Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
29 MAI 2024

Imagem do dia

Presidente da Força Sindical, Miguel Torres, participou, nesta terça-feira (28), do evento onde o presidente Lula sancionou a Lei que institui o Programa Depreciação Acelerada para modernização da indústria nacional. Veja fotos do evento com presidente Lula

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Imprensa

Economia da América Latina e Caribe deve desacelerar em 2023

terça-feira, 20 de dezembro de 2022

Imprensa

Economia da América Latina e Caribe deve desacelerar em 2023

A previsão, de acordo com relatório divulgado pela Comissão Econômica da América Latina e Caribe, Cepal, o crescimento será de 1,3%
Economia da América Latina e Caribe deve desacelerar em 2023Crédito: Unsplash/Daniel Lerman
O Balanço Preliminar das Economias da América Latina e do Caribe 2022 revela que a performance econômica deste ano, de 3,7%, numa taxa equivalente a menos da metade de 2021, deveu-se a incertezas externas e restrições internas.*
 
O relatório foi divulgado pela Comissão Econômica da América Latina e Caribe, Cepal, no início de dezembro, em Santiago do Chile, sede da agência. 
 
Economias emergentes e fluxo de capitais
O novo secretário-executivo da Cepal, José Manuel Salazar-Xirinachs, ressaltou a inflação global e o aumento da volatilidade financeira como algumas das causas para a redução de fluxo de capitais na região, que concentra várias economias emergentes.
 
A Cepal aposta numa moderação do aumento das taxas de política monetária dos principais bancos centrais graças a uma redução da inflação mundial, esperada para ocorrer em 2023.
 
Os economistas da Comissão da ONU destacam que a desaceleração de 2022 surgiu após um certo dinamismo, registrado no primeiro semestre.
 
Houve uma combinação de esgotamento do “efeito rebote” da recuperação pós-pandemia, no ano passado, com o resultado das políticas monetárias restritivas.
 
Outros fatores foram as maiores limitações do gasto fiscal, menores níveis de consumo e investimento e uma piora do contexto externo.
 
Disparidades entre homens e mulheres trabalhadores
A Cepal citou ainda algumas barreiras como as disparidades na participação no mercado entre homens e mulheres e os níveis de desemprego. Como é de praxe na região, houve um aumento nas taxas de informalidade e uma queda nos salários de fato.
 
Muitos governos não conseguiram reduzir os níveis de endividamento apesar de uma leve queda do déficit primário, em alguns países. A aposta dos economistas é que o espaço fiscal continue condicionando a trajetória do gasto público. Por isso, não se descarta a desvalorização de algumas moedas e o aumento das taxas de juros na região. Para 2023, o financiamento das operações dos governos poderá ser difícil na área fiscal.
 
Eficiência no gasto público
O relatório da Comissão da ONU prevê desafios à gestão macroeconômica, no próximo ano, e desaconselha ajustes prematuros do gasto público.
 
Para a Cepal, é possível contornar ampliando o espaço fiscal com a redução de evasão, revisão de gastos tributários e reformar para aumentar a arrecadação da estrutura tributária.
 
América Latina e Caribe irão precisar do apoio multilateral frente a mobilização da liquidez global. É preciso ainda avançar na eficiência do gasto público na região.
 
Reduzir informalidade e criar empregos decentes
O relatório Balanço Preliminar da Economias da América Latina e do Caribe 2022 aponta ser crucial dinamizar o investimento e a produtividade para atender demandas sociais, criar empregos decentes e reduzir a informalidade.
 
Outras propostas para melhorar a economia é reduzir a desigualdade e a pobreza na região, além de avançar no combate à mudança climática.
 
A preocupação da Cepal é evitar uma nova década perdida como ocorreu de 2014 até agora.
 
Para isso, os países latino-americanos e caribenhos terão de colocar em prática políticas públicas inovadoras em todos os setores econômicos.
 
*Com informações da Cepal, Chile
Fonte: ONU News

Últimas de Imprensa

Todas de Imprensa
OIT: Miguel Torres defende fortalecimento das negociações coletivas
Força 12 JUN 2024

OIT: Miguel Torres defende fortalecimento das negociações coletivas

Químicos de Rio Claro fazem Curso de Fortalecimento da CIPA
Força 12 JUN 2024

Químicos de Rio Claro fazem Curso de Fortalecimento da CIPA

Centrais debatem prioridades dos trabalhadores com Alckmin
Força 12 JUN 2024

Centrais debatem prioridades dos trabalhadores com Alckmin

Vídeos 12 JUN 2024

Miguel Torres e Nilton Neco dão o recado direto da 112ª Conferência da OIT

Santos: Sindest quer aumentar efetivo de servidores com reforma administrativa
Força 11 JUN 2024

Santos: Sindest quer aumentar efetivo de servidores com reforma administrativa

Defendemos a criação de um programa emergencial robusto
Artigos 11 JUN 2024

Defendemos a criação de um programa emergencial robusto

Cerca de 78% das greves foram para manter direitos em 2023
Força 11 JUN 2024

Cerca de 78% das greves foram para manter direitos em 2023

Postos de combustíveis devem fornecer PPP aos funcionários
Força 11 JUN 2024

Postos de combustíveis devem fornecer PPP aos funcionários

Salário mínimo atual é 5 vezes menor que o necessário
Imprensa 11 JUN 2024

Salário mínimo atual é 5 vezes menor que o necessário

MTE inclui 19 novas profissões na Classificação Brasileira de Ocupações
Imprensa 10 JUN 2024

MTE inclui 19 novas profissões na Classificação Brasileira de Ocupações

Presidente da Força, Miguel Torres, defende fortalecimento das negociações coletivas na OIT
Força 10 JUN 2024

Presidente da Força, Miguel Torres, defende fortalecimento das negociações coletivas na OIT

Fórum Estadual da Liberdade Sindical realiza audiência coletiva
Imprensa 10 JUN 2024

Fórum Estadual da Liberdade Sindical realiza audiência coletiva

112ª Conferência Internacional da OIT – agenda de 10 de junho
Força 10 JUN 2024

112ª Conferência Internacional da OIT – agenda de 10 de junho

Dívidas de famílias atingem maior nível desde novembro de 2022: 78,8%
Imprensa 10 JUN 2024

Dívidas de famílias atingem maior nível desde novembro de 2022: 78,8%

O alimento indigesto da semeadura
Artigos 10 JUN 2024

O alimento indigesto da semeadura

Trabalhadores intensificam mobilização durante Conferência da OIT
Força 10 JUN 2024

Trabalhadores intensificam mobilização durante Conferência da OIT

Miguel Torres defenderá luta dos trabalhadores na OIT
Força 8 JUN 2024

Miguel Torres defenderá luta dos trabalhadores na OIT

Sindicalistas debatem reindustrialização do Brasil
Força 7 JUN 2024

Sindicalistas debatem reindustrialização do Brasil

SINPOSPETRO-RJ luta por aumento real para frentistas do RJ
Força 7 JUN 2024

SINPOSPETRO-RJ luta por aumento real para frentistas do RJ

Aposentados: SINDNAPI é a entidade com menor índice de reclamação, diz TCU
Força 7 JUN 2024

Aposentados: SINDNAPI é a entidade com menor índice de reclamação, diz TCU

Químicos da Força debatem desafios do movimento sindical
Força 7 JUN 2024

Químicos da Força debatem desafios do movimento sindical

OIT alerta: crises podem afetar avanços no mundo do trabalho
Imprensa 7 JUN 2024

OIT alerta: crises podem afetar avanços no mundo do trabalho

MTE atualiza multas trabalhistas para 2024; saiba novos valores
Imprensa 6 JUN 2024

MTE atualiza multas trabalhistas para 2024; saiba novos valores

Lei para motoristas de app pode mudar futuro do trabalho
Imprensa 6 JUN 2024

Lei para motoristas de app pode mudar futuro do trabalho

Segurança e medicina do trabalho em debate na Força Sindical
Força 6 JUN 2024

Segurança e medicina do trabalho em debate na Força Sindical

Trabalhadores da Construção Pesada podem deflagrar greve em toda Bahia
Força 6 JUN 2024

Trabalhadores da Construção Pesada podem deflagrar greve em toda Bahia

Sindnapi deverá ser protagonista no debate sobre a Previdência Social
Artigos 6 JUN 2024

Sindnapi deverá ser protagonista no debate sobre a Previdência Social

Secretário-geral da Força participa de debate sobre reindustrialização do Brasil
Força 6 JUN 2024

Secretário-geral da Força participa de debate sobre reindustrialização do Brasil

Mobilização em solidariedade ao RS continua
Força 6 JUN 2024

Mobilização em solidariedade ao RS continua

Todo apoio à Conalis
Artigos 6 JUN 2024

Todo apoio à Conalis

Aguarde! Carregando mais artigos...