Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário Na manhã desta terça-feira (16) dezenas de lideranças sindicais fizeram uma panfletagem para iniciar a divulgação da celebração do Dia do Trabalhador – 1º de Maio Unificado das Centrais Sindicais foi realizado, no Largo da Concórdia (Estação de Trem do Brás), em São Paulo SP. O evento, este ano, será realizado no Estacionamento da NeoQuímica Arena (Itaquerão – estádio do Corinthians), na Zona Leste da capital paulista, a partir das 10 horas. O 1º de Maio Unitário é organizado pelas centrais sindicais:

  • Central Única dos Trabalhadores (CUT);
  • Força Sindical;
  • União Geral dos Trabalhadores (UGT);
  • Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST);
  • Central de Sindicatos do Brasil (CSB);
  • Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e
  • Pública – Central do Servidor
Este ano, o lema do 1º de Maio Unificado será “Por um Brasil mais Justo” e vai destacar emprego decente; correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público.

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Artigos

Um diálogo necessário

terça-feira, 2 de março de 2010

Artigos

Um diálogo necessário

Por: Braz Albertini

Todos os agricultores têm problemas de sobra na sua atividade. Com relação aos assentados do Programa de Reforma Agrária, mais ainda. Começam pelo tempo gasto nos acampamentos para poder conseguir um pedaço de terra. Poderia ser diferente se houvesse uma política de reforma agrária atuante no país, não necessitando desses movimentos todos e suas conseqüências.

Recentemente, eu estive em uma reunião em Araraquara, com o intuito de contribuir para solução de um dos assentamentos daquele município. O problema é grave e já se arrasta por muito tempo. Ocorre que, há alguns anos, esses agricultores foram motivados a plantar cana em seus assentamentos, e hoje se deparam com um problema a ser resolvido em função da omissão do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), responsável pelo assentamento. À época, não houve uma assistência correta a estes trabalhadores, pois acabaram plantando cana além do que deveriam plantar.

Particularmente, eu apoio o plantio de cana nos assentamentos, mas uma metade do lote, por exemplo, e a outra metade com lavoura diversificada. Qual a situação desses agricultores? Estão com a cana plantada e pronta pra ser colhida, têm financiamento a ser pago no Banco do Brasil, e, no entanto, o Incra impede que essa cana seja comercializada. O Instituto pode fazer com que alguns lotes que excederam na plantação sejam corrigidos, mas só depois que o que já está pronto para ser colhido seja comercializado. Assim, a área de plantio poderá ser dividida em 50% para cana e a outra metade para outras culturas. O que não é justo é impedir que esse produtor venda um produto que está pronto para colheita, dificultando a sua situação com o banco. Ou seja, o agricultor vai ser executado por não pagar o financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), enquanto a sua mercadoria é perdida.

Como representante da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp) tentei há quase um ano resolver esse problema na superintendência do Incra, mas não tivemos espaço para maiores discussões. Outras pessoas também procuraram fazer o mesmo sem sucesso. Depois da reunião que participei em Araraquara, onde estavam presentes representantes do Pronaf, Prefeitura Municipal, Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral), Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo), BB e Incra, acredito que o problema poderá ser resolvido se as decisões acordadas pelos presentes forem executadas e o Incra for um pouco flexível e pensar mais na situação daqueles trabalhadores. Todas as outras entidades, com essa certa reticência por parte do Incra, estão preocupadas em resolver o problema e se colocando à disposição para que haja um trabalho efetivo no desenvolvimento desses produtores.

Só lamento que a sintonia demonstrada pelas entidades presentes nesse encontro não possa acontecer no restante do Estado, porque nem o Incra, o Itesp e nem a Cati obtêm recursos financeiros e humanos suficientes para desenvolver um trabalho dessa natureza. O acompanhamento técnico é indispensável. Mas infelizmente o governo estadual não enxerga assim e não coloca recursos para o setor agrícola suficientes para contratar pessoas para desempenhar as atividades da forma mais correta.

Eu conheço município que tem 1200 assentados, todos produzindo leite, e têm assistência apenas de um veterinário. Ou seja, assistência inviável. Estarei nas próximas reuniões dando também a minha contribuição e vou continuar trabalhando para que a solução apresentada nesse caso um dia seja ampliada para todo o território paulista, e porque não, para todo o país.

Braz Albertini é presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São e produtor rural

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão
Eusébio Pinto Neto

Liberdade de expressão não é liberdade de agressão

O esquenta do 1º de Maio
João Guilherme Vargas Netto

O esquenta do 1º de Maio

Um inovador primeiro passo
Clemente Ganz Lúcio

Um inovador primeiro passo

Pela manutenção da Democracia e sem anistia
Milton Cavalo

Pela manutenção da Democracia e sem anistia

“Combustível do Futuro” e o futuro do trabalho
Sérgio Luiz Leite, Serginho

“Combustível do Futuro” e o futuro do trabalho

Dia Internacional da Mulher: Desafios e compromissos pela igualdade
Maria Auxiliadora

Dia Internacional da Mulher: Desafios e compromissos pela igualdade

Uma questão de gênero
Aparecida Evaristo

Uma questão de gênero

Avanços reais
João Passos

Avanços reais

Dia dos trabalhadores em edifícios
Paulo Ferrari

Dia dos trabalhadores em edifícios

Comerciário sindicalizado só tem a ganhar
Milton de Araújo

Comerciário sindicalizado só tem a ganhar

Mensagem a Marinho
Josinaldo José de Barros (Cabeça)

Mensagem a Marinho

Apagão de responsabilidade
Nilton Souza da Silva, o Neco

Apagão de responsabilidade

Viva a república
Zoel Garcia Siqueira

Viva a república

19° CONGRESSO – ‘Democracia, sindicalismo e direitos trabalhistas’
Luiz Guedes da Conceição Aparecida

19° CONGRESSO – ‘Democracia, sindicalismo e direitos trabalhistas’

A contribuição assistencial e os oportunistas de plantão
César Augusto de Mello

A contribuição assistencial e os oportunistas de plantão

Mínimo RS: Centrais, governo e empresários ainda não chegaram a acordo
Força 23 ABR 2024

Mínimo RS: Centrais, governo e empresários ainda não chegaram a acordo

Metalúrgicos da Força debatem Nova Indústria Brasil
Força 23 ABR 2024

Metalúrgicos da Força debatem Nova Indústria Brasil

Delegação da Fenabor está na China para intercâmbio sindical
Relações Internacionais 23 ABR 2024

Delegação da Fenabor está na China para intercâmbio sindical

Sindicalistas conversam sobre a organização do1º de Maio
Força 23 ABR 2024

Sindicalistas conversam sobre a organização do1º de Maio

SinSaúdeSP lança convocação para Campanha Salarial 2024/2025
Força 23 ABR 2024

SinSaúdeSP lança convocação para Campanha Salarial 2024/2025

Sindicalistas debatem pautas trabalhistas
Força 23 ABR 2024

Sindicalistas debatem pautas trabalhistas

Vídeos 23 ABR 2024

1º de Maio Unitário – Por um Brasil mais justo!

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre
Força 19 ABR 2024

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre

Vídeos 19 ABR 2024

Presidente da Força intensifica luta para fortalecer movimento sindical

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional
Força 19 ABR 2024

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC
Força 19 ABR 2024

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos
Força 19 ABR 2024

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor
Força 19 ABR 2024

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem
Força 19 ABR 2024

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%
Força 18 ABR 2024

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Servidores públicos debatem financiamento sindical
Força 18 ABR 2024

Servidores públicos debatem financiamento sindical

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)
Força 18 ABR 2024

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho
Força 18 ABR 2024

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva
Força 18 ABR 2024

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024
Saúde e Segurança 18 ABR 2024

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais
Força 18 ABR 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília
Força 18 ABR 2024

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal
Força 17 ABR 2024

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico
Força 17 ABR 2024

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU
Força 17 ABR 2024

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza
Força 17 ABR 2024

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM
Força 17 ABR 2024

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Aguarde! Carregando mais artigos...