Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
16 ABR 2024

Imagem do dia

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário Na manhã desta terça-feira (16) dezenas de lideranças sindicais fizeram uma panfletagem para iniciar a divulgação da celebração do Dia do Trabalhador – 1º de Maio Unificado das Centrais Sindicais foi realizado, no Largo da Concórdia (Estação de Trem do Brás), em São Paulo SP. O evento, este ano, será realizado no Estacionamento da NeoQuímica Arena (Itaquerão – estádio do Corinthians), na Zona Leste da capital paulista, a partir das 10 horas. O 1º de Maio Unitário é organizado pelas centrais sindicais:

  • Central Única dos Trabalhadores (CUT);
  • Força Sindical;
  • União Geral dos Trabalhadores (UGT);
  • Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST);
  • Central de Sindicatos do Brasil (CSB);
  • Intersindical – Central da Classe Trabalhadora e
  • Pública – Central do Servidor
Este ano, o lema do 1º de Maio Unificado será “Por um Brasil mais Justo” e vai destacar emprego decente; correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público.

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Imprensa

Belém (PA): Sindicalistas paraenses querem redução de jornada

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Imprensa

Belém (PA): Sindicalistas paraenses querem redução de jornada

Mobilização: Secretário-adjunto da Força Sindical nacional veio à capital para protesto

Representantes estaduais de quatro centrais sindicais receberam, ontem de manhã, o secretário-adjunto da Força Sindical Nacional, Sérgio Leite, para uma manifestação na praça da República, em Belém. O ato dos trabalhadores fez parte de uma programação nacional organizada pela Força Sindical juntamente com a União Geral dos Trabalhadores (UGT), Nova Central Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) pela redução da jornada de trabalho sem prejuízo da remuneração.

Com as manifestações, que ocorrem simultaneamente em várias cidades brasileiras, os sindicalistas esperam pressionar o Congresso Nacional para que seja votada uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que reduz de 44 para 40 horas semanais a jornada de trabalho no Brasil. “Nos últimos anos vivemos um grande incremento tecnológico na indústria, com aumento de lucro das empresas, mas sem benefícios para os trabalhadores, que não ganharam nada com os avanços da produção, pelo contrario, perderam postos de trabalho”, afirmou o presidente estadual da Força Sindical, Ivo Borges.

As centrais sindicais defendem que com a redução da jornada sem prejuízo da remuneração, os trabalhadores possam ter mais tempo para qualificação e lazer.O departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais criara dois milhões de novos postos de trabalho no Brasil”, informou Sérgio Leite. No Pará, segundo a Força Sindical estadual, seriam 80 mil novos empregos. No ano passado, um documento que pedia a votação imediata da PEC foi entregue, em Brasília, com 1,5 milhão de assinaturas.

“Temos o comprimento do senhor Marco Maia (PT/RS, presidente da Câmara Federal) de que a votação possa ocorrer o mais rápido possível”. Mês que vem, as centrais sindicais pretendem levar 100 mil pessoas às ruas de São Paulo (SP) para pressionar os parlamentares.

A última redução de jornada de trabalho, no Brasil, ocorreu há 23 anos, quando caiu de 48 para 44 horas semanais a carga horária do trabalhador.

Cálculos

Além da redução de jornada, os sindicalistas se mobilizaram também para pedir o fim do fator previdenciário, aplicado para calcular as aposentadorias por tempo de contribuição e por idade. Segundo Maria Auxiliadora dos Santos, secretária nacional de Políticas para Mulheres da Força Sindical, da maneira como é calculado, hoje, o fator previdenciário traz prejuízos aos trabalhadores. “Quando o trabalhador completa 60 anos para as mulheres e 65 para os homens, ele perde de 30% (homens) a 40% (mulheres) de seus rendimentos. Isso é uma injustiça que precisa ser corrigida”, afirmou. Em Belém, os trabalhadores se concentram praça, Banco da Amazonia. Durante toda a manhã, as lideranças sindicais fizeram discursos e distribuíram panfletos para chamar atenção da sociedade para a luta.

Fonte: O Liberal

Últimas de Imprensa

Todas de Imprensa
86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre
Força 19 ABR 2024

86,1% dos reajuste salarias tiveram ganho real no primeiro trimestre

Vídeos 19 ABR 2024

Presidente da Força intensifica luta para fortalecer movimento sindical

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional
Força 19 ABR 2024

Em Brasília, sindicalistas debatem necessidades do setor elétrico nacional

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC
Força 19 ABR 2024

Eusébio Neto representa trabalhadores no Conselho do SENAC

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos
Força 19 ABR 2024

Sintrabor: Prometeon dificulta a antecipação de acordos coletivos

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor
Força 19 ABR 2024

Projeção de AFT para SP é reduzida; “não vamos abrir mão do contingente”, diz Cissor

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem
Força 19 ABR 2024

Sindsaúde na posse do Conselho Federal de Enfermagem

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%
Força 18 ABR 2024

Frentistas do Rio conquistam aumento de 7,3%

Servidores públicos debatem financiamento sindical
Força 18 ABR 2024

Servidores públicos debatem financiamento sindical

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)
Força 18 ABR 2024

Mobilização dos Portuários de Santos nesta quinta-feira (18)

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho
Força 18 ABR 2024

Seminário promove debate sobre o combate ao assédio eleitoral no trabalho

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva
Força 18 ABR 2024

Miguel e Chicão debatem fortalecimento da negociação coletiva

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024
Saúde e Segurança 18 ABR 2024

Prevenção de Acidentes do Trabalho: lançada a CANPAT 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais
Força 18 ABR 2024

Luiz Marinho e deputado Gastão recebem centrais sindicais

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília
Força 18 ABR 2024

Articulação para atualização do movimento sindical segue em Brasília

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal
Força 17 ABR 2024

Dia do Motociclista Profissional em debate no Senado Federal

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico
Força 17 ABR 2024

Sindicalistas debatem temas relacionados à previdência propostos no GT do Setor Químico

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU
Força 17 ABR 2024

Lideranças da Força Sindical se reúnem com delegação chinesa da ACFTU

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho
Força 17 ABR 2024

Após conquistas, Sintrabor exalta organização nos locais de trabalho

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza
Força 17 ABR 2024

Terceirizada some e unidade de Saúde em Guarulhos fica sem limpeza

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM
Força 17 ABR 2024

Reunião do presidente Miguel e assessor jurídico da CNTM

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado
Força 17 ABR 2024

Sindnapi reforça divulgação do 1º de Maio Unificado

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?
Força 17 ABR 2024

Por que regulamentar a relação entre motoristas de veículos 4 rodas e empresas de aplicativos?

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate
Força 16 ABR 2024

Liberdade sindical sob a ótica dos atos antissindicais em debate

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical
Força 16 ABR 2024

Hoteleiros de Goiás debatem fortalecimento do movimento sindical

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação
Força 16 ABR 2024

Ato e Canto pela Vida será domingo (28); confira programação

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário
Imagem do dia 16 ABR 2024

Veja fotos do Lançamento do 1º de Maio Unitário

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)
Força 16 ABR 2024

Portuários fazem mobilização no Porto de Santos, nesta quinta (18)

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical
Força 16 ABR 2024

Faça a sua inscrição e participe do 8⁰ Congresso Internacional de Direito Sindical

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China
Força 16 ABR 2024

Presidente Miguel Torres ressalta importância do Intercâmbio Sindical Brasil e China

Aguarde! Carregando mais artigos...