Na foto, motoristas e diretores do sindicato dos servidores, na noite desta segunda-feiraCrédito: Arquivo
Na foto, motoristas e diretores do sindicato dos servidores, na noite desta segunda-feira
Vários motoristas da prefeitura de Praia Grande se reuniram, na noite desta segunda-feira (19), com o presidente Adriano Roberto Lopes da Silva ‘Pixoxó’ e diretores do sindicato dos servidores.
 
Na pauta, diversos assuntos de interesse dos profissionais, como reivindicações já alcançadas e pendências que vêm sendo negociadas com a administração.
 
Pixoxó avalia que a reunião foi “muito produtiva” e aproveitou para falar sobre a campanha dos sindicatos de servidores da região contra a reforma administrativa do governo federal.
 
“Precisamos cada vez mais de unidade entre os sindicatos e também nas bases de cada prefeitura”, disse o sindicalista. “Se a gente não se unir, depois não adianta chorar o leite derramado”.
 
Injusta e desumana
 
Para ele, a reforma “pretende acabar com funcionalismo público. Temos que sair da zona de conforto e dar as mãos numa só corrente, lutar contra essa medida injusta e desumana”.
 
A reunião tratou também da situação dos motoristas que ainda não foram contemplados com as gratificações estabelecidas no primeiro semestre por meio de lei municipal.
 
Segundo Pixoxó, os profissionais saíram da reunião satisfeitos com as explicações e vários aproveitaram para se sindicalizar. “O sindicato é o rumo certo”, observou o dirigente.
 
A diretoria agradeceu a presença de todos, ouviu atentamente e anotou o que os trabalhadores sugeriram. As sugestões e reclamações serão analisadas e respondidas.
Na foto, motoristas e diretores do sindicato dos servidores, na noite desta segunda-feiraCrédito: Arquivo
Na foto, motoristas e diretores do sindicato dos servidores, na noite desta segunda-feira
Vários motoristas da prefeitura de Praia Grande se reuniram, na noite desta segunda-feira (19), com o presidente Adriano Roberto Lopes da Silva ‘Pixoxó’ e diretores do sindicato dos servidores.
 
Na pauta, diversos assuntos de interesse dos profissionais, como reivindicações já alcançadas e pendências que vêm sendo negociadas com a administração.
 
Pixoxó avalia que a reunião foi “muito produtiva” e aproveitou para falar sobre a campanha dos sindicatos de servidores da região contra a reforma administrativa do governo federal.
 
“Precisamos cada vez mais de unidade entre os sindicatos e também nas bases de cada prefeitura”, disse o sindicalista. “Se a gente não se unir, depois não adianta chorar o leite derramado”.
 
Injusta e desumana
 
Para ele, a reforma “pretende acabar com funcionalismo público. Temos que sair da zona de conforto e dar as mãos numa só corrente, lutar contra essa medida injusta e desumana”.
 
A reunião tratou também da situação dos motoristas que ainda não foram contemplados com as gratificações estabelecidas no primeiro semestre por meio de lei municipal.
 
Segundo Pixoxó, os profissionais saíram da reunião satisfeitos com as explicações e vários aproveitaram para se sindicalizar. “O sindicato é o rumo certo”, observou o dirigente.
 
A diretoria agradeceu a presença de todos, ouviu atentamente e anotou o que os trabalhadores sugeriram. As sugestões e reclamações serão analisadas e respondidas.