Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário Na manhã desta terça-feira (16) dezenas de lideranças sindicais fizeram uma panfletagem para iniciar a divulgação da celebração do Dia do Trabalhador – 1º de Maio Unificado das Centrais Sindicais foi realizado, no Largo da Concórdia (Estação de Trem do Brás), em São Paulo SP. O evento, este ano, será realizado no Estacionamento da NeoQuímica Arena (Itaquerão – estádio do Corinthians), na Zona Leste da capital paulista, a partir das 10 horas. O 1º de Maio Unitário é organizado pelas centrais sindicais:

  • Central Única dos Trabalhadores (CUT);
  • Força Sindical;
  • União Geral dos Trabalhadores (UGT);
  • Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST);
  • Central de Sindicatos do Brasil (CSB);
  • Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e
  • Pública – Central do Servidor
Este ano, o lema do 1º de Maio Unificado será “Por um Brasil mais Justo” e vai destacar emprego decente; correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público.

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Força

CGTB repudia qualquer pré-julgamento a Paulinho

terça-feira, 6 de maio de 2008

Força

CGTB repudia qualquer pré-julgamento a Paulinho

Confira a Nota Oficial divulgada pela Direção da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) em apoio ao presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho

A Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) vem a público manifestar solidariedade ao companheiro Paulo Pereira da Silva, presidente da Força Sindical e deputado federal.

A unidade das centrais sindicais – da qual a Força Sindical teve papel importante – possibilitou inúmeras conquistas para os trabalhadores, tais como o veto à Emenda 3, o aumento real do salário mínimo, o próprio reconhecimento das centrais e o envio para o Congresso das Convenções com 151 e 158 da OIT.

As centrais sindicais tem apoiado firmemente a política de desenvolvimento econômico implementada pelo governo federal, da mesma forma que combateram a campanha da mídia golpista que tentou interromper este processo de avanços e foi derrotada.

Tais vitórias perturbam sobremaneira os que não gostam do Brasil e os que não querem que os brasileiros conquistem uma vida digna.

Neste sentido, repudiamos qualquer pré-julgamento ao companheiro Paulinho feito com base em ilações e suposições por um sistema monopolizado de comunicação, que não leva em consideração o contraditório, e tem o claro objetivo de enfraquecer a luta dos trabalhadores
Estamos seguros que o companheiro Paulinho irá esclarecer as ilações levantadas.

Antonio Neto
Presidente da CGTB
Vice-presidente da Federação Sindical Mundial (FSM)


La CGTB repudia cualquier pré-juzgamiento a Paulinho

Lea l a Nota de prensa Oficial divulgada por la dirección de la Central General de los Trabajadores de Brasil (CGTB) en apoyo al presidente de Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho

La Central General de los Trabajadores de Brasil (CGTB) viene a público manifestar su solidaridad al compañero Paulo Pereira da Silva, presidente de Força Sindical y diputado federal.

La unidad de las centrales sindicales, en la cual Força Sindical ha tenido un papel importante posibilitó innumeras conquistas para os trabajadores, tales como el veto a la Enmienda 3, el aumento real del salario mínimo, el reconocimiento jurídico de las centrales y el envió al Congreso de las Convenciones 151 y 158 de la OIT.

Las centrales sindicales han apoyado firmemente la política de desarrollo económico implementada por el Gobierno federal, de la misma forma que combatieron la campaña de la media golpista que intento interrumpir este proceso de avances y fue derrotada.

Tales victorias incomodan sobremanera a los que no les gusta Brasil, y los que no quieren que los brasileros conquisten una vida digna.

En este sentido, repudiamos cualquier pré-juzgamiento al compañero Paulinho hecho con base en suposiciones por un sistema de comunicación monopolizado, que no lleva en consideración el contradictorio, y tiene el claro objetivo de debilitar la lucha de los trabajadores

Estamos seguros que el compañero Paulinho irá aclara las sospechas levantadas.

Antonio Neto
Presidente de la CGTB
Vice-presidente da Federación Sindical Mundial (FSM)


This is the official note announced to direction of Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (General Central of Workers of Brazil) in support to the president of Força Sindical Union Trade Power), mister Paulo Pereira da Silva.

CGTB manifests in public its solidarity to Paulo Pereira da Silva, president of Força Sindical and federal deputy.

The unit of the central of workers union trades, where Força Sindical has an important role, had accomplished several rights to the workers, such as the no to Emenda 3, the real raise to the minimum wage, the recognition to the central union trades itself and the Convention 151 and 158 of OIT sent to the Congress.

The Central Trade Unions have strongly supported the economical development implemented to federal government, in the same way that them fought against the media campaign that tried to break the process of accomplishments and has been defeated.

Such victories disturbs the ones who doesn’t like Brazil and the ones who doesn’t want that brazilian citizens get a proper life.

In this sense we regret any previous judgment to companion Paulinho based on fake suppositions in a monopolized system of communication, that don’t deal with contradiction and which has the clear goal to weak the fight of workers.

We are sure that companion Paulinho will make clear that he is innocent of all the accusations.

Antonio Neto
President of CGTB
Vice-president of Mundial Trade Union Federation (FSM)

Fonte: CGTB

Últimas de Força

Todas de Força
Mínimo RS: Centrais, governo e empresários ainda não chegaram a acordo
Força 23 ABR 2024

Mínimo RS: Centrais, governo e empresários ainda não chegaram a acordo

Metalúrgicos da Força debatem Nova Indústria Brasil
Força 23 ABR 2024

Metalúrgicos da Força debatem Nova Indústria Brasil

Delegação da Fenabor está na China para intercâmbio sindical
Relações Internacionais 23 ABR 2024

Delegação da Fenabor está na China para intercâmbio sindical

Sindicalistas conversam sobre a organização do1º de Maio
Força 23 ABR 2024

Sindicalistas conversam sobre a organização do1º de Maio

SinSaúdeSP lança convocação para Campanha Salarial 2024/2025
Força 23 ABR 2024

SinSaúdeSP lança convocação para Campanha Salarial 2024/2025

Sindicalistas debatem pautas trabalhistas
Força 23 ABR 2024

Sindicalistas debatem pautas trabalhistas

Vídeos 23 ABR 2024

1º de Maio Unitário – Por um Brasil mais justo!

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre
Força 19 ABR 2024

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre

Vídeos 19 ABR 2024

Presidente da Força intensifica luta para fortalecer movimento sindical

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional
Força 19 ABR 2024

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC
Força 19 ABR 2024

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos
Força 19 ABR 2024

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor
Força 19 ABR 2024

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem
Força 19 ABR 2024

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%
Força 18 ABR 2024

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Servidores públicos debatem financiamento sindical
Força 18 ABR 2024

Servidores públicos debatem financiamento sindical

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)
Força 18 ABR 2024

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho
Força 18 ABR 2024

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva
Força 18 ABR 2024

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024
Saúde e Segurança 18 ABR 2024

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais
Força 18 ABR 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília
Força 18 ABR 2024

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal
Força 17 ABR 2024

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico
Força 17 ABR 2024

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU
Força 17 ABR 2024

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza
Força 17 ABR 2024

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM
Força 17 ABR 2024

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Aguarde! Carregando mais artigos...