Menu

Mapa do site

Emissão de boleto

Nacional São Paulo

Emissão de boleto

Nacional São Paulo
4 JUL 2024

Imagem do dia

Posse da nova diretoria do Sindicato dos Químicos de S j do Rio Preto

Imagem do dia - Força Sindical

Enviar link da notícia por e-mail

Imprensa

Negociações salariais caem no 1º semestre

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Imprensa

Negociações salariais caem no 1º semestre

Até junho deste ano, foram realizados 1.914 acordos coletivos, queda de 28%, enquanto as convenções diminuíram 41%, com incerteza de reforma trabalhista
Imposto sindical é mantido pela JustiçaCrédito: Divulgação

A maioria das negociações salariais no primeiro semestre resultou em reajustes acima da inflação (em termos reais), mas o número de acordos e convenções caiu refletindo a insegurança gerada pela reforma trabalhista.

Na primeira metade do ano, foram realizados 1.914 acordos coletivos, o que representou uma queda de 28% em relação ao primeiro semestre de 2017.

Já as convenções diminuíram quase pela metade, ao recuarem 41%, para 982. Nos acordos, trabalhadores de uma mesma empresa negociam diretamente com a companhia na qual atuam, enquanto na convenção, a discussão é feita entre as categorias sindicais e patronais.

É o que informa o técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Luis Ribeiro. Ele detalha ainda que 78,8% das correções salariais obtiveram ganhos acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Outras 11,6% repuseram apenas a inflação, ao passo que 9,5% ficaram abaixo do índice de preços.

O professor da Faculdade de Economia e Administração (FEA) da Universidade de São Paulo (USP), Hélio Zilberstein, reforça que as negociações, em sua maioria, têm gerado “pequenos aumentos reais” nos rendimentos dos trabalhadores ou, ao menos, recomposto a inflação.

“Esse mesmo padrão será observado no segundo semestre, com a diferença de que os aumentos nominais serão maiores, em decorrência da alta da inflação [em junho]”, ressalta. Se antes, para repor a inflação, a empresa poderia reajustar o salário dos seus trabalhadores entre 1,5% e 2%, a partir do segundo semestre, será necessário que essa correção seja em torno de 3% e 3,5%, diz Zilberstein.

O professor, que coordena a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), informa que a instituição divulgará o balanço das negociações do primeiro semestre durante a próxima semana.
Mobilização

Ribeiro enfatiza que a expectativa para o segundo semestre é de manutenção da tendência de pequenos reajustes reais. Ele pondera, contudo, que enquanto a desaceleração da atividade econômica e o aumento da inflação no curto prazo “jogam contra” as negociações, as categorias com data-base a partir de julho têm maior poder de mobilização. É o caso dos metalúrgicos, bancários e petroleiros, entre outros. No primeiro semestre, há campanha salarial dos professores e dos trabalhadores da construção civil, por exemplo.

De acordo com Ribeiro, a queda no número de acordo e convenções está relacionada com as inseguranças geradas pela reforma trabalhista. “Ainda há muita dúvida sobre o que a reforma permite ou não. Essa incerteza tem arrastados os processos, fazendo com que as negociações fiquem mais demoradas, reduzindo, dessa forma, o número de acordos registrados”, esclarece.

Antes do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir a manutenção do fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, no final de junho, as disputas entre sindicatos e patronais se davam em torno deste tema. Enquanto a reforma previa que a contribuição poderia ser cobrada mediante a autorização do trabalhador, os sindicatos defendiam que isso deveria ser decidido em assembleia.

Ribeiro comenta que a premissa da reforma de que o “negociado prevaleça sobre o legislado” tem provocado redução de direitos dos trabalhadores. “O lado patronal está muito interessado em diminuir direitos nas negociações, querendo mudar as cláusulas das convenções”, diz Ribeiro. “Um dos pontos que as empresas mais querem alterar diz respeito à jornada de trabalho, como banco de horas”, afirma.

Dos reajustes salariais analisados pelo Dieese em 2017, cerca de 63% resultou em ganhos reais ao salário. Em geral, estes ficaram pouco acima desse índice: mais da metade dos reajustes superiores à inflação (216 em 407) registrou ganhos de até 0,5%, e quase 80% (319 em 407), de até 1%.
 

Fonte: DCI

Últimas de Imprensa

Todas de Imprensa
Metalúrgicos da Braita aprovam PLR 2024
Força 12 JUL 2024

Metalúrgicos da Braita aprovam PLR 2024

Férias escolares mais divertidas nas colônias conveniadas ao SINPOSPETRO-RJ
Força 12 JUL 2024

Férias escolares mais divertidas nas colônias conveniadas ao SINPOSPETRO-RJ

Vídeos 12 JUL 2024

Sinttrar inaugura simulador em parceria com o Sest Senat

Borracheiros marcam presença no Dia da Luta Operária
Força 12 JUL 2024

Borracheiros marcam presença no Dia da Luta Operária

No 9 de Julho, Clemente e Maeno cobram ambientes de trabalho seguros
Força 12 JUL 2024

No 9 de Julho, Clemente e Maeno cobram ambientes de trabalho seguros

Heróis da Saúde: SinSaúdeSP premia Airton Cano, do Sindicato dos Químicos do ABC
Força 12 JUL 2024

Heróis da Saúde: SinSaúdeSP premia Airton Cano, do Sindicato dos Químicos do ABC

Vendas no varejo avançam 1,2% em maio, impulsionadas por hiper e supermercados
Imprensa 12 JUL 2024

Vendas no varejo avançam 1,2% em maio, impulsionadas por hiper e supermercados

Com a Sabesp privatizada, você vai entrar pelo cano!
Artigos 12 JUL 2024

Com a Sabesp privatizada, você vai entrar pelo cano!

Luta pelo fim da violência contra o idoso continua
Artigos 12 JUL 2024

Luta pelo fim da violência contra o idoso continua

Metalúrgicos da Brovind aprovam PLR 2024 de R$ 1750,00
Força 10 JUL 2024

Metalúrgicos da Brovind aprovam PLR 2024 de R$ 1750,00

Frentistas do RJ retomam negociação salarial nesta quarta(10)
Força 10 JUL 2024

Frentistas do RJ retomam negociação salarial nesta quarta(10)

Conselho Nacional do Trabalho realiza reunião tripartite
Força 10 JUL 2024

Conselho Nacional do Trabalho realiza reunião tripartite

Vídeos 10 JUL 2024

Revisão da vida toda. Não para de chegar reforços!

Posse da diretoria dos Condutores de S J do Rio Preto
Força 10 JUL 2024

Posse da diretoria dos Condutores de S J do Rio Preto

Presidente da Força Sindical em Brasília!
Força 10 JUL 2024

Presidente da Força Sindical em Brasília!

Xangai canta: Matança; música
Força 5 JUL 2024

Xangai canta: Matança; música

Industriall debate fortalecimento sindical, negociação coletiva e reestruturação produtiva
Força 5 JUL 2024

Industriall debate fortalecimento sindical, negociação coletiva e reestruturação produtiva

Frentistas traçam estratégia de luta para a negociação no RJ
Força 5 JUL 2024

Frentistas traçam estratégia de luta para a negociação no RJ

Posse da nova diretoria do Sindicato dos Químicos de S j do Rio Preto
Imagem do dia 4 JUL 2024

Posse da nova diretoria do Sindicato dos Químicos de S j do Rio Preto

Mais de 87% dos reajustes negociados acima da inflação em maio
Imprensa 4 JUL 2024

Mais de 87% dos reajustes negociados acima da inflação em maio

Custo da cesta básica aumenta em 11 cidades
Imprensa 4 JUL 2024

Custo da cesta básica aumenta em 11 cidades

Produção industrial recua 0,9% em maio, segundo mês seguido de queda
Imprensa 4 JUL 2024

Produção industrial recua 0,9% em maio, segundo mês seguido de queda

Prazo para pagar 1ª parcela do abono do frentistas do RJ termina amanhã (5)
Força 4 JUL 2024

Prazo para pagar 1ª parcela do abono do frentistas do RJ termina amanhã (5)

Três indicadores
Artigos 4 JUL 2024

Três indicadores

Força participa da comemoração dos 248 anos da independência dos EUA
Força 3 JUL 2024

Força participa da comemoração dos 248 anos da independência dos EUA

Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco recebe VII SICED; participe!
Força 3 JUL 2024

Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco recebe VII SICED; participe!

Sindnapi inclui os idosos no debate sobre População e Desenvolvimento da AL e Caribe na Colômbia
Força 3 JUL 2024

Sindnapi inclui os idosos no debate sobre População e Desenvolvimento da AL e Caribe na Colômbia

Dieese realiza seminário sobre negociação coletiva dia 11 de julho
Força 3 JUL 2024

Dieese realiza seminário sobre negociação coletiva dia 11 de julho

Conscientização da saúde ocular em postos de combustíveis do RJ
Força 3 JUL 2024

Conscientização da saúde ocular em postos de combustíveis do RJ

Metal Mulheres da CNTM será no dia 27 de julho
Mulher 3 JUL 2024

Metal Mulheres da CNTM será no dia 27 de julho

Aguarde! Carregando mais artigos...