Na última sexta-feira, dia 7 de agosto, lideranças da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados participaram de diversas manifestações nas várias regiões do estado pelo Dia Nacional de Luto e Luta em Defesa da Vida e dos Empregos.
“O momento é de exigir das autoridades uma agenda para retomada da economia que proteja a classe trabalhadora, preservando vidas, garantindo emprego, renda e valorizando o SUS”, destaca o presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical.
 
“Foram vários atos simbólicos representando a indignação da sociedade e a luta em defesa da vida, trabalho decente e geração de renda”, diz Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru e Região.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.55.04
Químicos de Cosmópolis
Dirigentes do Sindicato dos Químicos de Cosmópolis e Região uniram-se a outras categorias em Campinas SP, no Largo do Rosário, para manifestar luto e luta pela iminência da marca de 100 mil mortes causadas pela pandemia do novo coronavírus e contra as políticas irresponsáveis do governo federal. No fim da tarde do dia 7 de agosto, o grupo, munido com faixas, cartazes, imagens, cruzes e velas, homenagearam as vítimas da Covid-19. Ricardo Fernandes, presidente do STI Cosmópolis, informa que além do luto pelas mortes, o movimento luta em defesa da vida e dos empregos, que estão sendo perdidos por conta da política desastrosa do governo.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.59
STTI Instrumentos Musicais e Brinquedos
A diretoria do STTI Instrumentos Musicais e Brinquedos esteve reunida e mobilizada em defesa da vida, de direitos, empregos e respeito à democracia, deixando o seu recado, cobrando do governo uma retomada da economia que defenda a classe trabalhadora, preservando vidas, garantindo emprego, renda e valorizando o SUS. “Reivindicamos também o fortalecimento do SUS (Sistema Único do Saúde) que é fundamental para preservação da saúde e da vida de mulheres e homens, proporcionando acesso universal ao sistema público de saúde” destacou Maria Auxiliadora, presidente do Sindicato.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.55.53
Químicos da Baixada Santista
O presidente dos Sindicato dos Químicos Baixada, Herbert Passos, participou dos protestos desta sexta-feira, dia 7 de agosto. Em Santos SP, foi inaugurado um painel em homenagem às vítimas na Praça André Freire. Devido a própria possibilidade de contaminações, as entidades sindicais e sociais foram representadas por meio de bandeiras e faixas. “Momento trágico. O número emblemático de vítimas fatais da pandemia demonstra, obrigatoriamente, a necessidade de rever nossas atitudes. Uma parte da sociedade insiste em permanecer cega à realidade. Políticos falam em retorno às aulas, mas não falam deles mesmos voltarem a comparecer pessoalmente às atividades públicas. É hora de chamarmos às devidas responsabilidades”, Herbert Passos.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.38
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.54
Químicos de Sorocaba e Itapetininga
Líderes dos Químicos de Sorocaba e Itapetininga, junto a companheiros da Alimentação, Borracha, Vestuário, Motoristas e profissionais da Saúde, realizaram atos em pontos estratégicos da cidade de Sorocaba SP, em defesa da vida, de direitos, empregos e respeito à democracia. “Exigimos das autoridades uma agenda para retomada da economia que proteja a classe trabalhadora, preservando vidas, garantindo emprego, renda e valorizando o SUS”, informa Jurandir Pedro de Souza, presidente do STI Itapetininga e diretor financeiro da FEQUIMFAR. “Mais da metade da população brasileira está sem emprego, precisamos de uma retomada econômica que mantenha direitos e preserve vidas”, diz o presidente do STI Sorocaba, Carlos Alberto dos Santos, o Carlão.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.24
Químicos de Presidente Prudente
Em Presidente Prudente, o ato foi promovido na parte da manhã, em frente à sede do Sindicato dos Químicos. Conforme o presidente do Conselho Intersindical de Presidente Prudente e Região, Milton Ribeiro Sobral, que também é presidente dos Químicos de Presidente Prudente, durante a mobilização, que teve a duração de 100 minutos, foram soltos cerca de 100 balões, em referência a quantidade de óbitos no Brasil, que na sexta-feira se aproximava da marca de 100 mil mortes pelo Covid-19. Visando a prevenção e os cuidados com a saúde pública, o ato foi simples, mas de grande importância e em atendimento às determinações legais para o combate ao Covid-19, e ainda contou a exposição de faixas com as bandeiras de luta da classe trabalhadora.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.53.56
Químicos de Rio Claro
No sábado, dia 8 de agosto, lideranças do Sindicato dos Químicos de Rio Claro e Região realizaram Live com Ato Público e Ecumênico de luto pelas vítimas da Covid-19, além de homenagem aos profissionais de saúde. O evento foi uma iniciativa e participação entre os Químicos de Rio Claro, junto a entidades da sociedade civil e autoridades religiosas. O presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Sergio Luiz Leite, Serginho, participou da Live, e prestou sua solidariedade às famílias das vítimas da doença, destacando também a importância de cobrar medidas imediatas do governo fedaral em defesa da vida e que assegurem emprego e renda.
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.53.57
“No momento em que dados oficiais apontam para mais de 100 mil óbitos da Covid-19 no Brasil, sendo 88 óbitos no município de Rio Claro, é necessário o luto pelas vidas que se foram, bem como preces e orações por aqueles que lutam pela vida. Sem esquecer dos profissionais de saúde que são os anjos na frente da batalha neste período de sofrimentos”, afirma Francisco Quintino, presidente do Sindicato dos Químicos de Rio Claro.
“O momento é de exigir das autoridades uma agenda para retomada da economia que proteja a classe trabalhadora, preservando vidas, garantindo emprego, renda e valorizando o SUS”, destaca o presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical.
 
“Foram vários atos simbólicos representando a indignação da sociedade e a luta em defesa da vida, trabalho decente e geração de renda”, diz Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru e Região.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.55.04
Químicos de Cosmópolis
Dirigentes do Sindicato dos Químicos de Cosmópolis e Região uniram-se a outras categorias em Campinas SP, no Largo do Rosário, para manifestar luto e luta pela iminência da marca de 100 mil mortes causadas pela pandemia do novo coronavírus e contra as políticas irresponsáveis do governo federal. No fim da tarde do dia 7 de agosto, o grupo, munido com faixas, cartazes, imagens, cruzes e velas, homenagearam as vítimas da Covid-19. Ricardo Fernandes, presidente do STI Cosmópolis, informa que além do luto pelas mortes, o movimento luta em defesa da vida e dos empregos, que estão sendo perdidos por conta da política desastrosa do governo.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.59
STTI Instrumentos Musicais e Brinquedos
A diretoria do STTI Instrumentos Musicais e Brinquedos esteve reunida e mobilizada em defesa da vida, de direitos, empregos e respeito à democracia, deixando o seu recado, cobrando do governo uma retomada da economia que defenda a classe trabalhadora, preservando vidas, garantindo emprego, renda e valorizando o SUS. “Reivindicamos também o fortalecimento do SUS (Sistema Único do Saúde) que é fundamental para preservação da saúde e da vida de mulheres e homens, proporcionando acesso universal ao sistema público de saúde” destacou Maria Auxiliadora, presidente do Sindicato.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.55.53
Químicos da Baixada Santista
O presidente dos Sindicato dos Químicos Baixada, Herbert Passos, participou dos protestos desta sexta-feira, dia 7 de agosto. Em Santos SP, foi inaugurado um painel em homenagem às vítimas na Praça André Freire. Devido a própria possibilidade de contaminações, as entidades sindicais e sociais foram representadas por meio de bandeiras e faixas. “Momento trágico. O número emblemático de vítimas fatais da pandemia demonstra, obrigatoriamente, a necessidade de rever nossas atitudes. Uma parte da sociedade insiste em permanecer cega à realidade. Políticos falam em retorno às aulas, mas não falam deles mesmos voltarem a comparecer pessoalmente às atividades públicas. É hora de chamarmos às devidas responsabilidades”, Herbert Passos.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.38
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.54
Químicos de Sorocaba e Itapetininga
Líderes dos Químicos de Sorocaba e Itapetininga, junto a companheiros da Alimentação, Borracha, Vestuário, Motoristas e profissionais da Saúde, realizaram atos em pontos estratégicos da cidade de Sorocaba SP, em defesa da vida, de direitos, empregos e respeito à democracia. “Exigimos das autoridades uma agenda para retomada da economia que proteja a classe trabalhadora, preservando vidas, garantindo emprego, renda e valorizando o SUS”, informa Jurandir Pedro de Souza, presidente do STI Itapetininga e diretor financeiro da FEQUIMFAR. “Mais da metade da população brasileira está sem emprego, precisamos de uma retomada econômica que mantenha direitos e preserve vidas”, diz o presidente do STI Sorocaba, Carlos Alberto dos Santos, o Carlão.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.54.24
Químicos de Presidente Prudente
Em Presidente Prudente, o ato foi promovido na parte da manhã, em frente à sede do Sindicato dos Químicos. Conforme o presidente do Conselho Intersindical de Presidente Prudente e Região, Milton Ribeiro Sobral, que também é presidente dos Químicos de Presidente Prudente, durante a mobilização, que teve a duração de 100 minutos, foram soltos cerca de 100 balões, em referência a quantidade de óbitos no Brasil, que na sexta-feira se aproximava da marca de 100 mil mortes pelo Covid-19. Visando a prevenção e os cuidados com a saúde pública, o ato foi simples, mas de grande importância e em atendimento às determinações legais para o combate ao Covid-19, e ainda contou a exposição de faixas com as bandeiras de luta da classe trabalhadora.
 
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.53.56
Químicos de Rio Claro
No sábado, dia 8 de agosto, lideranças do Sindicato dos Químicos de Rio Claro e Região realizaram Live com Ato Público e Ecumênico de luto pelas vítimas da Covid-19, além de homenagem aos profissionais de saúde. O evento foi uma iniciativa e participação entre os Químicos de Rio Claro, junto a entidades da sociedade civil e autoridades religiosas. O presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Sergio Luiz Leite, Serginho, participou da Live, e prestou sua solidariedade às famílias das vítimas da doença, destacando também a importância de cobrar medidas imediatas do governo fedaral em defesa da vida e que assegurem emprego e renda.
WhatsApp Image 2020-08-10 at 09.53.57
“No momento em que dados oficiais apontam para mais de 100 mil óbitos da Covid-19 no Brasil, sendo 88 óbitos no município de Rio Claro, é necessário o luto pelas vidas que se foram, bem como preces e orações por aqueles que lutam pela vida. Sem esquecer dos profissionais de saúde que são os anjos na frente da batalha neste período de sofrimentos”, afirma Francisco Quintino, presidente do Sindicato dos Químicos de Rio Claro.