Força 18 ABR 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília
Força 18 ABR 2024

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal
Força 17 ABR 2024

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico
Força 17 ABR 2024

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU
Força 17 ABR 2024

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza
Força 17 ABR 2024

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM
Força 17 ABR 2024

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate
Força 16 ABR 2024

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical
Força 16 ABR 2024

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação
Força 16 ABR 2024

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário
Imagem do dia 16 ABR 2024

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Aguarde! Carregando mais artigos...