A diretoria do sindicato dos servidores municipais de Guarujá (Sindserv) iniciou, nesta segunda-feira (2), os preparativos para a campanha salarial de 2020, com data-base em abril.
Banner natal e reivindicações

Até 21 de dezembro, os associados apontarão as cláusulas econômicas e sociais que devem ser enviadas à prefeitura, para negociação, na segunda quinzena de janeiro.

Nesse período, os sindicalizados pegarão, na sede da entidade, os cupons para retirar 3.500 cestas natalinas e concorrer ao sorteio de dez televisões de 50 polegadas.

Além de pontuar as reivindicações, os trabalhadores também definirão medidas para melhorar a estrutura do sindicato, a representação nas bases, os serviços e benefícios oferecidos.

Cuidado com a legislação eleitoral
Haverá uma caixa, na secretaria de atendimento, destinada à coleta das sugestões “A participação é fundamental e não será obrigatório se identificar”, diz o presidente Zoel Garcia Siqueira.

O sindicalista quer definir a campanha salarial em curto período, concluindo as negociações no primeiro trimestre para evitar impedimentos da lei eleitoral e de responsabilidade fiscal.

A legislação obriga os prefeitos de todo o Brasil a evitarem medidas que possam ser caracterizadas como eleitoreiras, nos seis meses anteriores à eleição majoritária municipal, marcada para outubro.

Assembleia será em janeiro
A diretoria marcou, para 10 de janeiro, sexta-feira, às 19 horas, a assembleia de definição da pauta, deixando-a em caráter permanente. A segunda convocação deverá ocorrer na segunda quinzena de fevereiro.

Dessa forma, a prefeitura terá o final de fevereiro e o mês de março para iniciar a tramitação do projeto de lei do acordo coletivo na câmara de vereadores e promulgar a lei antes da data-base.

Banner natal e reivindicações

Até 21 de dezembro, os associados apontarão as cláusulas econômicas e sociais que devem ser enviadas à prefeitura, para negociação, na segunda quinzena de janeiro.

Nesse período, os sindicalizados pegarão, na sede da entidade, os cupons para retirar 3.500 cestas natalinas e concorrer ao sorteio de dez televisões de 50 polegadas.

Além de pontuar as reivindicações, os trabalhadores também definirão medidas para melhorar a estrutura do sindicato, a representação nas bases, os serviços e benefícios oferecidos.

Cuidado com a legislação eleitoral
Haverá uma caixa, na secretaria de atendimento, destinada à coleta das sugestões “A participação é fundamental e não será obrigatório se identificar”, diz o presidente Zoel Garcia Siqueira.

O sindicalista quer definir a campanha salarial em curto período, concluindo as negociações no primeiro trimestre para evitar impedimentos da lei eleitoral e de responsabilidade fiscal.

A legislação obriga os prefeitos de todo o Brasil a evitarem medidas que possam ser caracterizadas como eleitoreiras, nos seis meses anteriores à eleição majoritária municipal, marcada para outubro.

Assembleia será em janeiro
A diretoria marcou, para 10 de janeiro, sexta-feira, às 19 horas, a assembleia de definição da pauta, deixando-a em caráter permanente. A segunda convocação deverá ocorrer na segunda quinzena de fevereiro.

Dessa forma, a prefeitura terá o final de fevereiro e o mês de março para iniciar a tramitação do projeto de lei do acordo coletivo na câmara de vereadores e promulgar a lei antes da data-base.