Comerciários de Montes ClarosCrédito: Arquivo Sindicato

MONTES CLAROS/MG - O presidente do Sindicato dos Tecelões de Belo Horizonte e tesoureiro da Força Minas, Calos Malaquias, representou o presidente Vandeir Messias na eleição do Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros e Região, realizada em 16/07, que renovou a diretoria e reconduziu à presidência Osanan Gonçalves dos Santos, que também é secretário-geral da Central, em Minas.

O resultado da apuração foi anunciado por Antonio Carlos Penzin Neto, chefe do Departamento Jurídico da Federação dos Empregados no Comércio e Congêneres de Minas Gerais (Fecomerciários-MG), que declarou vencedora a chapa única que concorreu no pleito.

Carlos Malaquias exaltou o papel dos sindicalistas eleitos e destacou a presença da categoria e daquele sindicato nos quadros da Força Minas, como principal entidade sindical do setor na região.

VITÓRIA DA CLASSE - Citando uma máxima do esporte, que assinala a vitória ou derrota do grupo, Osanan Gonçalves dos Santos afirmou que a diretoria coordenada por ele tem sido vitoriosa, por estar à frente da classe e, diariamente, cumprir o dever de fiscalizar e defender os interesses do comerciário montes-clarense.

O secretário da Força Minas também frisou a postura que a entidade tem assumido frente às questões nacionais, como no processo da regulamentação da terceirização e no combate à crise econômica, que desvaloriza o poder aquisitivo dos salários e ameaça os empregos dos trabalhadores.

A sede do Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros e Região está localizada na Avenida Francisco Sá, 174, Centro, e atende pelo telefone (38) 3690-9178 e o e-mail contato@sindcomerciariosmoc.com.br

FORÇA DO COMÉRCIO – A indústria e o comércio são as principais atividades econômicas do município, considerado polo industrial regional. A economia é diversificada pelas atividades agropecuárias, industriais e de prestação de serviços. A principal fonte econômica está centrada no setor terciário, com seus diversos segmentos de comércio e prestação de serviços de várias áreas, como na educação e saúde. Em seguida, destaca-se o setor secundário, com complexos industriais de grande porte, além das unidades produtivas de pequeno e médio portes.

A prestação de serviços é a principal fonte geradora do Produto Interno Bruto (PIB) municipal. Grande parte do valor do setor terciário vem do comércio. No ano de 2009, a cidade contava com 617 estabelecimentos e 3.185 trabalhadores na área da construção civil; 6.777 estabelecimentos e 14.997 trabalhadores no comércio; e 5.091 estabelecimentos e 24.473 trabalhadores no setor de serviços, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

POLO COMERCIAL - A cidade conta com diversos núcleos ou centros comerciais, como o Mercado Municipal de Montes Claros, inaugurado em 1899; o Ibituruna Center, criado em março de 2009; o Montes Claros Shopping, fundado em novembro de 1997; e o Shopping Popular Mário Ribeiro, inaugurado em 2003.

Em matéria publicada na edição de julho/2009 da revista Você S/A, da editora Abril, Montes Claros foi apontada como a 85ª melhor cidade brasileira para se construir uma carreira profissional. Comparativamente ao estado de Minas Gerais, a publicação aponta a “capital do Norte de Minas” na sétima colocação, ficando a frente de municípios como Pouso Alegre e Contagem.

Fundado em 3 de julho de 1857, Montes Claros está localizado no Norte de Minas, distante cerca de 422 km da Capital mineira. Em 2014,  o IBGE estimou população em 390.212 habitantes e apontou Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,783, considerado médio em relação ao país. Pesquisa do IBGE, de 2010, mediu a população em 361.915 habitantes.

Comerciários de Montes ClarosCrédito: Arquivo Sindicato

MONTES CLAROS/MG - O presidente do Sindicato dos Tecelões de Belo Horizonte e tesoureiro da Força Minas, Calos Malaquias, representou o presidente Vandeir Messias na eleição do Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros e Região, realizada em 16/07, que renovou a diretoria e reconduziu à presidência Osanan Gonçalves dos Santos, que também é secretário-geral da Central, em Minas.

O resultado da apuração foi anunciado por Antonio Carlos Penzin Neto, chefe do Departamento Jurídico da Federação dos Empregados no Comércio e Congêneres de Minas Gerais (Fecomerciários-MG), que declarou vencedora a chapa única que concorreu no pleito.

Carlos Malaquias exaltou o papel dos sindicalistas eleitos e destacou a presença da categoria e daquele sindicato nos quadros da Força Minas, como principal entidade sindical do setor na região.

VITÓRIA DA CLASSE - Citando uma máxima do esporte, que assinala a vitória ou derrota do grupo, Osanan Gonçalves dos Santos afirmou que a diretoria coordenada por ele tem sido vitoriosa, por estar à frente da classe e, diariamente, cumprir o dever de fiscalizar e defender os interesses do comerciário montes-clarense.

O secretário da Força Minas também frisou a postura que a entidade tem assumido frente às questões nacionais, como no processo da regulamentação da terceirização e no combate à crise econômica, que desvaloriza o poder aquisitivo dos salários e ameaça os empregos dos trabalhadores.

A sede do Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros e Região está localizada na Avenida Francisco Sá, 174, Centro, e atende pelo telefone (38) 3690-9178 e o e-mail contato@sindcomerciariosmoc.com.br

FORÇA DO COMÉRCIO – A indústria e o comércio são as principais atividades econômicas do município, considerado polo industrial regional. A economia é diversificada pelas atividades agropecuárias, industriais e de prestação de serviços. A principal fonte econômica está centrada no setor terciário, com seus diversos segmentos de comércio e prestação de serviços de várias áreas, como na educação e saúde. Em seguida, destaca-se o setor secundário, com complexos industriais de grande porte, além das unidades produtivas de pequeno e médio portes.

A prestação de serviços é a principal fonte geradora do Produto Interno Bruto (PIB) municipal. Grande parte do valor do setor terciário vem do comércio. No ano de 2009, a cidade contava com 617 estabelecimentos e 3.185 trabalhadores na área da construção civil; 6.777 estabelecimentos e 14.997 trabalhadores no comércio; e 5.091 estabelecimentos e 24.473 trabalhadores no setor de serviços, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

POLO COMERCIAL - A cidade conta com diversos núcleos ou centros comerciais, como o Mercado Municipal de Montes Claros, inaugurado em 1899; o Ibituruna Center, criado em março de 2009; o Montes Claros Shopping, fundado em novembro de 1997; e o Shopping Popular Mário Ribeiro, inaugurado em 2003.

Em matéria publicada na edição de julho/2009 da revista Você S/A, da editora Abril, Montes Claros foi apontada como a 85ª melhor cidade brasileira para se construir uma carreira profissional. Comparativamente ao estado de Minas Gerais, a publicação aponta a “capital do Norte de Minas” na sétima colocação, ficando a frente de municípios como Pouso Alegre e Contagem.

Fundado em 3 de julho de 1857, Montes Claros está localizado no Norte de Minas, distante cerca de 422 km da Capital mineira. Em 2014,  o IBGE estimou população em 390.212 habitantes e apontou Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,783, considerado médio em relação ao país. Pesquisa do IBGE, de 2010, mediu a população em 361.915 habitantes.