Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
14 JUN 2024

Imagem do dia

Secretário-geral da Força participa de homenagem aos 24 anos do Sindnapi Sindnapi completa 24 anos e comemora com sessão solene para homenagear fundadores e líderes políticos e sindicais Secretário-geral da Força participa de homenagem aos 24 anos do Sindnapi

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Imprensa

Haddad e Alckmin decidem reajustar tarifa de ônibus, trem e metrô

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Imprensa

Haddad e Alckmin decidem reajustar tarifa de ônibus, trem e metrô

O prefeito Fernando Haddad (PT) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) decidiram reajustar as tarifas de ônibus, trens e metrô em São Paulo no começo de 2016.

A Folha apurou que as passagens unitárias vão subir de R$ 3,50 para R$ 3,80.

O aumento de 8,6% será um pouco abaixo da inflação acumulada -a previsão do IPCA para 2015 é de 10,72%.

No caso dos ônibus, já está definido que a nova tarifa entrará em vigor a partir do dia 9 (sábado). Os valores dos bilhetes únicos mensal e semanal devem continuar congelados em R$ 140 e R$ 38, respectivamente, assim como ocorreu em janeiro deste ano.

Haddad buscou articular com Alckmin e prefeitos da região metropolitana um aumento simultâneo nas tarifas de transporte, na tentativa de diluir o desgaste político. Outras cidades da Grande SP também adotarão o reajuste.

A elevação das passagens ocorrerá em meio à crise econômica no país e em ano de eleições municipais, quando Haddad tentará se reeleger.

O petista cogitou manter a tarifa de ônibus congelada em 2016, mas, diante do crescimento de subsídios para bancar gratuidades e descontos e da falta de recursos do município, decidiu reajustá-la.

No caso do metrô e dos trens, a gestão Alckmin já considerava anteriormente que o reajuste era inevitável.

PROTESTOS

O último aumento ocorreu em janeiro de 2015, quando a tarifa dos ônibus (que transportam cerca de 6 milhões de passageiros por dia) saltou de R$ 3 para R$ 3,50 após ficar mais de um ano congelada.

Na ocasião, Alckmin também decidiu aumentar as passagens de trens e do metrô (que transporta 4 milhões de usuários por dia), mas só confirmou o valor de R$ 3,50 dias depois de Haddad.

A elevação da tarifa de transporte é tema delicado para a popularidade de prefeitos e governadores e ganhou preocupação maior após os protestos de junho de 2013, que levaram Haddad e Alckmin a recuar do reajuste.

O último aumento também foi seguido de uma série de manifestações do MPL (Movimento Passe Livre) -mas sem a dimensão das realizadas em 2013, quando o petista e o tucano cancelaram a alta de R$ 3 para R$ 3,20.

Em 2013, num efeito cascata, as tarifas do transporte foram reduzidas em cidades de todo o país, depois de os atos ganharem projeção nacional.

SUBSÍDIOS

O anúncio do reajuste ocorre num momento em que Haddad prevê subsídios a empresas de ônibus da ordem de R$ 1,9 bilhão em 2015.

Pelas contas da prefeitura, sem reajustar a tarifa, os pagamentos para cobrir os custos adicionais das viações poderiam chegar a R$ 2,3 bilhões no ano que vem. Com a alta de R$ 0,30, estima-se que perto de R$ 500 milhões seriam economizados em subsídios.

A alta da passagem, assim, seria uma forma de manter equilibradas as contas municipais. Até 29 de dezembro, a arrecadação da prefeitura estava R$ 9 bilhões aquém dos R$ 51,3 bilhões previstos. Para 2016, ela estima uma alta de 6%, inferior à inflação.

Os subsídios compensam a diferença entre o que a prefeitura arrecada com a passagem e o que, por contrato, precisa repassar às viações.

Alguns passageiros, como idosos e estudantes, têm gratuidades ou descontos na tarifa, mas as empresas recebem um valor fixo para cada usuário, inclusive por esses.

Os subsídios também subiram após Haddad criar um passe livre estudantil para alunos de escolas públicas ou de baixa renda, que entrou em vigor no começo do ano.

Segundo Márcio Milan, economista da consultoria Tendência, a alta dos ônibus na Grande SP deve impactar em 0,07 ponto percentual a inflação oficial do país, o IPCA. "Não é uma contribuição desprezível, ainda que não seja o item mais preocupante da inflação neste momento."

O ônibus urbano, diz, responde por 2,6% do orçamento das famílias paulistanas.

METRÔ E CPTM
O Estado também vai reajustar as tarifas do metrô e trem para R$ 3,80

OUTRAS TARIFAS
Preços dos bilhetes semanal e mensal dos ônibus devem ser mantidos em R$ 38 e R$ 140, respectivamente, no próximo ano

ENTENDA O SUBSÍDIO

> Compensam a diferença entre aquilo que a prefeitura arrecada com a passagem dos usuários e aquilo que, por contrato, precisa repassar às viações

> Gratuidades e descontos na tarifa são incluídos no cálculo do subsídio

> O passe livre para idosos e estudantes de escolas públicas ou de baixa renda, que entrou em vigor no começo do ano, fez o índice subir

Exemplos de beneficiados

> Passe livre para estudantes da rede pública ou baixa renda
> Passe livre para idosos
> Ajuda temporária para desempregados

Fonte: Folha SP

Últimas de Imprensa

Todas de Imprensa
Sindnapi 24 anos: homenagem e Carta de Lula marcam celebração
Força 17 JUN 2024

Sindnapi 24 anos: homenagem e Carta de Lula marcam celebração

Guilherme Boulos abre Ciclo Nacional de Debates do Sindnapi
Força 17 JUN 2024

Guilherme Boulos abre Ciclo Nacional de Debates do Sindnapi

Servidores intensificam debate sobre contribuição assistencial
Força 17 JUN 2024

Servidores intensificam debate sobre contribuição assistencial

Projeto da Fetercesp recebe Prêmio Sindimais 2024
Força 17 JUN 2024

Projeto da Fetercesp recebe Prêmio Sindimais 2024

Sindnapi realiza ações no “Mês de Conscientização da Violência Contra os Idosos”
Força 17 JUN 2024

Sindnapi realiza ações no “Mês de Conscientização da Violência Contra os Idosos”

Centrais Sindicais farão ato contra juros altos nesta terça (18)
Força 17 JUN 2024

Centrais Sindicais farão ato contra juros altos nesta terça (18)

Fenepospetro abre colônia de férias para a categoria do Rio
Força 14 JUN 2024

Fenepospetro abre colônia de férias para a categoria do Rio

Secretário-geral da Força participa de homenagem aos 24 anos do Sindnapi
Imagem do dia 14 JUN 2024

Secretário-geral da Força participa de homenagem aos 24 anos do Sindnapi

Sintepav-BA conquista avanços para os trabalhadores
Força 14 JUN 2024

Sintepav-BA conquista avanços para os trabalhadores

Sintrabor realiza 1º Encontro Evangélico da Categoria Borracheira
Força 14 JUN 2024

Sintrabor realiza 1º Encontro Evangélico da Categoria Borracheira

Sindnapi completa 24 anos e mantém a luta pela dignidade do aposentado
Força 14 JUN 2024

Sindnapi completa 24 anos e mantém a luta pela dignidade do aposentado

Nota de falecimento – Helena Alves dos Santos
Força 14 JUN 2024

Nota de falecimento – Helena Alves dos Santos

Câmara Setorial ajudará a combater irregularidades na revenda de combustíveis
Força 13 JUN 2024

Câmara Setorial ajudará a combater irregularidades na revenda de combustíveis

Acordo com centrais prevê distribuição de R$ 20 bi do FGTS a cotistas
Força 13 JUN 2024

Acordo com centrais prevê distribuição de R$ 20 bi do FGTS a cotistas

SinSaúdeSP: empresário nega trabalho escravo no Sul e gera mal-estar
Força 13 JUN 2024

SinSaúdeSP: empresário nega trabalho escravo no Sul e gera mal-estar

Sobre a Correção do Fundo de Garantia
Artigos 13 JUN 2024

Sobre a Correção do Fundo de Garantia

Comportamento desejável
Artigos 13 JUN 2024

Comportamento desejável

Supremo decide que FGTS deve garantir correção pelo IPCA
Força 13 JUN 2024

Supremo decide que FGTS deve garantir correção pelo IPCA

Conscientizar para combater a violência contra o idoso
Artigos 13 JUN 2024

Conscientizar para combater a violência contra o idoso

Miguel Torres na OIT: Lutamos pelo fim do trabalho escravo e dos golpismos no Brasil
Força 12 JUN 2024

Miguel Torres na OIT: Lutamos pelo fim do trabalho escravo e dos golpismos no Brasil

Químicos de Rio Claro fazem Curso de Fortalecimento da CIPA
Força 12 JUN 2024

Químicos de Rio Claro fazem Curso de Fortalecimento da CIPA

Centrais debatem prioridades dos trabalhadores com Alckmin
Força 12 JUN 2024

Centrais debatem prioridades dos trabalhadores com Alckmin

Vídeos 12 JUN 2024

Miguel Torres e Nilton Neco dão o recado direto da 112ª Conferência da OIT

Santos: Sindest quer aumentar efetivo de servidores com reforma administrativa
Força 11 JUN 2024

Santos: Sindest quer aumentar efetivo de servidores com reforma administrativa

Defendemos a criação de um programa emergencial robusto
Artigos 11 JUN 2024

Defendemos a criação de um programa emergencial robusto

Cerca de 78% das greves foram para manter direitos em 2023
Força 11 JUN 2024

Cerca de 78% das greves foram para manter direitos em 2023

Postos de combustíveis devem fornecer PPP aos funcionários
Força 11 JUN 2024

Postos de combustíveis devem fornecer PPP aos funcionários

Salário mínimo atual é 5 vezes menor que o necessário
Imprensa 11 JUN 2024

Salário mínimo atual é 5 vezes menor que o necessário

MTE inclui 19 novas profissões na Classificação Brasileira de Ocupações
Imprensa 10 JUN 2024

MTE inclui 19 novas profissões na Classificação Brasileira de Ocupações

Presidente da Força, Miguel Torres, defende fortalecimento das negociações coletivas na OIT
Força 10 JUN 2024

Presidente da Força, Miguel Torres, defende fortalecimento das negociações coletivas na OIT

Aguarde! Carregando mais artigos...