O presidente da Força Sindical participou nesta quarta, 11, da abertura da Conferência Mundial de Engenharia Mecânica, realizada pela IndustriALL Global Union, em Stuttgart, na Alemanha.
Mechanicial-EngineeringTorres-panel51-768x519Crédito: Arquivo

Miguel Torres, também presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, falou sobre a conjuntura brasileira: de ataques do governo federal aos direitos, à aposentadoria, ao sindicalismo, ao movimento social, ao meio ambiente, à democracia e à liberdade de expressão.

Torres enalteceu as nossas lutas de resistência, do movimento sindical brasileiro em defesa da soberania nacional, do estado democrático de direito, dos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora e da retomada do desenvolvimento econômico do País.

WhatsApp-Image-2019-09-11-at-10.32.14-2-768x576

"Temos que manter nossa luta pela valorização da indústria brasileira e dos demais setores produtivos, por investimentos em educação, ciência e tecnologia e pela geração de empregos de qualidade para todos, com trabalho decente, justiça e inclusão social”, defendeu o sindicalista.

O evento vai até 13 de setembro, com participação de dirigentes sindicais de todo o mundo debatendo o setor de Engenharia Mecânica, a globalização, o mercado de trabalho, a transformação do segmento, a tecnologia, a produção industrial, as condições sociais e de trabalho, as redes sindicais, o meio-ambiente e a sindicalização.

WhatsApp Image 2019-09-11 at 15.49.21

Também participam o secretário-geral da IndustriAll, Valter Sanches, e Wellington Damasceno (CNM-CUT).

Mais informações: www.industriall-union.org/es

 

Mechanicial-EngineeringTorres-panel51-768x519Crédito: Arquivo

Miguel Torres, também presidente da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, falou sobre a conjuntura brasileira: de ataques do governo federal aos direitos, à aposentadoria, ao sindicalismo, ao movimento social, ao meio ambiente, à democracia e à liberdade de expressão.

Torres enalteceu as nossas lutas de resistência, do movimento sindical brasileiro em defesa da soberania nacional, do estado democrático de direito, dos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora e da retomada do desenvolvimento econômico do País.

WhatsApp-Image-2019-09-11-at-10.32.14-2-768x576

"Temos que manter nossa luta pela valorização da indústria brasileira e dos demais setores produtivos, por investimentos em educação, ciência e tecnologia e pela geração de empregos de qualidade para todos, com trabalho decente, justiça e inclusão social”, defendeu o sindicalista.

O evento vai até 13 de setembro, com participação de dirigentes sindicais de todo o mundo debatendo o setor de Engenharia Mecânica, a globalização, o mercado de trabalho, a transformação do segmento, a tecnologia, a produção industrial, as condições sociais e de trabalho, as redes sindicais, o meio-ambiente e a sindicalização.

WhatsApp Image 2019-09-11 at 15.49.21

Também participam o secretário-geral da IndustriAll, Valter Sanches, e Wellington Damasceno (CNM-CUT).

Mais informações: www.industriall-union.org/es