forçaCrédito: Jaélcio Santana
A direção da Força Sindical enviou um ofício as entidades filiadas (sindicatos, federações e confederações) orientando  a participarem dos atos programados para o próximo dia 3 de julho (sábado), que acontecerão em centenas de cidades do 
Brasil.
 
No documento, assinado por Miguel Torres (presidete da Força) e João Carlos, Juruna (secretário-geral da Força) eles destacam que neste momento de profunda crise sanitária (com mais de 500 mil mortes, em decorrência da Covid-19), crise econômica ( com aumento do desemprego e queda na renda) e social (crise política) no País é essencial uma união cada vez maior da classe trabalhadora, do sindicalismo, dos movimentos sociais e da sociedade em geral.
 
Em São Paulo, o ato está programado para às 15 horas no Masp (Avenida Paulista).
 
Confira a íntegra do documento
forçaCrédito: Jaélcio Santana
A direção da Força Sindical enviou um ofício as entidades filiadas (sindicatos, federações e confederações) orientando  a participarem dos atos programados para o próximo dia 3 de julho (sábado), que acontecerão em centenas de cidades do 
Brasil.
 
No documento, assinado por Miguel Torres (presidete da Força) e João Carlos, Juruna (secretário-geral da Força) eles destacam que neste momento de profunda crise sanitária (com mais de 500 mil mortes, em decorrência da Covid-19), crise econômica ( com aumento do desemprego e queda na renda) e social (crise política) no País é essencial uma união cada vez maior da classe trabalhadora, do sindicalismo, dos movimentos sociais e da sociedade em geral.
 
Em São Paulo, o ato está programado para às 15 horas no Masp (Avenida Paulista).
 
Confira a íntegra do documento