A luta pelo Auxilio Emergencial de 600 reais até pelo menos dezembro continua e vemos que o governo não está nada disposto a ceder e quer manter a decisão de reduzir pela metade o benefício. Miguel destacou manchete da Folha SP que alerta: "Fim do auxilio deve levar um terço dos brasileiros a pobreza". CONFIRA!